Publicidade

Arquivo da Categoria Uncategorized

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012 Uncategorized | 13:38

Barbosa nega pedido de prisão imediata para condenados do mensalão

O presidente do STF, Joaquim Barbosa, também relator do processo do mensalão, negou nesta sexta-feira o pedido de prisão imediata dos condenados no julgamento. O pedido havia sido feito pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel, na quarta-feira, e cabia a Barbosa decidir sozinho, e não em plenário com os demais ministros, por causa do recesso do Judiciário.

Barbosa considerou injustificáveis os argumentos apresentados pela Procuradoria. Em sua argumentação, o ministro usou uma decisão anterior do próprio Supremo, segundo a qual as prisões devem acontecer após o trânsito em julgado da condenação, ou seja, esgotados todos os recursos, exceto nos casos de “prisão de natureza cautelar”. No caso dos 25 condenados do mensalão, já houve a entrega dos passaportes e ninguém pode deixar o País.

Havia dúvidas sobre qual seria a decisão do ministro. Em entrevista a jornalistas ontem, Barbosa afirmou que as decisões do Supremo para se respeitar o trânsito em julgado antes de determinar as prisões tinham origem  na Justiça de primeiro grau e que o caso do processo do mensalão era “inédito”. “O Supremo quando decidiu naqueles casos, decidiu sobre casos em instâncias anteriores. É a primeira vez que o Supremo tem que se debruçar sobre o pedido de uma pena formulado por ele mesmo. Não temos jurisprudência. Temos uma situação nova”, sinalizou deixando dúvidas.

Dos 25 condenados, 11 receberam pena em regime fechado e 11, em regime semiaberto. Dois dos réus tiveram a punição convertida em pena alternativa e um responderá em regime aberto.

Wilson Lima, iG Brasília

Autor: Tags:

quinta-feira, 6 de setembro de 2012 Uncategorized | 07:10

Tempo real do trânsito para o feriado da Independência

7h – Dutra (SP/RJ) - No sentido Rio de Janeiro, pista tem tráfego lento por excesso de veículos nos trechos entre os km 175 e km 176, em Nova Iguaçu, e entre os km 166 e 164, no Rio de Janeiro. No sentido São Paulo, há lentidão entre os km 221 e km 225 e nos trechos entre os km 208 e km 212, também por excesso de veículos

7h15 – Raposo Tavares/Castello Branco (SP) – A pista sentido interior tem lentidão entre os km 19 e km 21 por excesso de veículos

8h – BR-101 (RJ) - Na pista sentido Niterói, há retenção entre os kms 318,5 e 320, na região da av. do Contorno, devido ao fluxo de veículos no acesso à Niterói. Ainda nesse sentido, a concessionária realiza obras.

9h – Sistema Anchieta-Imigrantes (SP) - Choque de um caminhão contra a mureta no km 41 da Anchieta sentido litoral, com vazamento de óleo diesel, causa o bloqueio total da pista. Pista norte da Anchieta que normalmente opera sentido capital está bloqueada para inversão de direção. Há tráfego represado do km 40 ao km 41. Equipes estão prestando atendimento à vítima

9h30 – Fernão Dias (MG) - O tráfego segue sem dificuldades em ambos os sentidos da rodovia (Belo Horizonte e São Paulo), na manhã de hoje

9h41 - Trânsito em São Paulo – No horário, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informou que havia 67 km de vias congestionadas na capital paulista. A região com piores índices é a sul, com 30 km.

Autor: Tags:

quinta-feira, 7 de junho de 2012 Uncategorized | 07:11

Acompanhe a situação do trânsito nas estradas

19h42- Régis Bittencourt - Rodovia segue com problemas e congestionamento de 14 quilômetros no sentido Curitiba, com lentidão em dois pontos: do km 328 ao km 337, na região de Juquitiba, e entre os kms 346 e 351, próximo a Miracatu.

19h35 – Floriano Rodrigues Pinheiro - O motorista tem um caminho tranquilo pela frente no trecho entre São Paulo e Campos do Jordão. Tráfego normal nos dois sentidos.

19h33 – Tamoios - Tráfego normal nos dois sentidos, no trecho entre São José dos Campos e Caraguatatuba. O tempo é instável e há neblina em pontos isolados.

19h31 – Oswaldo Cruz – Rodovia tem trânsito tranquilo e sem pontos de lentidão no trecho entre Taubaté e Ubatuba. Motorista deve ficar atento à pista molhada por conta das chuvas. Visibilidade baixa no trecho de serra.

19h26 – Dutra – Dois pontos de congestionamento no sentido Rio-São Paulo. O motorista enfrenta lentidão na pista expressa, entre os kms 165 e 166, e na pista marginal, do km 166 ao km 167,  por excesso de veículos. Já no sentido São Paulo-Rio, a lentidão na região de Nova Iguaçu já chega a sete quilômetros (entre o km 179 e o km 172).

19h11 – Anchieta-Imigrantes - Movimento segue tranquilo em todo o sistema. Concessionária informa que o comboio na Anchieta continua em vigor, com os veículos represados no pedágio e escoltados até um ponto mais seguro. Trechos de Planalto e Baixada têm garoa fina e há neblina no trecho de serra. Motoristas devem diminuir a velocidade.

19h03 – Rodovias no Ceará – Com a greve dos policiais federais cearenses, foram registrados 29 acidentes nas rodovias que ligam a capital ao interior no primeiro dia do feriadão de Corpus Christi. Foram 24 feridos e dois mortos desde quarta-feira até as primeiras horas da manhã desta quinta.

18h54 – BR-290 – Tráfego intenso na rodovia Porto Alegre-Uruguaiana neste início de fim de semana prolongado. Na Porto-São Borja (RSC-287), o fluxo de também é acentuado, mas na maioria das rodovias federais e estaduais do Rio Grande do Sul o movimento foi tranquilo nos trechos que ligam a capital ao interior.

18h38 – Dutra - No sentido Rio-São Paulo, há congestionamento entre os kms 166 e 167, na pista marginal, por conta do excesso de veículos, no Rio de Janeiro. Já na região de Nova Iguaçu, o motorista segue com dificuldades do km 177 ao km 172, na pista expressa, também devido ao tráfego intenso.

18h28 – Rio-Teresópolis - Apesar de o tráfego seguir normal nos dois sentidos, o motorista deve redobrar a atenção devido à baixa visibilidade. Há intensa neblina no trecho de serra e chuva moderada na Baixada Fluminense e entre Teresópolis e Além Paraíba.

18h17 – Anhanguera-Bandeirantes – Segundo informe da concessionária, da meia-noite de quarta-feira (dia 6) até às 17h desta quinta (dia 7), 205 mil veículos passaram pelo sistema. Foram registrados 69 acidentes, que deixaram 24 feridos e duas pessoas mortas. Neste momento, o tráfego é bom.

18h10 – Castelo Branco – Após um veículo quebrado na pista ter complicado o tráfego no sentido interior (trecho entre Osasco e Barueri), o motorista já não encontra mais problemas.

18h07 – Ponte Rio-Niterói – O motorista encontra caminho livre e tráfego fluindo bem nos dois sentidos, sem pontos de lentidão.

18h01 – BR-040 – Apesar do tempo nublado, a visibilidade é boa para o motorista na região de Juiz de Fora, com tráfego normal. Nos trechos de Serra e na Baixada, também não há congestionamento.

17h45 – Anchieta – Apesar do tráfego normal nos dois sentidos, a visibilidade é prejudicada pela forte neblina. A concessionária informa que a Operação Comboio segue em vigor, com os veículos represados no pedágio e escoltados até um ponto mais seguro. O fluxo continua tranquilo em todo o trecho da concessão.

17h31 – Rio-Santos - A pista no sentido litoral está bloqueada devido a um acidente envolvendo um carro e uma moto no km 233, na altura de Bertioga, causando lentidão. No sentido São Paulo, houve bloqueio por 20 minutos, mas após esse período a pista foi liberada. O DER adotou o esquema pare e siga, e às 16h55 havia lentidão por cinco quilômetros nos dois sentidos.

17h23 – Castelo Branco – Um veículo quebrado sobre a pista complica o tráfego no trecho entre Osasco e Barueri (sentido interior). A lentidão vai do km 24 ao km 25.

17h18 – Dutra - Motoristas seguem enfrentando um pequeno congestionamento no sentido Rio-São Paulo, graças ao excesso de veículos. De acordo com a nova atualização da concessionária, agora são quatro quilômetros de lentidão (entre o km 172 e o km 176), na região de Nova Iguaçu.

17h08 – Anchieta-Imigrantes – O motorista não enfrenta dificuldades em nenhuma das rodovias que dão acesso ao litoral sul do Estado. Tráfego flui bem nos dois sentidos e também na Rodovia Padre Manoel da Nóbrega, no trecho da Baixada. O tempo está nublado, com garoa fina e neblina na serra.

17h05 – Anhanguera-Bandeirantes – Tráfego normal em todo o sistema.

17h02 – Dutra - Excesso de veículos fez aumentar um pouco a lentidão na pista expressa do sentido Rio-São Paulo, agora com congestionamento de três quilômetros (entre o km 175 e o km 178), na região de Nova Iguaçu.

16h51 – Rio-Teresópolis - Tráfego continua normal nos dois sentidos (Rio e Teresópolis), na Baixada Fluminense. Mesmo com intensa neblina, o trecho de serra também vai bem. Problemas seguem concentrados em dois trechos do trajeto entre Teresópolis e Além Paraíba: do km 28 ao km 29 e entre o km 13 e o km 14 (em sistema pare e siga).

16h38- Régis Bittencourt - No sentido Curitiba, problemas continuam do km 323 ao km 337, na região de Juquitiba (SP), devido ao excesso de veículos. No sentido São Paulo, o tráfego segue sem lentidão. Com tempo chuvoso durante todo o trajeto, a concessionária orienta os motoristas a reduzirem a velocidade.

16h33 – Castelo Branco - Movimento continua tranquilo e trânsito segue sem problemas em todo o sistema.

16h28 – Dutra - Excesso veículos causa congestionamento no sentido Rio-São Paulo, do km 173 ao km 171, na altura de Belford Roxo. Em Nova Iguaçu, o tráfego flui pela faixa da direita e há lentidão entre os kms 174 e 176 devido a acidente.

16h24 – BR-101/RJ - Os motoristas não encontram problemas nos dois sentidos (Espírito Santo e Niterói). Tráfego flui com tranquilidade.

16h15 – BR-040 - Na região de Itaipava (RJ), o tráfego está em meia pista nos dois sentidos, na altura do km 50, devido a obras. A mesma situação acontece no sentido Rio de Janeiro, nos kms 25, 40 e 54. No km 34, o tráfego segue em mão dupla por conta de acidente. Apesar da chuva fina, a visibilidade é boa.

16h02 – BR-040 - Trânsito congestionado no trecho de serra, sentido Juiz de Fora (MG), na altura do km 99 ao km 96, devido a acidente. O tráfego está em meia pista e a visibilidade é ruim, com chuva fina. Em Juiz de Fora e na Baixada, o trânsito vai bem.

15h52 – Imigrantes – Ecovias informa que houve interdição total da Imigrantes, no trecho de São Paulo, sentido litoral, mas fora do trecho sob responsabilidade da concessionária. De acordo com a CET-SP, o trânsito já foi liberado. A interdição durou 10 minutos por causa de um acidente próximo ao Viaduto Matheus Torloni e houve uma fila grande de veículos. Situação já normalizada.

15h40 – Fernão Dias - Tráfego segue em boas condições nos dois sentidos, Belo Horizonte e São Paulo. O tempo é chuvoso em pontos alternados do trecho. A concessionária orienta os motoristas para que reduzam a velocidade por conta das pistas molhadas.

15h33 – Dutra - Acidente complica o trânsito entre São José dos Campos e Taubaté, do km 121 ao km 123, na região de Caçapava.

15h30 – Anhanguera-Bandeirantes – Tráfego ainda congestionado no trecho entre Jundiaí e Campinas em decorrência de acidente. Congestionamento concentrado do km 89 ao km 92.

15h22 – Ponte Rio-Niterói – Trânsito continua normal nos dois sentidos. Bom caminho para o motorista.

14h58 – Tamoios (SP-099) - Rodovia tem baixo movimento e pistas molhadas

14h50 – Rio-Santos (SP-055) – Câmeras do DER mostram poucos veículos na litorânea desde Bertioga até o litoral Norte de São Paulo

14h43 – Dutra - Congestionamento agora se concentra em Nova Iguaçu, no sentido Rio, altura do km 171 ao km 175. No sentido São Paulo não há pontos de lentidão

14h31- Régis Bittencourt – Há lentidão na pista sentido Curitiba, do km 321,5 ao km 337, na região de Juquitiba, devido ao tráfego intenso

14h20 – Rio-Teresópolis - Trânsito continua intenso por conta de sistema pare e siga em dois pontos no sentido Teresópolis: logo após o trecho de serra, do km 28 ao km 29, e na chegada a cidade serrana, entre os kms 14 e 13

14h09 – Fernão Dias - A faixa 2 e o acostamento da pista Norte (sentido Belo Horizonte) está bloqueada no km 722, na região de Carmo da Cachoeira, devido a uma operação para destombamento de uma carreta. A faixa 1 está liberada. Há retenção do km 727 ao km 722

13h59 – Anhanguera-Bandeirantes - Tráfego melhora e não há mais pontos de congestionamento na região de Jundiaí. Apenas a Bandeirantes segue com lentidão a partir do km 88 até o km 93, em Campinas, ainda reflexo de um acidente

13h45 – Castelo Branco - Movimento segue tranquilo no sistema.

13h34 – Dutra - Acidente causa congestionamento de um quilômentro no sentido Rio na altura do km 170 em São João de Meriti

13h25 – Ayrton Senna-Carvalho Pinto – Sistema segue sem pontos de lentidão

13h15 – Anhanguera-Bandeirantes - As duas rodovias têm pontos de congestionamento.  A Bandeirantes têm trânsito intenso do km 47 ao km 52, em Jundiaí e está congestionada na região de Campinas, entre os kms 86 e 93, devido a um acidente que ocorreu mais cedo. Na Anhanguera, a lentidão vai do km 51 ao km 55

13h – Anchieta - Concessionária encerra operação comboio e libera trânsito para fluir normalmente.

12h47 – Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro – Movimento é tranquilo na estrada com lentidão apenas na chegada a Campos do Jordão por conta do represamento de veículos para passar pelo portal da cidade

12h32 – Anchieta - Concessionária implantou operação comboio, em que a cada meia hora carros da Ecovias e da Polícia Rodoviária conduzem grupos de 500 veículos em baixa velocidade por conta da baixa visibilidade provacada pela neblina. A operação começa na praça de pedágio, no km 31.

12h20 – BR-040 - Tráfego congestionado na altura do km 85 devido a acidente e pouca visibilidade

12h10 – Rodovia dos Lagos – Tráfego normal nos dois sentidos, sem lentidão

11h57 – Rio-Teresópolis - Trânsito intenso por conta de sistema pare e siga em dois pontos no sentido Teresópolis: logo após o trecho de serra, do km 28 ao km 29, e na chegada a cidade serrana, entre os kms 14 e 13

11h50 – Ponte Rio-Niterói - Trânsito permanece tranquilo em toda a extensão

11h47 – Castelo Branco - Tráfego normal nos dois sentidos, de acordo com a concessionária CCR

11h28 – Bandeirantes - Rodovia tem neste momento três trechos de congestionamento. O pior está na saída de São Paulo do km 24 ao km 29, em seguida em Jundiaí, o motorista é obrigado a reduzir a velocidade entre os kms 47 e 52. Em Campinas, por conta de um acidente, também há lentidão do km 91 ao km 93

11h – Anchieta-Imigrantes - Tráfego segue tranquilo. Segundo a concessionária, apenas 1,7 mil veículos utilizaram o sistema no sentido litoral na última hora

10h25 – Dutra – Congestionamento no sentido São Paulo, em Guaratinguetá, entre o km 61 e o km 64 devido a obras na pista

9h52 – Régis Bittencourt - Segue a lentidão na pista sentido Curitiba do km 328 ao km 337, na região de Juquitiba, devido ao tráfego intenso.

9h38 – Anchieta-Imigrantes - Movimento segue tranquilo sem pontos de lentidão para quem vai ou volta do litoral

9h25 – Anhanguera-Bandeirantes - Rodovias que levam ao interior paulista continuam sem ponto de lentidão em toda a extensão

9h15 – Ayrton Senna-Carvalho Pinto - Rodovias têm baixo volume de carros. Concessionária pede atenção por conta da chuva

9h07 – BR-116/SC - Tráfego segue sem retenção em ambos os sentidos da rodovia (Curitiba e Rio Grande do Sul)

9h05 – BR-116/PR -Tráfego intenso na pista Norte (sentido Curitiba). Na pista Sul (sentido Rio Grande do Sul), o tráfego segue sem dificuldades.

8h45- BR-101/SC - Sem pontos de lentidão. Concessionária pede atenção por conta da chuva com variação de intensidade

8h40 – BR-166/PR - Tráfego tranquilo nos dois sentidos

8h23 – Fernão Dias – O tráfego segue sem retenção em ambos os sentidos da rodovia Fernão Dias.

8h12 – Anchieta-Imigrantes – Trânsito segue tranquilo nas rodovias que levam ao litoral Sul de São Paulo

7h52 – Régis Bittencourt - Há lentidão na pista sentido Curitiba do km 334 ao km 337, na região de Juquitiba, devido ao tráfego intenso e a chuva.

Momento é bom para quem precisa viajar. Quem saiu ontem enfrentou trânsito intenso. Veja aqui

7h41 – Anhanguera-Bandeirantes - Concessionária informa que acidente já não causa lentidão na região de Jundiaí e trânsito é tranquilo em todo o sistema.

7h31 – Dutra - Concessionária informa que o trânsito é tranquilo tanto em São Paulo como no Rio de Janeiro.

7h25 – Ayrton Senna-Carvalho Pinto – Corredor não apresenta pontos de lentidão.

7h21 – Ponte Rio-Niterói – Trânsito tranquilo nos dois sentidos de acordo com a concessionária.

7h15 – Sistema Anchieta-Imigrantes - Não há pontos de lentidão por conta de excesso de veículos. A estrada exige atenção apenas por conta da chuva.

7h12 – Bandeirantes – tem congestionamento do km 30 ao km31 por conta de um acidente.

7h05 – Bom dia. O iG aponta a situação do trânsito nas principais estradas do País neste feriado.

Autor: Tags:

terça-feira, 29 de maio de 2012 Uncategorized | 18:04

Opositora de Mianmar Suu Kyi faz na Tailândia 1ª viagem ao exterior em 24 anos

A líder opositora de Mianmar Aung San Suu Kyi chega a hotel de Bangcoc, Tailândia, ao iniciar sua primeira viagem ao exterior em 24 anos

A líder opositora de Mianmar Aung San Suu Kyi chegou nesta terça-feira a Bangcoc para uma visita de vários dias à Tailândia, em sua primeira viagem ao exterior em 24 anos. O avião da Prêmio Nobel da Paz de 1991 aterrissou na capital tailandesa às 22h locais (11h de Brasília).

Leia também: Obama anuncia ‘novo capítulo’ nas relações dos EUA com Mianmar

“Não sinto nada em particular. Isso faz parte do meu trabalho”, afirmou Suu Kyi antes de embarcar em Rangun, capital de Mianmar.

Inimiga pública número 1 da junta birmanesa até sua dissolução, em março de 2011, Suu Kyi lidera o maior partido da oposição de Mianmar, a Liga Nacional pela Democracia (LND).

Depois de anos de prisão domiciliar em Rangun e de ter evitado deixar o país por medo de não poder voltar, agora poderá desfrutar, pela primeira vez desde 1988, da liberdade de ir e vir.

Assim, Suu Kyi demonstra sua confiança nas reformas iniciadas pelo novo regime de ex-militares reformistas com quem ela decidiu trabalhar, começando pelo presidente e ex-premiê da junta, Thein Sein.

“Ela tem confiança na situação e no processo de reconciliação e nas reformas políticas que estão em andamento”, disse Pavin Chachavalpongpun, pesquisador do Centro de Estudos do Sudeste Asiático da Universidade de Kyoto, no Japão.

Essa viagem confirma que ela possui o apoio daqueles a quem sempre combateu e que esperam que ela participe do retorno de Mianmar ao cenário internacional.

“Antes que as sanções sejam retiradas, o governo precisa de mais legitimidade do que nunca, e isso é o que eles esperam com a viagem de Suu Kyi”, acrescentou Pavin, que agora a descreve como “uma embaixadora da boa vontade” do governo de Naypyidaw.

A agora deputada de 66 anos se reunirá com a primeira-ministra da Tailândia, Yingluck Shinawatra, em uma data ainda não divulgada, disse o secretário-geral da chefe do governo, Thawat Boonfeung.

Na quarta-feira, Suu Kyi estará na Província de Samut Sakhon, ao sul de Bangcoc, para se reunir com imigrantes birmaneses, informaram entidades não governamentais. Os birmaneses representam cerca de 80% dos 2  milhões de imigrantes registrados na Tailândia.

Suu Kyi também visitará o norte da Tailândia, onde uma dezena de campos de refugiados abriga há vários anos 100 mil birmaneses deslocados de seu país pelos combates entre o Exército e os rebeldes de minorias étnicas.

Livre trânsito: Líder pró-democracia Aung San Suu Kyi obtém passaporte em Mianmar

Por fim, Suu Kyi discursará no Fórum Econômico Mundial para o Sudeste Asiático, do qual participarão várias personalidades, incluindo chefes de Estado da região.

O próprio presidente birmanês, Thein Sein, deveria participar desse fórum, mas ele anunciou na segunda-feira o adiamento de sua visita até a próxima semana.

Colocada em liberdade vigiada pela primeira vez em 1989, Suu Kyi passou no total 15 anos em prisão domiciliar antes de ser finalmente libertada em novembro de 2010. Em maio, recebeu seu primeiro passaporte em 20 anos.

A líder opositora deve fazer um giro histórico pela Europa em meados de junho, que inclui uma visita a Oslo, onde deverá ler o discurso que não pôde pronunciar quando recebeu o Nobel da Paz, em 1991. Também visitará o Reino Unido, onde fez vários estudos e viveu vários anos com seu marido e filhos.

*Com AFP

Autor: Tags:

Uncategorized | 17:29

Itália encontra sobrevivente em destroços; mortos chegam a 16

Policial ajuda mulher e seu bebê após tremor em Mirandola

Equipes de resgate tiraram uma mulher viva dos destroços de seu apartamento 12 horas depois de um terremoto atingir o norte da Itália.

Bombeiros disseram à Sky TG24 que a mulher gritou para chamar a atenção das equipes enquanto eles se aproximavam na noite desta terça-feira da cozinha de seu apartamento destruído.

Ela havia entrado no prédio, que tinha ficado danificado no terremoto de 20 de maio, supostamente para pegar algumas roupas quando o terremoto de 5,8 graus na escala Ritcher aconteceu, fazendo com que desmoronasse o prédio de vários andares.

Autoridades disseram nesta terça-feira que o número de mortos é de 16 e há um desaparecido. O número de feridos é de 350.
Autor: Tags:

Uncategorized | 17:14

Em 5 horas de depoimento, Demóstenes nega usar mandato a serviço de Cachoeira

O senador Demóstenes Torres (ex-DEM-GO) negou, durante seu depoimento de cinco horas no Conselho de Ética do Senado nesta terça-feira, que tenha envolvimento com o esquema de exploração de jogos ilegais orquestrada por Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira. “Eu queria dizer às senhoras e senhores que todas as autoridades que atuaram nesse inquérito disseram textualmente que eu não tenho nada a ver com jogo. Devo essa explicação à minha mulher, aos meus filhos e aos senhores”, disse.

TV iG:  Em defesa, Demóstenes diz ter ´reencontrado Deus`

Senador e ministro do STF: Demóstenes nega ter viajado no mesmo avião que Mendes

Roberto Gurgel: Demóstenes acusa procurador-geral de praticar crime

Em mais de cinco horas, Demóstenes negou envolvimento na rede de negócios de Cachoeira - AE

Demóstenes enfrenta processo disciplinar por quebra de decoro parlamentar. Ele é acusado de mentir sobre seu envolvimento com o bicheiro Carlinhos Cachoeira. Também é apontado por colegas por atuar como uma espécie de lobista da quadrilha encabeçada pelo contraventor, que está preso há três meses.

Antes e depois: Prisão de Carlinhos Cachoeira completa três meses

Ao começar seu depoimento, Demóstenes falou sobre sua trajetória no Senado e disse que este é o “pior momento” de sua vida. “A partir de 29 de fevereiro desse ano, hoje estamos inteirando três meses do episódio, eu passei a enfrentar algo que nunca tinha enfrentado na minha vida: depressão, remédio para dormir, que não fazem efeito, fuga dos amigos e talvez a campanha sistemática mais bem engendrada do Brasil”, afirmou o senador.

Ele acrescentou que só pôde entrar no Conselho de Ética e enfrentar os seus colegas graças a redescoberta de Deus em sua vida. “Parece um fato pequeno mas acho que minha atuação era mais pautada pelos homens do que por Deus. Se eu cheguei aqui, é porque eu readquiri a fé”, afirmou. Questionado posteriormente se as referências a Deus e à sua família não seriam parte de uma estratégia de defesa para tentar sensibilizar a opinião pública, Demóstenes respondeu: “Eu sou um homem de vergonha na cara. Eu fiquei um mês para ter coragem de olhar para os senhores senadores. Acho que ninguém pode usar o nome de de Deus em vão, como estratégia. Eu sou um carola.”

Mais especificamente sobre Cachoeira, Demóstenes voltou a afirmar que tinha uma relação pessoal com o contraventor, mas não tinha conhecimento de suas atividades ilegais. Ele acrescentou que o bicheiro tinha bom relacionamento com diversos políticos, entre eles parlamentares e governadores. “Eu não tinha a lanterna na popa. Não podia adivinhar o que eu sei hoje. Eu me relacionava com um empresário que também se relacionava com cinco governadores de Estados, dezenas de deputados federais e estaduais. E todos confirmaram conhecê-lo: Sim, ele tinha vida social, ele era recebido nos lugares.”

Ele apontou também que as divulgações da imprensa sobre o seu envolvimento com Cachoeira são feitas com “maledicência” e que o aumento de seu patrimônio ocorreu de forma legal. Seu apartamento, segundo ele, foi pago com R$ 400 mil de sua mulher, e o restante, R$ 800 mil, foi parcelado a perder de vista. “Vou terminar de pagar a última prestação quando inteirar 80 anos de idade. Saíram em manchetes um apartamento de 700 m², ele tem 400m² como eu vou mostrar nos documentos”, afirmou. “E saiu uma manchete: Demóstenes quadruplica seu patrimônio. Sim, em 30 anos meu patrimônio será quadruplicado.”

‘Foi feito com o intuito de me destruir’

Demóstenes negou conversas com o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, sobre conversas que não tratassem de interesse do Estado de Goiás, mas nega favorecimento a Vitaplan, empresa de Cachoeira da área farmacêutica. Padilha teve o nome citado em uma conversa telefônica em que teria autorizado o grupo do bicheiro a dar sequência a um negócio na área da saúde. O ministro também negou qualquer relação com o grupo de Cachoeira.

O senador negou tráfico de influência no Ministério Público de Goiás e disse que nunca pediu nada ao irmão Benedito Torres Neto, procurador de Justiça há nove anos no Estado, e afirmou que o MP deu parecer desfavorável a um negócio envolvendo a empresa do bicheiro. Demóstenes rebate também o recebimento de dinheiro do esquema. “Comprovei que não recebi dinheiro e não pertenço a jogo. Não recebi recurso para pagar avião dele (Cachoeira)”, afirmou Demóstenes.

Ele também negou a acusação de ser sócio oculto da construtora Delta, que aparece em diálogo de Cláudio Abreu, ex-diretor da empreiteira no Centro-Oeste: “Não posso ser responsável pelo que os outros dizem de mim”. E completou: “Tudo foi feito com o intuito de me destruir”.

Ao responder às perguntas, Demóstenes afirmou que os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) estão com medo. “Vivemos um perigo, os ministros do STF estão com medo porque dá a impressão que o senador (com quem eles conversavam) lidava com contravenção”, disse em depoimento no Senado. Fica a impressão, ainda segundo ele, de que se aproximou dos ministros para obter favores.

Demóstenes insiste que as gravações dos inquéritos da PF em que aparece foram editadas e que as investigações foram ilegais porque não foi investigado pelo STF devido ao foro privilegiado a que os parlamentares têm direito.

Decisão do STF

Em outro grampo telefônico interceptado pela Polícia Federal durante a Operação Monte Carlo, que investigou as atividades do esquema, Cachoeira e Demóstenes comemoram uma decisão tomada por Gilmar Mendes de levar para o STF uma ação bilionária envolvendo a Companhia Energética de Goiás (Celg). Nesta terça-feira, o senador negou que houvesse qualquer interesse escuso por parte dele em relação à empresa ou que ele tivesse feito lobby junto ao ministro para que a ação fosse para o Supremo.

“Eu comemorava uma decisão de um ministro do Supremo que poderia tirar das costas da Celg uma dívida de R$2 bilhões, R$ 3 bilhões. Não há interesse de quem quer que seja, nem hoje, nem ontem, nem amanhã, a não ser um interesse público de que a empresa tirasse uma dívida enorme de suas costas e possa se viabilizar”, disse. “Se comemora o fato de ter subido uma ação que pode dar lucro para uma empresa e para o Estado de Goiás.”

Lobby

O senador também explicou a conversa telefônica interceptada pela PF em que Cachoeira pede ao senador que trabalhe pela aprovação de um projeto para legalizar a exploração dos jogos de azar. “Eu não tomei nenhuma providência em relação a isso, e as maiores testemunhas disso são meus colegas senadores. Eu indago a qualquer um se eu procurei qualquer senador para discutir sobre a legalização de jogos”, afirmou.

O senador disse que, muitas vezes, para se livrar de interlocutores, dizem-se certas coisas que não necessariamente tornam-se ações. “Eu peço às Vossas Excelências para ser julgado pelo que eu fiz, não pelo que eu disse.”

Demóstenes disse que Cachoeira teria afirmado a ele e ao governador de Goiás, Marconi Perillo, (PSDB) que não tinha mais envolvimento com jogos ilegais. O senador destacou que, em muitas conversas com o bicheiro “jogou verde” e “fazia testes” para saber se Cachoeira tinha, de fato, parado de realizar atos de contravenção. “Mas evidentemente o único propósito era saber se ele estava no jogo.”

Dinheiro e Nextel

O senador também negou que tenha recebido um depósito em sua conta corrente de R$ 1 milhão de Cláudio Abreu, diretor da regional Centro-Oeste da Delta Construções, acusado de pertencer ao grupo de Cachoeira.

Em diálogos gravados entre 22 e 23 de março de 2011, o diretor da construtora e o contador de Cachoeira, Geovani Pereira da Silva – foragido da polícia, falam do repasse da quantia a Demóstenes. O inquérito indica que outros R$ 2 milhões teriam sido depositados na conta do senador.

“Estou entregando a cópia das minhas duas contas no período em que nenhum momento foi depositado R$ 1 milhão. É preciso dizer que nem R$ 1 milhão, nem R$ 1 mil nem nada. Em nenhum momento esse dinheiro entrou na minha conta ou foi me dado de qualquer maneira.”

Em relatório, o Ministério Público aponta que o grupo comandado por Cachoeira entregou rádios Nextel antigrampos para políticos, entre eles, Demóstenes Torres, que admitiu novamente ter recebido o aparelho. “Recebi um rádio que foi utilizado para a minha comodidade. Afirmam que o rádio era sigiloso. Nunca tive essa informação. Se era sigiloso, como foi grampeado?”

‘Massacre’ da imprensa

Pouco antes do final da sessão, o senador Aníbal Diniz (PT-AC) pediu a palavra e relembrou que, durante sua trajetória política, Demóstenes foi um crítico “implacável do lulopetismo” e usou sua experiência técnica “para expor de maneira avultante” pessoas sob denúncia. “Vossa Excelência acredita que essa seria uma forma de castigo?”, ao que o senador respondeu: “Não. Minha postura sempre foi de oposicionista. Sempre tive relação de extrema cordialidade com os situacionistas.”

Diniz encerrou sua fala criticando Demóstenes, que disse ter sido vítima do maior massacre da imprensa, e citou como contraponto o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, que teve seu mandato de deputado federal cassado em 2005 e está inelegível até 2015 acusado de ser mentor do mensalão. “O que eu digo em relação a mim é pela quantidade de áudios vazados, por tanto tempo. Pelo tempo, não há dúvida que eu fui o mais sacrificado em relação a isso. Não fiz qualquer alusão aos meus colegas senadores. Estou aqui e quero prestar contas”, respondeu Demóstenes.

Relatório no conselho

O relator do caso de Demóstenes no Conselho de Ética é o senador Humberto Costa (PT-PE). Em 3 de maio desse ano, ele apresentou um relatório preliminar que pede a cassação do congressista goiano. Para Costa, Demóstenes mentiu durante discurso na tribuna do Senado sobre como era sua relação com o bicheiro Carlinhos Cachoeira.

“Está em debate não é a imagem do parlamentar individualmente considerada, mas a do Parlamento. Se os atos foram praticados no exercício do mandato de senador, projetando-se para a atualidade e atingem a imagem do Senado Federal, não há que se alegar ilegítima a inauguração de um procedimento investigatório”, escreve Costa no relatório de 63 páginas.

O Conselho de Ética é composto por 15 membros. Presidido por Antônio Carlos Valadares (PSB-SE), o colegiado conta com quatro senadores do PMDB, dois do PSDB, três do PT, um do PTB, um do DEM, um do PR, um do PP e um do PDT. Até para amigos de Demóstenes no Senado, é dada como certa a cassação no Conselho, onde o voto é aberto. Ele espera se safar no plenário, onde o voto é secreto.

Autor: Tags:

quarta-feira, 23 de maio de 2012 Uncategorized | 09:17

Lentidão em São Paulo tem recorde histórico nesta manhã

A lentidão do tráfego em São Paulo atingiu na manhã desta quarta-feira recorde histórico, segundo informou a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). A principal razão para os congestionamentos é a greve iniciada hoje pelos funcionários do metrô e da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos).

Tempo real: Acompanhe o trânsito em São Paulo e em mais 16 cidades

Greve no metrô e na CPTM prejudica passageiros e trânsito em SP

De acordo com informações da CET, a lentidão em São Paulo chegou a 210 km às 9h15 desta quarta-feira. O recorde anterior, de 191 km, foi registrado às 9h30 do dia 4 de novembro de 2004.

Segundo a ferramenta do iG, o congestionamento soma 253 km. As vias mais afetadas, segundo a CET, são as marginais Tietê e Pinheiros.

Autor: Tags:

segunda-feira, 21 de maio de 2012 Ao Vivo, Uncategorized | 19:53

Comitiva de Dilma se envolve em acidente em Porto Alegre

Um acidente em Porto Alegre nesta segunda-feira envolveu a comitiva da presidente Dilma Rousseff. Um motociclista que fazia a escolta do comboio presidencial se chocou com um carro na Avenida Castelo Branco, segundo informações da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC). O motociclista ficou ferido e foi atendido por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Um passageiro do outro veículo envolvido na batida também se feriu. A EPTC não soube informar o estado de saúde das vítimas.

Motoclista que fazia a escolta do comboio presidencial se chocou com um carro - Jean Schwarz/Agência RBS/AE

Autor: Tags:

terça-feira, 15 de maio de 2012 Uncategorized | 18:44

Lucro da Petrobras cai 16%, para R$ 9,2 bi no 1º trimestre

O lucro líquido da Petrobras no primeiro trimestre de 2012 foi de R$ 9,2 bilhões, o que representou uma queda de 16% em relação ao primeiro trimestre do ano passado, quando a companhia tinha registrado um lucro líquido de R$ 10,9 bilhões.

Na comparação com o quarto trimestre do ano passado, houve uma alta de 82% no lucro líquido. A sinformações foram apresentadas pelo diretor financeiro e de relações com investidores da Petrobras, Almir Barbassa.

Autor: Tags:

domingo, 22 de janeiro de 2012 Ao Vivo, Uncategorized | 19:20

iG2011011Trânsito – feriado de São Sebastião (RJ)

Acompanhe o movimento pelas câmeras das estradas do País. Na foto, Imigrantes com tráfego intenso hoje

20h55- BR-040 (Juiz de Fora – Rio) - O trânsito e a visibilidade são bons em toda a rodovia, apesar do tráfego em meia-pista nos Kms 1 e 820, sentido Rio. Obras também deixam em meia-pista trechos no Km 34, Km 41 e Km 54 sentido Rio, e no Km 32 sentido Juiz de Fora. Por causa da queda de uma barreira, em Itaipava (Petrópolis) o trânsito está desviado na altura do Km 22. 

20h55 – BR-101/RJ - Há retenção entre os Km 313 e Km 320, em São Gonçalo, devido ao excesso de veículos, sentido Niterói. O trânsito também é intenso  entre o Km 262 e Km 272, no mesmo sentido, por causa de obras. 

20h55 -Rio-Teresópolis - Devido a obras, a rodovia opera no sistema pare-siga, o que provoca retenções em quatro pontos: entre o Km 15 e o Km 16, do Km 28 ao Km 29, entre o Km 57 e o Km 58 e do Km 62 ao Km 63. Também há trânsito parado entre os Km 98 ao Km 99 e os Km 142 e Km 143.

20h55 – Via Lagos – O tráfego é intenso, mas não há retenções, na altura de São Pedro d’Aldeia.  

20h55  – Ponte Rio-Niterói – O trânsito é bom nos dois sentidos. 

20h50 – Via Dutra (São Paulo-Rio) – A via  apresenta congestionamento entre os Km 180 ao 178, na altura de Nova Iguaçu,  devido ao excesso de veículos, na pista São Paulo-Rio. Há retenções também entre os Km 312 e 311, na altura de Itatiaia, devido a obras na pista.

20h20 – BR-101/RJ - Há retenção entre os Km 313 e Km 320, em São Gonçalo, devido ao excesso de veículos, sentido Niterói. O trânsito também é intenso  entre o Km 262 e Km 272, no mesmo sentido, por causa de obras. 

20h15 -Rio-Teresópolis - Devido a obras, a rodovia opera no sistema pare-siga, o que provoca retenções em quatro pontos: entre o Km 15 e o Km 16, do Km 28 ao Km 29, entre o Km 57 e o Km 58 e do Km 62 ao Km 63. Também há trânsito parado entre os Km 98 ao Km 99 e os Km 142 e Km 143.

20h15 – Via Lagos – O tráfego é intenso, mas não há retenções, na altura de São Pedro d’Aldeia.  

20h15  – Ponte Rio-Niterói – O trânsito é bom nos dois sentidos. 

20h10-  Via Dutra (São Paulo-Rio) – A via  apresenta congestionamento entre os Km 205 ao 208, em Guarulhos, e entre os Km 180 e Km 178, na altura de Nova Iguaçu,  devido ao excesso de veículos, na pista São Paulo-Rio. Há retenções também entre os Km 7 e 6, na altura de Queluz, e entre os Km 313 3 311, em Itatiaia,  devido a obras na pista. 

19h35 – BR-040 (Rio-Juiz de Fora) - O trânsito e a visibilidade são bons em toda a rodovia, apesar do tráfego em meia-pista nos Kms 1 e 820, sentido Rio. Obras também deixam em meia-pista trechos no Km 34, Km 41 e Km 54 sentido Rio, e no Km 32 sentido Juiz de Fora. Por causa da queda de uma barreira, em Itaipava (Petrópolis) o trânsito está desviado na altura do Km 22. 

19h30 -BR-101/RJ - Há retenção no Km 207,  próximo a Casemiro de Abreu, porque a rododovia está parcialmente interditada, no sentido Espírito Santo, devido a obras.

19h25 - Rio-Teresópolis - Devido a obras, a rodovia opera no sistema pare-siga, o que provoca retenções em quatro pontos: entre o Km 15 e o Km 16, do Km 28 ao Km 29, entre o Km 57 e o Km 87 e do Km 62 ao Km 63. Também há trânsito parado entre os Km 98 ao Km 99 e os Km 142 e Km 143.

19h15 – Via Lagos – O tráfego é intenso, mas não há retenções, na altura de São Pedro d’Aldeia.  

19h15  – Ponte Rio-Niterói – O trânsito é bom nos dois sentidos.  

19h10-  Via Dutra (São Paulo-Rio) – A via  apresenta congestionamento entre os Km 186 ao 163, na altura de Nova Iguaçu,  devido ao excesso de veículos, na pista São Paulo-Rio. Há retenções também entre os Km 8 e 6, na altura de Queluz, e entre os Km 313 3 311, em Itatiaia devido a obras na pista. 

18h20 – Rio-Teresópolis - Devido a obras, a rodovia opera no sistema pare-siga, o que provoca retenções em quatro pontos: entre o Km 15 e o Km 16, do Km 28 ao Km 29, entre o Km 57 e o Km 87 e do Km 62 ao Km 63. Também há trânsito parado entre os Km 98 ao Km 99. 

18h15- BR-101/RJ - Há retenção entre os Km 313 e Km 320, em São Gonçalo, devido ao excesso de veículos, sentido Niterói. O trânsito também é intenso  entre o Km 262 e Km 272, no mesmo sentido, por causa de obras. 

18h05 – Via Lagos – O tráfego é intenso, mas não há retenções, na altura de São Pedro d’Aldeia.  

18h05  – Ponte Rio-Niterói – O trânsito é bom nos dois sentidos.  

18h00- Via Dutra (Rio-São Paulo) – A via continua com congestionamento entre os Km 186 ao 163, na altura de Nova Iguaçu, devido ao excesso de veículos, na pista São Paulo-Rio. Há retenções também entre os Km 8 e 6, na altura de Queluz, devido a obras na pista. 

16h45 – Via Lagos – O tráfego é intenso, mas não há retenções, na altura de São Pedro d’Aldeia.  

16h45  – Ponte Rio-Niterói – O trânsito é bom nos dois sentidos.  

16h40- Via Dutra (Rio-São Paulo) – A via tem congestionamento entre os Km 186 ao 163, na altura de Nova Iguaçu, devido ao excesso de veículos, na pista São Paulo-Rio. 

15h35 – Via Lagos – O tráfego é intenso, mas não há retenções, na altura de São Pedro d’Aldeia.  

15h35  – Ponte Rio-Niterói – O trânsito é bom nos dois sentidos.  

15h30- Via Dutra (Rio-São Paulo) - A via tem congestionamento entre os Km 162 ao 133, na altura de Jacareí, devido a um veículo quebrado, na pista São Paulo-Rio. 

14h15 – Via Lagos – O tráfego é intenso, mas não há retenções, na altura de São Pedro d’Aldeia.  

14h10 – Ponte Rio-Niterói – O trânsito é bom nos dois sentidos.  

14h10 – Via Dutra (Rio-São Paulo) – A via tem congestionamento entre os Km 175 ao 171, na altura de Nova Iguaçu, devido ao excesso de veículos, na pista São Paulo-Rio. 

21h – BR-101 (Niterói-Manilha) - Trânsito intenso no sentido norte com retenções entre o km 306 e o km 293, entre as regiões de São Gonçalo e Itaboraí, devido ao fluxo de veículos vindo do centro de Niterói. 

19h55 – Via Dutra - Trânsito congestionado na pista marginal (sentido SP) entre os kms 171 e 173 na altura de São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Tráfego lento também na pista expressa (sentido SP) entre os kms 169 e 173, também em Meriti. Retenções ocorrem devido ao excesso de veículos. 

19h50 – Ponte Rio-Niterói – O trânsito no sentido Niterói já está normal, não há registro de retenções 

18h10 – Via Dutra – Trânsito congestionado na pista marginal (sentido SP) entre os kms 168 e 173 na altura de São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Tráfego lento também na pista expressa (sentido SP) entre os kms 169 e 173, também em Meriti. Retenções ocorrem devido ao excesso de veículos. 

18h05- Ponte Rio-Niterói – Trânsito lento do vão central até a praça do Pedágio, no sentido Niterói 

17h10 – BR-101 (Niterói-Manilha) - O tráfego é intenso e com pontos de parada na pista sentido Norte, entre o km 314 e o km 293, entre as regiões de São Gonçalo e Itaboraí, devido ao fluxo de veículos vindo do centro de Niterói. 

17h – Ponte Rio-Niterói - Lentidão ainda no sentido Niterói desde a grande reta até a praça do Pedágio. 

16h - Ponte Rio-Niterói - Motoristas ainda enfrentam lentidão no sentido Niterói desde a grande curva até a praça do Pedágio. O trânsito também está engarrafado nos acessos à avenida do Contorno e alameda São Boaventura 

14h55: Ponte Rio-Niterói - Trânsito continua engarrafado em toda a extensão do sentido Niterói 

14h35: Via Dutra – O motorista enfrenta trânsito congestionado por 6 km na altura de São João de Meriti, por excesso de veículos, nos dois sentidos. 

14h35: Rio-Teresópolis – Retenções na via na praça do pedágio, sentido Teresópolis. Devido a obras, a rodovia opera no sistema pare-siga, o que provoca retenções em cinco pontos: entre o Km 15 e o Km 16; do Km 28 ao Km 29; entre o Km 62 e o Lm 63; do Km 99 ao Km 100 e do Km 15 ao Km 16. Também há trânsito parado entre os Km 3 e Km 4 e do Km 57 ao Km 58 da via. 

13h50: Linha Vermelha e Avenida Brasil – O trânsito é engarrafado na Linha Vermelha e na Avenida Brasil, duas das principais vias de saída do Rio. Trânsito na Ponte Rio-Niterói também tex reflexos nas duas vias. 

13h50: Ponte Rio-Niterói – O motorista está levando cerca de 50 minutos para atravessar os 13 km da ponte, em direção a Niterói e Região dos Lagos no início da tarde desta sexta-feira. 

12h40 – BR-101/RJ: Há retenção entre os Km 313 e Km 293, em São Gonçalo, devido ao excesso de veículos, sentido Espírito Santo. O trânsito também é intenso  entre o Km 320 e Km 319, no mesmo sentido. 

11h20 - Via Dutra (Rio-São Paulo): Há congestionamento em São João de Meriti (Baixada Fluminense), entre o Km 168 e o Km 173, sentido São Paulo, na pista expressa. Na pista marginal, há trânsito congestionado entre os Km 171 e Km 173. 

11h15 – Ponte Rio-Niterói: A via expressa tem trânsito lento e pesado no sentido Niterói, na manhã desta sexta-feira (20), feriado municipal de São Sebastião, na cidade do Rio de Janeiro. O motivo da lentidão é o excesso de veículos saindo da capital para a Região dos Lagos e a BR-101, que leva ao norte do Estado, Espírito Santo e à Bahia. Há retenção nos acessos à Avenida do Contorno e Alameda São Boaventura e lentidão no acesso à Praça do Pedágio, na chegada a Niterói. 

10h45 – Aeroporto Santos Dumont: Segundo a Infraero, houve 20% de cancelamentos de voos - dez dos 48 previstos – até as 10h desta sexta-feira (20), por falta de passageiros. Não há filas e os aviões estão saindo no horário. Apenas três de 48 tiveram atraso. A visibilidade é excelente e o aeroporto opera visualmente. 

9h35 – BR-040 (Rio-Juiz de Fora): O trânsito e a visibilidade são bons em toda a rodovia, apesar do tráfego em meia-pista nos Kms 1 e 820, sentido Rio. Obras também deixam em meia-pista trechos no Km 34, Km 41 e Km 54 sentido Rio, e no Km 32 sentido Juiz de Fora. Por causa da queda de uma barreira, em Itaipava (Petrópolis) o trânsito está desviado na altura do Km 22. 

9h30 – Via Lagos: O trânsito segue bom na rodovia que liga a capital à Região dos Lagos, nos dois sentidos. 

9h20 – Via Dutra: Congestionamento entre os Km 218 e Km 219, na altura de Paracambi (Baixada Fluminense), por excesso de veículos, de acordo com a concessionária CCR. 

8h55 – Rio-Teresópolis: Devido a obras, a rodovia opera no sistema pare-siga, o que provoca retenções em quatro pontos: entre o Km 15 e o Km 16, do Km 28 ao Km 29, entre o Km 62 e o Lm 63 e do Km 99 ao Km 100. Também há trânsito parado entre os Km 3 e Km 4 e do Km 57 ao Km 58 da via. 

8h45 – BR-101/RJ: O tráfego é intenso do Km 302 ao Km 297, na pista sentido Espírito Santo, na região de São Gonçalo, devido ao excesso de veículos. Na pista sentido Niterói, a Concessionária Autopista Fluminense faz obras de ampliação de ponte em Tanguá, no Km 272. A faixa da direita e o acostamento estão bloqueados, e os automóveis seguem pela esquerda. 

8h40 - Ponte Rio-Niterói: A via expressa tem trânsito lento e pesado no sentido Niterói, na manhã desta sexta-feira (20), feriado municipal de São Sebastião, na cidade do Rio de Janeiro. O motivo da lentidão é o excesso de veículos saindo da capital para a Região dos Lagos e a BR-101, que leva ao norte do Estado, Espírito Santo e à Bahia. Há retenção nos acessos à Avenida do Contorno e Alameda São Boaventura e lentidão no acesso à Praça do Pedágio, na chegada a Niterói. Segundo a Prefeitura do Rio, 91 mil veículos deve passar pela ponte nesta sexta-feira. 

21h10 – BR-101 (Norte) -  O tráfego é intenso e com pontos de parada na pista sentido Espírito Santo entre o km 321 e o km 320, na região da avenida do Contorno, devido ao fluxo de veículos vindo do centro de Niterói. 

20h40 – Ponte Rio-Niterói - Via continua engarrafada no sentido Niterói 

20h20 – BR-101 (Rio-Santos)- Trânsito bom na altura de Itaguaí, na Baixada Fluminense. No entanto, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), chove na região e motoristas devem redobrar a atenção. 

20h15 – Rio-Teresópolis (trecho Teresópolis-Além Paraíba) - Tráfego com retenções entre os kms 57 e 58, 62 e 63, 28 e 29, 15 e 16, além de 3 e 4. 

20h05 – Via Dutra (sentido São Paulo) – Trânsito congestionado entre os kms 163 e 166 (pista expressa) e entre os kms 165 e 167 (pista marginal) na altura de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. 

19h35 – Via Lagos – Trânsito bom 

19h05 – BR-101 (Norte) - O tráfego é intenso e com pontos de parada na pista sentido Espírito Santo entre o km 321 e o km 320, na região da avenida do Contorno, devido ao fluxo de veículos vindo do centro de Niterói. Ainda nesse sentido, há retenção entre o km 298,5 e o km 297, na região de Itaboraí, devido ao excesso de veículos. 

19h – Ponte Rio-Niterói - Trânsito continua engarrafado no sentido Niterói da via. 

18h35 – Via Dutra – Trânsito engarrafado na pista expressa (entre os kms 171 e 173) e na marginal (entre os kms 172 e 173) no sentido São Paulo na altura de São João de Meriti,na Baixada Fluminense 

18h15 – BR-101 (Rio-Santos) - Trânsito intenso na altura do km 394 (altura de Itaguaí, na Baixada Fluminense) mas sem retenções. 

18h – Rio-Teresópolis – Trânsito com retenções entre os kms 141 e 142 (sentido Teresópolis) na altura da Baixada Fluminense. Tráfego em meia pista neste trecho 

17h55 – BR-040 - Trânsito bom no trecho da Baixada Flumimense 

17h40 – Via Dutra - Trânsito congestionado entre os kms 312 e 310 (sentido Rio de Janeiro, na altura de Porto Real) em razão de obras. Há engarrafamento também entre os quilômetros 325 e 323 (sentido Rio), na altura de Itatiaia, devido ao excesso de veículos. 

17h35 – BR-101 (Norte) - O tráfego é intenso e com pontos de parada (pista sentido Espírito Santo) entre o km 321 e o km 320, na altura da avenida do Contorno (Niterói) devido ao fluxo de veículos vindo do centro de Niterói. Ainda nesse sentido, há retenção entre o km 302 e o km 297, na região de São Gonçalo devido ao excesso de veículos. 

17h25 – Ponte Rio-Niterói – Trânsito engarrafado (sentido Niterói) nos trechos do vão Central, Ilha de Mocanguê, na praça do Pedágio e nos acessos à alameda São Boaventura e avenida do Contorno 

17h15 – BR-101 (Rio-Santos)- Trânsito intenso na altura de Angra dos Reis, no Sul Fluminense, mas sem retenções. 

17h – BR-116 – Retenção na altura do quilômetro 70 (sentido Norte, altura de Muri, em Nova Friburgo)  em razão de uma queda de barreira . Tráfego em meia pista no sistema pare e siga 

16h45 – BR-040 (trecho Itaipava) - O tráfego está em meia pista na altura do quilômetro 1 (sentido Rio de Janeiro) devido à queda de barreira. O trânsito está desviado na altura do quilômetro 22 (via Lateral nos dois sentidos) também por causa de uma queda de barreira. O tráfego está em meia pista na altura dos quilômetros 34, 41, 54 (sentido Rio de Janeiro) e na altura do quilômetro 32 (sentido Juiz de Fora) devido a obras. 

16h35- Via Lagos – Trânsito bom no sentido Região dos Lagos 

16h30 – Via Dutra - Trânsito congestionado (pista expressa – sentido Rio de Janeiro) entre os kms 172 e 173, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense devido ao excesso de veículos. 

16h – Rio-Teresópolis - Tráfego com retenções no trecho entre os kms 99 e 100 na serra. Trânsito no sistema pare e siga. 

15h40 – Via Dutra - Trânsito congestionado entre os kms 176 e 171 (pista expressa – sentido Rio de Janeiro) na altura de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, devido ao excesso de veículos. 

15h30 – Ponte Rio-Niterói – Trânsito lento no sentido Niterói nos acessos até a praça do Pedágio, para a alameda São Boaventura e avenida do Contorno. 

15h15  – BR-040 – Um acidente entre um carro e um caminhão no viaduto da Rio-Magé, em trecho da BR-116, causa retenção ao tráfego na BR-040, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense a partir do km 109, no entroncamento entre as duas rodovias. A retenção ocorre na pista do sentido Petrópolis e atinge dois quilômetros, apesar de o acidente já ter sido desfeito.

Autor: Tags: , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. Última