Mundo | sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Eleições no Haiti

Depois de ser arrasado por um terremoto que matou mais de cem mil pessoas e passar uma epidemia de cólera que assola o país desde outubro, os haitianos foram às urnas para escolher o sucessor do presidente René Préval, que não foi candidato à reeleição. O resultado parcial foi divulgado esta semana, provocando protestos por parte dos partidários do cantor e candidato à presidência Michel Martelly, que não passou para o segundo turno. A ex-primeira-dama Mirlande Manigat, ficou com 30% dos votos váidos e o candidato Jude Celestin, apoiado pelo atual presidente, obteve cerca de 22% dos votos.  O Conselho Eleitoral Provisório (CEP) do Haiti anunciou que revisará  os resultados  das eleições.