Mundo | segunda-feira, 4 de abril de 2011

Conflito na Costa do Marfim

A Costa do Marfim, maior produtor de cacau do mundo, vive uma guerra civil. A crise começou depois das eleições presidenciais no final de 2010, quando Laurent Gbagbo, o presidente derrotado, se recusou a transmitir o poder a Alassane Ouattara, o candidato vencedor. Forças leais a Ghabdo começaram uma ofensiva e no início de 2011 e chagaram a Abidjan,  maior cidade do país. A Costa do Marfim era considerada um país pacífico e próspero devido aos lucros obtidos com o cacau mas a eleição acentuou divisões étnicas, religiosas e econômicas que separam o norte e o sul do país.