Publicidade

Arquivo da Categoria Ao Vivo

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010 Ao Vivo | 08:30

Feriado de ano-novo

Acompanhe o movimento pelas câmeras das estradas do País

17h03 – Via Lagos e Rodovia Rio Juiz de Fora (BR-o40) – Trânsito bom nas ruas rodovias. Na Via Lagos há pequena retenção no quilômetro 115, na Baixada Fluminense, no sentido Juiz de Fora, por causa de obras. Na Serra de Petrópolis e em Itaipava, o tráfego segue sem problemas. Por conta de uma chuva fina, a visibilidade é parcial, de acordo com a concessionária Concer. Quem segue para a Região dos Lagos pela Via Lagos encontra trânsito bom nesse momento.

16h54 – Ponte Rio-Niterói - Motoristas ainda enfrentam lentidão na saída do Rio pela ponte. O tráfego segue devagar desde o vão central até a praça do pedágio. Há retenção no acesso à Alameda São Boa Ventura, já em Niterói, em consequência do excesso de veículos. No sentido Rio, trânsito bom.

15h10 – Sistema Anchieta-Imigrantes - Segundo concessionária Ecovias, situação agora é normal, com lentidão apenas nos trechos urbanos de Praia Grande e São Vicente. Tempo de viagem estimado do início das rodovias até Itanhaém é de 1 hora e 40 minutos

14h56 – Ponte Rio-Niterói – Congestionamento de dois quilômetros no sentido Niterói antes da praça do pedágio. No sentido Rio de Janeiro, trânsito normal.

14h10 – Sistema Anchieta-Imigrantes - Um acidente envolvendo um motociclista que caiu no km 49 da rodovia dos Imigrantes, interditou a faixa da direita por 20 minutos. Uma pessoa ficou levemente ferida e outra teve ferimentos moderados. A lentidão na rodovia, no momento, é do km 48 ao km 49 e, na região de São Vicente, do km 65 ao km 70.

De acordo com a Ecovias, a Padre Manoel da Nóbrega permanece com trânsito lento entre o km 270 e o km 292, sentido praias, por conta do excesso de veículos. As demais rodovias que integram o Sistema Anchieta-Imigrantes têm tráfego fluindo bem. A via Anchieta volta a ser a melhor opção no momento.

13h30 – Régis Bittencourt - A rodovia Régis Bittencourt apresenta tráfego intenso na região da serra do Cafezal, que vai do km 40 ao 80, onde a pista é simples. Mas, segundo a concessionária Autopista Régis, não há pontos de parada.

12h13 – Corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto – A situação é boa para o motorista que utiliza as  rodovias Ayrton Senna e Carvalho Pinto nesta véspera de ano-novo, nos dois sentidos. Trânsito fluindo bem também na rodovia Hélio Smidt, acesso ao Aeroporto Internacional de Guarulhos.

11h20 – Sistema Anchieta-Imigrantes - A situação melhorou bastante nas rodovias do Sistema Anchieta e Imigrantes (SAI) neste momento. De acordo com a Ecovias, concessionária que administra o SAI, a Imigrantes está com pontos de parada agora apenas na altura do 3º túnel, sentido litoral, entre os quilômetros 50 e 53. No início do dia, o congestionamento ultrapassou os 50 km e o motorista que saiu na madrugada ficava até 5h na via.

A Ecovias afirma que o tempo médio de viagem para a Praia Grande pela Imigrantes é de 2h. Até Santos, o motorista gasta cerca de 1h.  A pista sul da Anchieta está com lentidão do km 26 ao 31 e do 55 ao 59. Para a Praia Grande o motorista leva 2h20, aproximadamente. Até Santos a viagem dura 1h30.

10h40 – Rodovias para o interior - As rodovias que ligam a capital paulista ao interior do Estado estão com tráfego intenso, mas sem pontos de parada, nesta manhã, de acordo com as principais concessionárias. Tráfego fluindo bem nas rodovias Castello Branco, Raposo Tavares e Anhanguera e Bandeirantes.

10h30 – Rodovia Niterói-Manilha - Trânsito lento desde a Avenida do Contorno, no sentido região dos Lagos. Engarrafamento  por cerca de dez quilômetros na altura do município de Itaboraí, na região metropolitana.

10h – Sistema Anchieta-Imigrantes - A situação melhorou um pouco na rodovia dos Imigrantes, mas o motorista que puder ainda deve evitar viajar agora. O congestionamento, segundo a concessionária Ecovias, vai do km 32 ao 70 na rodovia dos Imigrantes, no sentido litoral, em razão do excesso de veículos. No início do dia, as filas ultrapassaram 50 km.

A opção melhor ainda é a Anchieta que apresenta tráfego lento, mas sem retenções.

9h45 – Rodovias litorâneas de SP- A rodovia Mogi-Bertioga tem congestionamento do quilômetro 77 até o 98. A Tamoios registra tráfego lento, mas sem pontos de parada.

9h30 - Rio-Santos - Trânsito intenso em direção a Angra dos Reis. Agentes da Polícia Rodoviária Federal afirmaram que o melhor horário para viajar é agora de manhã. Após o meio-dia, o trânsito deve ficar lento na rodovia devido ao excesso de veículos.

9h20 – Ponte Rio-Niterói - O motorista enfrenta trânsito intenso, com pontos de retenção, no sentido Niterói, desde a altura do vão central até a praça do pedágio.

9h10 -Travessias – Segundo a DER, a travesia Santos/Guarujá conta com 5 embarcações para o lado Guarujá e tempo médio de espera de 15 minutos. Na travessia Bertioga/Guarujá o tempo de espera é de 20 minutos.

8h40 – Atenção, motorista. Muitos veículos ainda devem descer ao litoral. Segundo a Ecovias, desde a 0h do dia 28, quando se iniciou a contagem de ano novo, 345 mil veículos utilizaram o Sistema Anchieta-Imigrantes em direção à Baixada Santista. Contudo, a expectativa de tráfego é de que entre 480mil a 680 mil utilizem as rodovias.

8h17 – Sistema Anchieta-Imigrantes – O motorista que deixou para pegar a estrada na manhã desta sexta-feira para passar a virada do ano no litoral de São Paulo precisa de muita paciência. A rodovia dos Imigrantes registra congestionamento em toda a sua extensão. São pelo menos 50 km de filas, desde o km 20 ao 70. Muitos motoristas chegam, inclusive, a desligar os veículos.

Segundo a concessionária Ecovias, a Anchieta também tem lentidão, mas a situação é um pouco melhor que a encontrada na Imigrantes e a única opção ao motorista no momento. Na via o trânsito vai do km 40 ao km 55. A expectativa é que à tarde o tráfego melhore.

A situação também não é nada boa na rodovia Padre Manoel da Nóbrega, que tem congestionamento do km 270 ao km 292. Para se chegar às praias, o motorista deve demorar pelos menos 5h.

7h -  Ponte Rio Niterói – O motorista encontra trânsito complicado no sentido Niterói por excesso de veículos. No sentido Rio de Janeiro o tráfego é normal.

7h - Anchieta/Imigrantes – Anchieta tem tráfego tranquilo nesta manhã no sentido litoral. Na Imigrantes o motorista continua encontrando lentidão devido ao excesso de veículos

5h – 30 – Anchieta/Imigrantes-  A rodovia Imigrantes tem tráfego lento do km 16 ao 70 no sentido litoral devido ao excesso de veículos. Tráfego segue normal no trecho de serra no sentido São Paulo.

3h30 – Anchieta/Imigrantes – O excesso de veículos continua causando lentidão todas as rodovias do Sistema Anchieta-Imigrantes. A Imigrantes tem lentidão em praticamente toda a sua extensão desde o km 14  até o km 70.

Quem vai pela pista norte da via Anchieta, que opera no sentido litoral, encontra lentidão entre o km 40 e km 55 já a pista sul, apresenta tráfego intenso no trecho de serra.

A rodovia Padre Manoel da Nóbrega tem tráfego lento do km 270 ao km 292 e Cônego Domênico Rangoni também segue congestionada para quem segue em direção a São Paulo, do km 267 ao km 276

01h50 – Anchieta/ Imigrantes -  Imigrantes permanece com tráfego lento em praticamente toda a sua extensão, desde o km 12, em São Bernardo, até a Baixada Santista. Na Anchieta, o tráfego é lento no trecho de planalto,  do km 23 ao km 35.

01h40 – Nova Dutra – A Rodovia Presidente Dutra tem tráfego normal durante a madrugada desta sexta-feira.

01h40 – Ponte Rio Niterói – A ponte Rio Niterói tem boas condições de tráfego nos dois sentidos.

23h50 – Corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto - Rodovias têm boas condições de tráfego nos dois sentidos. A expectativa é de que o trânsito permaneça normal durante toda a noite.

23h45 – Castello/Raposo - Rodovias têm boas condições de tráfego, tanto em direção a São Paulo, quanto no sentido interior.

23h30 – Anchieta/Imigrantes – A Rodovia dos Imigrantes continua com tráfego lento em praticamente toda a sua extensão, desde o km 12, em São Bernardo, até a Baixada Santista, no km 70. Na Anchieta, o tráfego também é lento do km 22 ao km 55. Para quem segue em direção às praias do Litoral Sul, a rodovia Padre Manoel da Nóbrega tem tráfego lento do km 270 ao km 292.

23h24 – Ponte Rio Niterói – Tráfego ainda é lento, por causa do excesso de veículos, entre os km 330 e km 321 para quem segue do Rio para Niterói. Trânsito intenso e lento desde a Grande Reta até a praça do pedágio.

23h20 – Nova Dutra – Motorista encontra tráfego normal na rodovia que liga São Paulo ao Rio de Janeiro, nos dois sentidos.

23h05 – Anchieta/Imigrantes – Anchieta apresenta tráfego lento do km 24 ao km 35. Imigrantes tem tráfego lento do km 40 ao km 53 sentido litoral, devido ao excesso de veículos.  No trecho de serra sentido São Paulo, tráfego intenso.

22h34 – Ponte Rio Niterói – Tráfego ainda é lento, por excesso de veículos, entre os km 332 e km 331 para quem segue do Rio para Niterói e no km 334 do sentido contrário.

22h30 – Nova Dutra – Motorista, agora, encontra trânsito normal na rodovia que liga São Paulo ao Rio de Janeiro nos dois sentidos.

21h50- Anchieta/Imigrantes – A rodovia dos Imigrantes apresenta tráfego lento em praticamente toda a sua extensão, desde o km 12, em São Bernardo do Campo, até a Baixada Santista, no km 70. Na Anchieta, as condições são um pouco melhores, mas há tráfego lento também do km 22 ao 34 no planalto e no trecho de serra pela pista norte. A pista sul da Anchieta é a melhor opção no momento, embora também tenha tráfego intenso. Para quem segue em direção às praias localizadas mais ao sul do Estado, a rodovia Padre Manoel da Nóbrega tem tráfego lento do km 270 ao km 292.

21h20 – Corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto. Rodovias, agora, têm boas condições de tráfego, tanto em direção a São Paulo, quanto no sentido Alto Tietê, Campos do Jordão, Vale do Paraíba e litoral Norte. Na rodovia Hélio Smidt, acesso ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, o trânsito flui bem, em ambos os sentidos.

20h50 – Ponte Rio-Niterói – A saída para o réveillon causa um longo congestionamento na Ponte Rio-Niterói, no sentido Niterói. Segundo a concessionária CCR, o trânsito segue lento de uma extremidade a outra da via. Logo depois, há nova retenção nos acessos para a Alameda São Boaventura e a Avenida do Contorno.

20h47 – Rodovia Niterói-Manilha – Os motoristas enfrentam congestionamento na rodovia Niterói-Manilha desde a descida da Ponte Rio-Niterói até o km 293, na entrada para o município de Itaboraí, no sentido Manilha. A lentidão é causada pelo excesso de veículos na estrada.

20h45 – Via Dutra – O tráfego apresenta dois quilômetros de lentidão na Via Dutra, na altura do município de São João de Meriti, na Baixada Fluminense, no sentido São Paulo. De acordo com a concessionária CCR, o congestionamento é causado pelo excesso de veículos na rodovia.

20h43 – Via Lagos – O trânsito segue sem retenções em ambos os sentidos da Via Lagos, que liga a Região Metropolitana do Rio à Região dos Lagos.

20h31 – Imigrantes e Anchieta - O motorista encontra tráfego intenso com pontos de parada em praticamente toda a extensão da rodovia dos Imigrantes no sentido litoral, especialmente entre o km do km 15 ao km 30, do km 34 ao km 53, e do km 62 ao 70. A Anchieta apresenta melhores condições de tráfego ao motorista que desce para o litoral, embora na região do planalto o motorista encontre dez quilômetros de tráfego lento, entre o km 24 e o km 34. Para quem segue em direção ao Litoral Sul, a rodovia Padre Manoel da Nóbrega tem tráfego intenso do km 270 ao km 292. Na Cônego Domênico Rangoni, não há problemas no sentido Guarujá. No entanto, há lentidão no sentido Cubatão do km 260 ao km 270.

20h30 - Carvalho Pinto - Rodovia tem tráfego lento do km 94 ao 96 (região de São José dos Campos), sentido interior, por conta do excesso de veículos no acesso à rodovia dos Tamoios. No sentido oposto e na rodovia Ayrton Senna, o trânsito segue bom. Na rodovia Hélio Smidt, acesso ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, o trânsito é normal, em ambos os sentidos.

19h30 – Rodovia Carvalho Pinto - Tráfego lento do km 94 ao 96 (região de São José dos Campos), sentido interior, por conta do excesso de veículos. No sentido oposto e na rodovia Ayrton Senna, o trânsito segue bom.

19h30 – Rodovia dos Tamoios - Tráfego lento, por excesso de veículos, no sentido litoral.

19h30 – Hélio Smidt - acesso ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, o trânsito é normal, em ambos os sentidos.

18h45 – Imigrantes – Tráfego intenso com alguns pontos de parada na Rodovia dos Imigrantes no sentido Litoral do km 18 ao km 32 e também na serra do km 40 ao km 58. Há lentidão também na chegada a São Vicente, do km 62 ao km 67.

18h45 – Anchieta – Rodovia apresenta melhores condições de tráfego ao motorista que desce para o Litoral. A via tem tráfego lento apenas entre o km 31 e o km 34.

18h45 – Padre Manoel da Nóbrega - Táfego intenso do km 276 ao km 285 e lento do km 285 ao km 292.

18h45 – Cônego Domênico Rangoni - Não há problemas no sentido Guarujá. No entanto, há lentidão no sentido Cubatão do km 268 ao km 274.

18h40 – Ponte Rio-Niterói  - Os motoristas que deixam o Rio pela Ponte Rio-Niterói enfrentam congestionamento em toda a extensão da via, no sentido Niterói. De acordo com a concessionária CCR, há ainda retenções nos acessos para a Alameda São Boaventura e a Avenida do Contorno.

18h35 – Via Dutra – A intensa movimentação de veículos causa um congestionamento de sete quilômetros na Via Dutra, no trecho entre as cidades do Rio de Janeiro e São João de Meriti, no sentido São Paulo.

18h28 – Rio-Nova Friburgo - São boas as condições de tráfego nos dois sentidos da rodovia RJ-116, que liga a cidade do Rio de Janeiro ao município de Nova Friburgo, na Região Serrana.

18h25 – Niterói-Manilha - Os motoristas enfrentam lentidão na rodovia Niterói-Manilha desde a descida da Ponte Rio-Niterói até o km 293, na entrada para o município de Itaboraí, no sentido Manilha. Segundo a concessionária Autopista Fluminense, não houve acidentes e o congestionamento é reflexo da movimentação de saída para o réveillon.

18h22  - Via Lagos - O trânsito segue sem retenções em ambos os sentidos da Via Lagos, segundo informações da concessionária CCR.

18h15 – Ayrton Senna/Carvalho Pinto – Tráfego lento do km 95 ao 96 (região de São José dos Campos), sentido Interior, por excesso de veículos. Nos demais trechos e no sentido oposto, o trânsito segue bom. A rodovia dos Tamoios tem tráfego lento, por conta do excesso de veículos, do km 1 ao 10, sentido litoral. Na rodovia Hélio Smidt, acesso ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, o trânsito é normal, em ambos os sentidos.

17h31 – Imigrantes – Rodovia dos Imigrantes tem tráfego intenso do Km 24 ao km 32, sentido litoral. Tráfego lento também do Km 40 ao km 56 e volta a ser intenso, mas fluindo na região de semáforos, em São Vicente, do km 63 ao Km 67. Sentido contrário da rodovia tem tráfego intenso, mas sem pontos de parada. Desde as 5h20 o sistema opera em esquema 7×3: a descida de serra é realizada pelas pistas norte e sul da via Anchieta e sul da rodovia dos Imigrantes. A subida é realizada pela pista norte da rodovia dos Imigrantes.

17h30 – Anchieta - Colisão traseira interdita faixa da esquerda da pista sul da via na altura do Km 40. Não há informações sobre vítimas e lentidão chega ao Km 36.

17h25 – Ayrton Senna/Carvalho Pinto - Motorista que segue pelo corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto encontra tráfego normal, nos dois sentidos. Na rodovia Hélio Smidt, acesso ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, o trânsito também segue bom, em ambos os sentidos. A visibilidade é boa nas duas rodovias.

17h18 – Anhanguera/Imigrantes – Tráfego flui bem, sem grandes incidentes, nas duas rodovias que liga a capital ao interior paulista.

17h8 – Via Anchieta – Rodovia tem trânsito bom em ambos os sentidos, segundo a concessionária Ecovias

17h – BR-040 - O motorista que segue pela BR-040 em direção a Petrópolis encontra trânsito intenso, com pontos de lentidão, em Duque de Caxias, entre os kms 120 e 115. Em trecho próximo à Reduc, no km 115, uma obra de alargamento das pontes sobre o Rio Iguaçu interdita duas faixas do sentido Petrópolis. Para quem tem como destino o Rio de Janeiro, a BR-040 apresenta trânsito sem maiores complicações na Baixada Fluminense e nos acessos à Linha Vermelha e Avenida Brasil.

16h55 – Ponte Rio-Niterói – O trânsito segue lento em toda a extensão da Ponte Rio-Niterói, no sentido Niterói.  Há retenções também nos acessos para a Alameda São Boaventura e a Avenida do Cotorno. De acordo com a concessionária CCR, 430 mil veículos devem passar pela via nesta quinta-feira. Chove na ponte e os motoristas devem redobrar a atenção com as pistas escorregadias.

16h40 - Imigrantes – Tráfego segue lento na rodovia dos Imigrantes do Km 24 ao Km 28, intenso do Km 28 ao km 30, do km 40 ao Km 53 e do Km 62 ao km 65, sentido litoral, devido ao excesso de veículos. Tráfego lento tambpem no sentido São Paulo pela Imigrantes do km 50 ao Km 48, também por excesso de veículos.

16h35 – Via Dutra – Um engavetamento entre dois carros, um caminhão e uma carreta causa um congestionamento de quatro quilômetros na Via Dutra, na altura do município de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, no sentido Rio de Janeiro. De acordo com a concessionária CCR, não houve vítimas no acidente. Os veículos continuam na pista e o trânsito está fluindo pela faixa da direita.

16h27 – Rio-Santos - É intensa a movimentação de veículos na rodovia Rio-Santos, no sentido Santos, mas não há retenções. O tempo está instável na altura do município de Angra dos Reis e a Polícia Rodoviária Federal solicita aos motoristas que redobrem a atenção.

16h22 – Rodovia Rio-Teresópolis - O trânsito segue sem retenções em ambos os sentidos da rodovia Rio-Teresópolis. Segundo a concessionária CRT, algumas obras de contenção estão sendo realizadas em alguns pontos da via, mas não há interdição de faixas. 16h20 – Rodovia Niterói-Manilha – Os motoristas enfrentam lentidão na rodovia Niterói-Manilha, no sentido Manilha, desde a descida da Ponte Rio-Niterói até o km 293, na entrada para o município de Itaboraí.

16h – Nova Dutra – Congestionamento na Dutra entre os Km 170 e 177, em São João de Merití, no sentido Rio-SP, devido a acidente na pista contrária e por causa do excesso de veículos entre os kms 169 e 172. Congestionamento também em Nova Iguaçu, no sentido SP-Rio, por causa de um acidente (entre os Kms 178 e 177) e por excesso de veículos (km 176 e 171).

15h10 – Sistema Anchieta-Imigrantes - Tráfego continua bastante lento e com pontos de parada na rodovia dos Imigrantes, sentido litoral de São Paulo. O pior trecho vai do km 47 ao 56 . Tráfego intenso também do km 49 ao 46 com destino a SP.

15h – Ponte Rio-Niterói – O trânsito segue lento em toda a extensão da Ponte Rio-Niterói, no sentido Niterói. De acordo com a concessionária CCR, 430 mil veículos devem passar pela via nesta quinta-feira. Os motoristas também enfrentam retenções nos acessos para a Alameda São Boaventura e a Avenida do Cotorno.

14h – Raposo Tavares e Castello Branco - As rodovias Raposo Tavares e Castello Branco estão com tráfego fluindo bem nesta tarde, segundo a concessionária Via Oeste.

13h09 – Sistema Anchieta Imigrantes - A rodovia Anchieta tem pelo menos 13 km de congestionamento nesta tarde. O pior ponto da via, segundo a concessionária Ecovias, vai do km 43 ao 56.  A rodovia Padre Manoel da Nóbrega tem lentidão entre o km 284 e o km 292, sentido Praia Grande por excesso de veículos. Anchieta é a melhor opção no momento.

12h55- Rodovia Via Dutra – Há lentidão entre os municípios de  Nova Iguaçu e São João de Meriti, no sentido Rio de Janeiro. No sentido São Paulo, congestionamento em São João de Meriti. Chove na Serra das Araras.

12h55 – Rio-Santos - O movimento de veículos é intenso no sentido Angra dos Reis. Há lentidão na altura do município de Itaguai.

12h50 - Rodovias Rio-Petrópolis e Rio-Teresópolis - O motorista que trafega por essas rodovias não encontra trânsito lento, mas deve redobrar a atenção. Há chuva fina e  neblina em alguns pontos.

12h09 – Anhanguera e Bandeiramntes – As rodovias Anhanguera e Bandeirantes têm boas condições de tráfego nesta quinta-feira, segundo a concessionária Autoban. A estimativa é que cerca de 520 mil veículos trafeguem pela vias.

11h40 – Rodovia Rio-Teresópolis  - Trânsito com esquema pare e siga até as 13h desta quinta-feira (30), entre os quilômetros 101 e 103, na serra, para obras de construção de uma terceira faixa.

11h30 – Ponte Rio-Niterói – Ponte Rio-Niterói com trânsito lento no sentido Niterói desde a descida do vão central até a praça do pedágio.

10h30 – Sistema Anchieta-Imigrantes  – Situação ruim para o motorista que pega estrada nesta manhã rumo ao litoral sul de São Paulo. De acordo com informações da Ecovias, o tráfego segue lento entre os quilômetros 39 e 43, no início do trecho de serra da Imigrantes, por conta do excesso de veículos. No Km 52 uma queda de moto, por volta das 9h45, deixa o tráfego lento desde o Km 45. Ainda não há informações sobre vítimas.

A rodovia Padre Manoel da Nóbrega começa ter a tráfego intenso a partir do Km 281, sentido Praia Grande. Na via Anchieta tráfego é intenso, mas sem retenções.

O SAI opera nesta quarta-feira no esquema 7×3. A descida de serra é realizada pelas pistas norte e sul da via Anchieta e sul da rodovia dos Imigrantes. A subida é realizada pela pista norte da Imigrantes.

10h – Previsão de saída - A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) estima que aproximadamente 1,4 milhão de veículos devem deixar a capital paulista até o revéillon para aproveitar a festa no litoral ou interior.

Bom dia, internauta, começa agora o tempo real de estradas do Portal iG. Acompanhe aqui o movimento das principais estradas do Rio de Janeiro e de São Paulo.

20h16 – Anchieta-Imigrantes – O tráfego de veículos segue lento na Rodovia dos Imigrantes na chegada a São Vicente e Praia Grande, do km 63 ao km 70. No restante do Sistema Anchieta-Imigrantes, as condições de tráfego são normais

19h00 – Ayrton Senna/Carvalho Pinto - Boas condições de tráfego nos dois sentidos. Na rodovia Hélio Smidt, acesso ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, o tráfego segue bom, em ambos os sentidos.  Apesar do tempo encoberto, a visibilidade é boa no Corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto.

18h45 – Sistema Anchieta-Imigrantes – O tráfego de veículos é lento na Rodovia dos Imigrantes na chegada a São Vicente, do km 63 ao km 65. No trecho de serra da mesma via, o movimento também é intenso entre o km 40 e o km 44. Restante do Sistema Anchieta-Imigrantes em condições normais de tráfego.

17h30 – Sistema Anchieta-Imigrantes - Tráfego é intenso na descida de serra pela rodovia dos Imigrantes e via Anchieta. Há lentidão na rodovia SP-248, do Km 5 ao 8, na chegada ao Guarujá, por excesso de veículos. O sistema opera em esquema normal, 5X5. A descida da serra é feita pela pista sul da Anchieta e sul da Imigrantes; a subida é feita pelas pistas norte das mesmas rodovias.

17h13 – Sistema Anchieta-Imigrantes – Corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto tem boa fluidez em ambos os sentidos. Na rodovia Hélio Smidt, acesso ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, o trânsito flui bem, em ambos os sentidos. Apesar do tempo encoberto, a visibilidade é boa no Corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto.

Rodovias Litorâneas e acesso a Campos do Jordão – De acordo com informações do DER, as rodovias Oswaldo Cruz, Floriano Rodrigues Pinheiro e Mogi-Bertioga apresentam tráfego normal; há trânsito intenso apenas na rodovia dos Tamoios. Há tempo encoberto por todas as vias e com neblina no trecho de serra. Chove apenas no trecho de serra da Mogi-Bertioga.

17h04 – BR-101 (Alagoas) – Mais de 300 trabalhadores rurais da usina Caeté realizam um protesto hoje na BR-101, no município de São Miguel dos Campos, em Alagoas. O grupo reivindica melhorias salariais. Os manifestantes se reuniram às 12h50, na altura do quilômetro 133. às 15h50, a rodovia permanecia totalmente bloqueada. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) não soube informar qual o índice de congestionamento no local. Não há previsão para a liberação do trânsito na via.

15h37 – Nova Dutra - A rodovia Presidente Dutra apresenta lentidão do km 178 ao 171, em Nova Iguaçu, devido ao excesso de veículos.

14h50 – Anhanguera e Bandeirantes - As condições são boas para o motorista que irá trafegar nesta tarde pelo Sistema Anhanguera Bandeirantes. Segundo a concessionária Autoban, não há pontos de retenção na via.

14h – Trânsito São Paulo - A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) não registra nenhum ponto de congestionamento na cidade nesta tarde. O tráfego flui bem em todos os 868 km monitorados.

11h19 – Ponte Rio Niterói – O trânsito é lento na Ponte Rio-Niterói, sentido Rio de Janeiro, devido ao excesso de veículos.

10h36 – BR 040, Rio de Janeiro  – A BR 040, que liga o Rio de Janeiro à região serrana do Rio, além de ser via para o acesso a Juiz de Fora, em Minas Gerais, apresenta tráfego em meia pista na descida do município de Petrópolis, devido ao tombamento de uma carreta na pista que ocorreu de madrugada.  A carreta levava galões de água. A pista já foi limpa, mas o mas o veículo ainda não foi removido. Também na BR 040, na altura de Itaipava, sentido Rio, há congestionamento de quatro quilômetros por causa da queda de uma barreira. O trânsito também está em meia pista no local.

Rodízio em SP - O rodízio de veículos continua suspenso na cidade de São Paulo nesta semana, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Ele voltará no dia 10 de janeiro, com proibição da circulação com base no número final das placas entre 7h e 10h e das 17h às 20h.

9h35 – Raposo Tavares e Castello Branco - Boas condições de tráfego ao motorista nesta manhã nos dois sentidos das rodovias Raposo Tavares e Castello Branco

9h30 – Sistema Anchieta Imigrantes  – O tráfego segue normal nos dois sentidos da rodovia Anchieta. Subida de caminhões é obrigatória pela Anchieta. De acordo com a concessionária Ecpvias, ´pista sul com tráfego lento na altura do 1º túnel, devido ao excesso de veículos. Pista norte para subida, com tráfego normal.

Bom dia , internauta. Acompanhe pelo iG em tempo real o movimento nas principais estradas do País nesta segunda-feira (26).

23h – Dutra -No sentido Rio de Janeiro, há congestionamento pela pista expressa entre o km 174 e km 171, na região de Belford Roxo

22h56 -Castello Branco – Tráfego lento no sentido capital na região de Itapevi, entre o km 36 e o km 30

22h54 – Anhanguera e Bandeirantes- tráfego normal

22h38 – Padre Manoel da Nóbrega – rodovia  já não apresenta mais problemas para quem segue no sentido São Paulo, mas tem tráfego intenso para o motorista que transita na direção das praias do litoral sul.

22h37 – Ancieta/Imigrantes - O movimento de veículos segue intenso no Sistema Anchieta-Imigrantes no sentido São Paulo, mas agora sem pontos de parada. Na Rodovia dos Imigrantes, o trecho de planalto apresenta tráfego intenso do km 40 ao km 28 e, na Baixada, do km 70 ao km 65. Movimentação intensa também na Cônego Domênico Rangoni do km 260 ao km 264 e na Anchieta do km 30 ao km 28, ambos no sentido capital.

22h22 – Dutra - No sentido Rio de Janeiro  pela pista expressa, há congestionamento entre o km 186 ao 163, em Belford Roxo

21h59 – Castello Branco - Tráfego lento pela pista expressa no sentido São Paulo, trecho Barueri-Itapevi, do km 33 ao 30

21h46 – Bandeirantes – Tráfego lento no trecho São Paulo Jundiái por causa do excesso de veículos, do km 74 ao km 58

21h29 – Presidente Dutra – Congestionamento no sentido Rio de Janeiro pela pista expressa. O excesso de veículos causa congestionamento entre os kms 174 e 171. em Belford Roxo.

21h22 -Régis BittencourtO pedágio na rodovia, que liga São Paulo a Curitiba, sofrerá aumento a partir do dia 29 deste mês. A tarifa básica para automóvel, caminhonete e furgão subirá de R$ 1,50 para R$ 1,70.

21h15 – Ayrton Senna/Carvalho Pinto - O corredor tem boas condições de tráfego em ambos os sentidos. A rodovia Hélio Smidt apresenta boas condições de tráfego em ambos os sentidos.

21h – Presidente Dutra – Há um ponto de congestionamento na altura de Belford Roxo, na pista sentido Rio de Janeiro, por conta do excesso de veículos, dos km 174 ao km 171.

20h45 – Régis Bittencourt – Na rodovia, que serve de ligação de São Paulo a Curitiba, ainda há 10 km de congestionamento no trecho de Itapecerica da Serra, entre os kms 296 ao 286, por conta o reflexo de chuva. A concessionária que administra ainda rodovia recomenda que, se possível, o usuário evite usar a rodovia no momento e aguarde a normalização do tráfego. No sentido Curitiba o tráfego segue sem problemas nesta tarde de domingo.

20h35 – Anchieta/Imigrantes - O tráfego segue lento para o retorno à capital na região da Baixada Santista. A Cônego D. Rangoni tem a pior situação, com lentidão do km 250 ao km 274. Na rodovia Padre Manoel da Nóbrega, o tráfego é lento entre o km 292 e o km 277, e na rodovia dos Imigrantes, sentido capital, movimento lento entre o km 70 e km 58. A subida da serra pelas duas pistas da Imigrantes tem tráfego intenso. A descida da serra também tem tráfego intenso. Para dar mais fluidez ao tráfego de subida, a Ecovias implantou a operação 2×8, que disponibiliza as duas pistas da Imigrantes e a pista norte da Anchieta para subida. Nessa operação, a descida ao litoral pode ser feita apenas pela pista sul da Anchieta.

20h25 – Fernão Dias - O motorista que segue pela rodovia Fernão Dias ainda encontra tráfego intenso, mas sem pontos de parada, tanto na pista sentido Belo Horizonte quando na pista sentido São Paulo.

20h15 – Bandeirantes/Anhanguera - O motorista que utiliza a rodovia dos Bandeirantes encontra lentidão no sentido capital, na região de Jundiaí, do km 77 ao km 58, e na região de Campinas, do km 99 ao km 92. A rodovia Anhanguera tem tráfego intenso, mas sem pontos de lentidão.

20h10 – Ayrton Senna/Carvalho Pinto - O corredor tem boas condições de tráfego em ambos os sentidos. A rodovia Hélio Smidt apresenta boas condições de tráfego em ambos os sentidos.

20h05 – Mais Rio de Janeiro – Na Ponte Rio-Niterói, o trânsito é  normal nos dois sentidos, mas chove forte. Na rodovia para a Serra de Petrópolis, fluxo é normal, com chuva forte e visibilidade parcial, de acordo com a operadora da via. Na BR-040, há retenção de três quilômetros no sentido Rio de Janeiro, na altura do quilômetro 137, na Baixada Fluminense. Na Rio-Teresópolis, o trânsito é bom para quem sobe a serra e é intenso no sentido Rio de Janeiro.

20h – Castello Branco/Raposo Tavares - A rodovia Castello Branco ainda tem fluxo carregado em dois pontos, no sentido São Paulo, entre os kms 35 e 30, em Barueri (excesso de veículos); e entre os kms 74 e 69, em Itu (excesso de veículos). A Raposo Tavares tem boa condição para o usuário seguir viagem.

19h45 – Anchieta-Imigrantes - O excesso de veículos e a chuva continuam causando alguns pontos de lentidão nas rodovias do Sistema Anchieta-Imigrantes. Na rodovia Padre Manoel da Nóbrega, há lentidão entre o km 292 e km 277. Na rodovia Cônego Domênico Rangoni, tráfego lento entre o km 249 e o 255 e do km 261 e o 274. Na rodovia dos Imigrantes, sentido capital, movimento lento entre o km 70 e km 58. A subida da serra pelas duas pistas da Imigrantes tem tráfego intenso, mas sem pontos de parada. Para a descida ao litoral, o tráfego é normal.

19h30 – Presidente Dutra – Na Dutra, há congestionamento na altura de Belford Roxo, na pista sentido São Paulo, por causa de um acidente. O engarrafamento se estende do quilômetro 174 ao 175. Já na altura de Nova Iguaçu, na pista expressa sentido Rio, há um longo congestionamento, do quilômetro 182 ao 171, em função do excesso de veículos.

19h20 – Ayrton Senna/Carvalho Pinto – O tráfego na rodovia Ayrton Senna, sentido capital, segue lento na região de Guararema, entre os kms 57 e 55, pelo excesso de veículos. No sentido contrário e na rodovia Carvalho Pinto, flui normal. A rodovia Hélio Smidt apresenta boas condições de tráfego em ambos os sentidos.

19h10 – Estradas do Rio - Na Via Lagos, o trânsito normal em ambos os sentidos, de acordo com a operadora da via. O tempo é nublado e chove em alguns pontos da rodovia. Na BR-101, o tráfego é intenso nos dois sentidos na altura de Angra dos Reis. Mas, em Itaguaí, o tráfego flui com tranquilidade. A preocupação da Polícia Rodoviária Federal é com a chuva em alguns trechos. Na Niterói-Manilha, altura do posto da Polícia Rodoviária Federal de Itaúna, há uma pequena retenção. O tráfego é intenso no sentido Rio de Janeiro e normal no sentido Itaboraí.

19h- Mortes nas estradas – A Polícia Rodoviária Federal informou que só neste domingo, até às 15h, ocorreram 206 acidentes nas rodovias federais do País. Desse total, 14 pessoas morreram e 159 saíram feridas de acordo com boletim divulgado pela Polícia Rodoviária Federal às 16h56. Somados aos números de sexta-feira e sábado, no País, foram 91 mortes e 1097 feridos em 1450 acidentes nas estradas federais brasileiras. Leia mais

18h45 – Régis Bittencourt – A pista sentido São Paulo da rodovia Régis Bittencourt foi liberada por volta das 17h20 após ficar mais de 3 horas interditada. Ainda há cerca de 13 quilômetros de lentidão a partir do km 286. A concessionária que administra a rodovia recomenda que, se possível, o usuário evite usar a rodovia no momento e aguarde a normalização do tráfego. No sentido Curitiba o tráfego segue sem problemas nesta tarde de domingo.

18h35 – Bandeirantes/Anhanguera - O motorista que utiliza a rodovia dos Bandeirantes encontra lentidão no sentido capital, na região de Jundiaí, do km 76 ao km 58. A rodovia Anhanguera também apresenta tráfego lento na região de Jundiaí, mas no sentido interior, do km 61 ao km 58.

18h20 – Anchieta/Imigrantes - O excesso de veículos e a chuva causam alguns pontos de lentidão nas rodovias do Sistema Anchieta-Imigrantes. Na rodovia Padre Manoel da Nóbrega segue lentidão no sentido São Paulo entre o km 292 e km 276. Na rodovia Cônego Domênico Rangoni, trânsito  lento, sentido capital, entre o km 261 e km 274. Em São Vicente, na rodovia dos Imigrantes, sentido capital, movimento lento entre o km 70 e km 58. O movimento também é lento na  pista sul da Anchieta que opera sentido capital tem 4 km de lentidão no acesso à Interligação Planalto.

18h10 – Ayrton Senna/Carvalho - O motorista que usa o corredor das rodovias Ayrton Senna/Carvalho Pinto reduz a velocidade nas proximidades da praça de pedágio de Itaquaquecetuba, em ambos os sentidos, por conta do excesso de veículos. Nas demais praças, flui normalmente. Na rodovia Carvalho Pinto, há também redução de velocidade, no sentido São Paulo, entre os kms 75 e 78 (região de Jacareí), por conta de problemas de iluminação nos túneis. A questão já está sendo solucionada. A rodovia Hélio Smidt apresenta boas condições de tráfego em ambos os sentidos.

18h – Castello Branco/Raposo Tavares - A rodovia Castello Branco tem fluxo carregado em três pontos, no sentido São Paulo, entre os kms 64 e 53, na região de Itu (excesso de veículos); entre os kms 32 e 28, em Barueri (excesso de veículos); e entre os kms 42 e 41, em Itu (excesso de veículos) . A Raposo Tavares tem boa condição para o usuário seguir viagem.

17h45 – Régis Bittencourt – O motorista que segue no sentido São Paulo encontra agora 15 quilômetros de lentidão, do km 301 ao km 286, na região de Itapecerica da Serra. Essa lentidão é causada por um ponto de alagamento no km 286 que interdita a rodovia desde ás 14h. A concessionária que administra a rodovia recomenda que, se possível, o usuário evite usar a rodovia no momento e aguarde a normalização do tráfego. No sentido Curitiba o tráfego segue sem problemas nesta tarde de domingo.

17h40 – BR-040 – O fluxo é normal em ambos os sentidos, tanto na serra de Petrópolis como na Baixada Fluminense. A operadora, porém, informa que a chuva é intensa em ambos os trechos.

17h35 – Santa Catarina - Segundo a Polícia Rodoviária Federal de Santa Catarina, o tráfego é intenso e lento na BR-101, no trecho da de Navegantes para Itapema, de Tubarão para Laguna e da Praia do Sonho à Palhoça. Também há lentidão na BR-282 entre Rancho Queimado e Palhoça.

17h25 – Presidente Dutra - No trecho fluminense da Nova Dutra, há congestionamento na altura de Nova Iguaçu, do quilômetro 178 ao 171, na pista expressa, sentido Rio de Janeiro, por excesso de veículos, bem como na altura de Barra Mansa, entre os kms 276 e 275. Na pista sentido São Paulo, congestionamento entre os kms 291 ao 292, em função de um acidente. Também há problemas na mesma pista na altura de Resende, entre os kms 330 e 331 por causa de alagamento, segundo informações da NovaDutra.

17h20 – Rodovias do Rio - Na Niterói-Manilha, fluxo intenso nos dois sentidos da via. Na BR-101, na altura de Angra dos Reis, há trânsito intenso, mas sem retenções. A Via Lagos tem fluxo normal nos dois sentidos e tempo nublado, segundo a operadora da via. Na Rio-Teresópolis, a concessionária da via recomenda cautela aos motoristas. Não há obras nem congestionamentos em ambos os sentidos, mas a chuva é intensa na serra.

17h15 – Ayrton Senna/Carvalho Pinto - O motorista que segue pelo corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto faz alguns pontos de parada nas proximidades das praças de pedágio de Itaquaquecetuba (km 32 da Ayrton Senna), em ambos os sentidos; Guararema (Km 58 da Ayrton Senna) e São José dos Campos (km 92 da Carvalho Pinto), apenas no sentido capital. Todas por conta do excesso de veículos. A rodovia Hélio Smidt apresenta boas condições de tráfego em ambos os sentidos.

17h10 – Anchieta/Imigrantes - O excesso de veículos e a chuva causam alguns pontos de lentidão nas rodovias do Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI). Na rodovia Padre Manoel da Nóbrega há lentidão entre o km 292 e km 276. Na rodovia Cônego Domênico Rangoni, tráfego lento entre o km 261 e km 274. Em São Vicente, na rodovia dos Imigrantes, sentido capital, movimento lento entre o km 60 e km 58.

17h05 – Ponte Rio-Niterói - O tráfego continua normal na ponte Rio-Niterói para o motorista que segue em qualquer direção.

16h55 – Castello Branco/Raposo Tavares - A rodovia Castello Branco tem fluxo carregado em três pontos, no sentido São Paulo, entre os kms 34 e 29, na região de Barueri (excesso de veículos); entre os kms 45 e 37, em Itu (acidente); e entre os kms 79 e 75, em Itapevi (excesso de veículos) . A Raposo Tavares tem boa condição para o usuário seguir viagem.

16h45 – Bandeirantes/Anhanguera - O motorista que utiliza a rodovia dos Bandeirantes encontra lentidão no sentido capital, na região de Jundiaí, do km 62 ao km 58. A rodovia Anhanguera também apresenta tráfego lento na região de Jundiaí, mas no sentido interior, do km 59 ao km 58.

16h40 – Presidente Dutra - O motorista encontra congestionamento na rodovia Presidente Dutra, no sentito Rio-São Paulo, em Jacareí, do km 162 ao km 165, e em Taubaté, do km 115 ao km 117, ambos por excesso de veículos. No sentido contrário, o congestionamento está em Nova Iguaçu, do km 177 ao km 171, também pelo alto número de veículos.

16h35 – Fernão Dias - O motorista que segue pela rodovia Fernão Dias encontra tráfego intenso, mas sem pontos de parada, tanto na pista sentido Belo Horizonte quando na pista sentido São Paulo.

16h25 – Régis Bittencourt – A rodovia Régis Bittencourt tem 8 quilômetros de lentidão, na sentido São Paulo, do km 294 ao km 286, na região de Itapecerica da Serra, devido a um ponto de alagamento no km 286. A pista está interditada. A concessionária que administra a rodovia recomenda que, se possível, o usuário evite usar a rodovia no momento e aguarde a normalização do tráfego. No sentido Curitiba, o tráfego segue sem problemas nesta tarde de domingo.

16h15 – Ayrton Senna/Carvalho Pinto - O tráfego flui normal o corredor das rodovias Ayrton Senna e Carvalho Pinto. A rodovia Hélio Smidt – estrada que dá acesso ao Aeroporto de Guarulhos -, também apresenta boas condições de tráfego em ambos os sentidos.

15h49 – Anchieta/Imigrantes - Trânsito continua lento em direção à capital paulista pela pista norte da rodovia dos Imigrantes, entre o km 59 e km 52, devido excesso de veículos. Movimento segue lento na marginal sul da via Anchieta, acesso ao Riacho Grande, em São Bernardo do Campo, entre o km 27 e km 28, devido excesso de veículos.

15h03 – Anchieta/Imigrantes - O tráfego é intenso no trecho de serra da rodovia dos Imigrantes, sentido litoral, entre o km 40 e km 55, por excesso. Segundo a concessionária Ecovias, o restante da rodovia apresenta tráfego bom.

14h24 – Bandeirantes - A rodovia dos Bandeirantes apresenta tráfego intenso na região de Jundiaí, por conta de um acidente na altura do quilômetro 58. A via têm filas entre o local do acidente e o km 59, no sentido interior norte. Em direção ao interior sul, o motorista também encontra congestionamentos, do km 61 e km 59.

13h41 – Presidente Dutra - O motorista encontra congestionamento na rodovia Presidente Dutra, na região de Pindamonhangaba, no sentido Rio de Janeiro. A lentidão vai do km 89 ao km 88, devido ao excesso de veículos

13h18 – Ponte Rio-Niterói - O tráfego continua lento na ponte Rio-Niterói para o motorista que segue em direção a Niterói. No momento, a via apresenta dois quilômetros de trânsito, próximo a praça de pedágios. No sentido inverso, o usuário encontra boas condições.

12h23 – Anchieta/Imigrantes - A rodovia dos Imigrantes continua com trânsito lento na região dos semáforos, em São Vicente, sentido Praia Grande, entre o km 63 e km 67, por excesso de veículos, segundo a Ecovias.

12h - Ótimo momento para o usuário que pretende ir ao interior de São Paulo utilizando a rodovia Castello Branco. Segundo a concessionária ViaOeste, no momento a via apresenta tráfego tranquilo em toda sua extensão.

11h28 – Ponte Rio-Niterói – O motorista que segue viagem pela ponte Rio-Niterói encontra tráfego lento no sentido Niterói, do quilômetro 323 até o 321, devido ao excesso de veículos. No sentido Rio de Janeiro a via apresenta trânsito tranquilo.

11h15 – Anchieta/Imigrantes – O índice de congestionamento na rodovia dos Imigrantes subiu para dez quilômetros, no trecho entre o km 33 e km 43, no sentido litoral paulista. Na região de túneis, o movimento também segue intenso e há pequenos pontos de parada. Segundo a concessionária Ecovias, a melhor opção para o motorista é seguir viagem pela Anchieta.

10h40 – Anchieta/Imigrantes – A descida ao litoral pela Imigrantes continua com lentidão. Há quatro quilômetros de congestionamento entre o km 39 e km 43, por excesso de veículos. No trecho de túneis, o movimento é bastante intenso e há pontos de parada. A Anchieta é a melhor opção para o motorista pois apresenta tráfego livre.

10h25 – Dutra – Situação normalizada na rodovia Presidente Dutra. Havia um quilômetro de congestionamento no sentido Rio de Janeiro, na região de Pindamonhangaba, entre os kms 87 e 86, por excesso de veículos. Segundo a Nova Dutra, concessionária que administra a via, o motorista não enfrenta mais lentidão. O trânsito segue bem pela Dutra, nos dois sentidos.

10h15 – Anchieta/Imigrantes - Implantada operação descida 7×3 no sistema Anchieta/Imigrantes. A subida é feita apenas pela pista norte da Imigrantes.

9h50 – Régis Bittencourt - O motorista enfrenta trechos de lentidão na rodovia Régis Bittencourt, no trecho da Serra do Cafezal, entre os municípios de Juquitiba (Grande São Paulo) e Miracatu (Vale do Ribeira).

9h35 – Anchieta/Imigrantes – Há quatro quilômetros de congestionamento na Imigrantes no sentido litoral. O trânsito está lento entre o km 39 e km 43, por excesso de veículos. A Anchieta é a melhor opção para o motorista que viaja em direção ao litoral.

9h15 – Rio de Janeiro - O motorista que trafega pela Rodovia dos Lagos, pela Ponte Rio-Niterói e pelas estaduais RJ 104 e RJ 116 não enfrenta problemas. O trânsito segue livre e o tempo é bom.

9h00 – São Paulo - Este é um bom momento para viajar pelas estradas de São Paulo. Segundo informações das concessionárias, as principais rodovias que ligam a capital ao interior e ao litoral têm tráfego livre. Segue bem o motorista que opta pela Bandeirantes, Anhanguera, Raposo Tavares, Castello Branco, Anchieta, Imigrantes, Ayrton Senna e Carvalho Pinto. Também é boa a viagem pelas estaduais SP-340 (Campinas até Mococa), SP-342 (Mogi Guaçu até Águas da Prata), SP-344 (Aguaí até Vargem Grande do Sul), SP-350 (Casa Branca até São José do Rio Pardo) e SP-215 (Vargem Grande do Sul até Casa Branca).

8h45 – Anchieta/Imigrantes – Há tráfego intenso na praça de pedágio no km 32 da Imigrantes, por excesso veículos. No restante do Sistema Anchieta Imigrantes o trânsito segue bem e o tempo é bom. A operação é em esquema normal, 5×5, a subida da serra é feita pela pista norte da rodovia dos Imigrantes e norte da via Anchieta. A descida da serra é feita pelas pistas sul da Imigrantes e sul da Anchieta.

8h30 – Dutra – A rodovia Presidente Dutra apresenta um quilômetro de congestionamento no sentido Rio de Janeiro na região de Pindamonhangaba, entre os kms 87 e 86. O motivo da lentidão no local é o excesso de veículos, segundo a Nova Dutra, concessionária que administra a via.

Domingo, 26 de dezembro

18h15 - São Paulo – O trânsito segue tranquilo nas principais estradas estaduais e federais no Estado de São Paulo, com visibilidade e tempo bons, segundo as concessionárias que administram as rodovias.

16h15 - São Paulo – O trânsito segue tranquilo nas principais estradas estaduais e federais no Estado de São Paulo, com visibilidade e tempo bons, segundo as concessionárias que administram as rodovias. O Sistema Anchieta-Imigrantes, que liga São Paulo ao litoral, opera no esquema padrão, 5 x 5. O esquema só deve sofrer mudanças caso haja necessidade.

15h20 -
São Paulo – Trânsiro livre nas principais estradas que ligam São Paulo ao interior e ao litoral. Segundo informações das concessionárias, o motorista segue bem pela Bandeirantes, Anhanguera, Raposo Tavares, Castello Branco, Presidente Dutra, Anchieta Imigrantes, Ayrton Senna e Carvalho Pinto.

14h40 – BR 277 – Movimento é normal neste momento, na BR 277 com 680 carros/hora em direção ao litoral paranaense. Há sol e boa visibilidade em todo o percurso. Até o meio-dia, 6,2 mil carros já haviam deixado a capital Curitiba rumo ao litoral do Estado. Até o fim do dia, outros 10 mil devem fazer o mesmo.

14h20 – Anchieta-Imigrantes – Movimento segue tranquilo no Sistema Anchieta-Imigrantes. O sistema opera em esquema normal, 5×5. A subida da serra é feita pela pista norte da rodovia dos Imigrantes e norte da via Anchieta. A descida da serra é feita pelas pistas sul da Imigrantes e sul da Anchieta. Tempo e visibilidade bons.

13h40 – Ayrton Senna/Carvalho Pinto – O tráfego segue norma por todo corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto, segundo a Ecopistas, concessionária que administra a via.

12h30 – Rio de Janeiro – O motorista que trafega pela Rodovia dos Lagos e pela Ponte Rio-Niterói não enfrenta problemas. O trânsito segue livre e o tempo é bom.

11h55 – São Paulo – Este é um bom momento para viajar pelas estradas de São Paulo. Segundo informações das concessionárias as principais rodovias que ligam a capital ao interior e ao litoral têm tráfego livre. Segue bem o motorista que opta pela Bandeirantes, Anhanguera, Raposo Tavares, Castello Branco, Presidente Dutra, Anchieta Imigrantes, Ayrton Senna e Carvalho Pinto.

11h30 – Anchieta-Imigrantes – Movimento segue tranquilo em todas as rodovias do Sistema Anchieta-Imigrantes na manhã deste sábado de Natal. O sistema opera em esquema normal, 5×5. A subida da serra é feita pela pista norte da rodovia dos Imigrantes e norte da via Anchieta. A descida da serra é feita pelas pistas sul da Imigrantes e sul da Anchieta. Tempo encoberto e visibilidade boa.

6h10 – O motorista que escolheu viajar nesta manhã de Natal não enfrenta dificuldades nas principais rodovias do País.

6h00 – Sistema Anhanguera/Bandeirantes – Movimento é tranquilo na saída de São Paulo. O motorista que viajar neste horário, não terá dificuldades.

5h56 – Rodovia dos Lagos - Trecho entre Rio Bonito e São Pedro tem bom movimento, sem dificuldades para o motorista.

5h55 – Ponte Rio-Niterói – Trânsito é bom em ambos os sentidos.

5h52 – Cônego Domênico Rangoni/Padre Manoel da Nóbrega – Tráfego normal em ambos os sentidos, de acordo com a Ecovias, concessionária que gerencia a via.

5h51 – Sistema Anchieta/Imigrantes – Motorista não tem dificuldades na ida ou retorno do litoral paulista.

22h -  Não há registro de lentidão nas principais rodovias do País.

21h45 - Rodovia dos Lagos e Ponte Rio-Niterói - O morotista que segue pela rodovia dos Lagos ainda encontra boas condições de tráfego nos dois sentidos. Na ponte Rio-Niteroi também não há congestionamentos, segundo as concessionárias que administram as vias.

21h25 – Bandeirantes/Anhanguera - A noite de véspera de Natal tem tráfego tranquilo nas rodovias Bandeirantes e Anhanguera, segundo a CCR Autoban, concessionária que administra as rodovias.

20h50 – Fernão Dias – O tráfego na rodovia Fernão Dias flui sem problemas, na noite desta quinta-feira, tanto para quem segue na pista Sul (sentido São Paulo) quanto na pista Norte (sentido Belo Horizonte).

20h30 - Régis Bittencourt - Trânsito bom para o motorista que segue pela rodovia Régis Bittencourt nos dois sentidos.

20h – Ayrton Senna/Raposo Tavares – Tráfego já flui normal na rodovia Ayrton Senna, em ambos os sentidos. Nas rodovias Carvalho Pinto e Hélio Smidt, acesso ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, o trânsito segue tranquilo, em ambos os sentidos. A visibilidade é boa em todas as rodovias.

19h40 – Castello Branco/Raposo Tavares – As rodovias Castello Branco e Raposo Tavares são boas opções para o motorista que está neste momento no caminho para o interior ou para a capital de São Paulo.

19h20 – Ponte Rio-Niterói - A Ponte Rio-Niterói tem tráfego tranquilo neste início de noite.

19h – Outros Estados – Segundo as Polícias Rodoviárias Federais, o trânsito é calmo nas rodovias federais em Alagoas, Minas Gerais, São Paulo, Santa Catarina.

18h30 – Anchieta Imigrantes – O tráfego continua normal nas rodovias do Sistema Anchieta Imigrantes

17h55 – Rodovia Presidente Dutra – A rodovia Presidente Dutra também tem o tráfego para o motorista que acessa a rodovia que liga São Paulo ao Rio de Janeiro.

17h25 – Bandeirantes - A rodovia dos Bandeirantes também apresenta trânsito totalmente livre nos dois sentidos, segundo a Autoban.

17h15 – Raposo Tavares - A rodovia Raposo Tavares é uma boa alternativa para o motorista e tem trânsito tranquilo nos dois sentidos tanto no trecho de São Paulo a Cotia, administrado pelo DER, quanto no trecho de Cotia até Sorocaba, de responsabilidade da concessionária Autoban.

16h40 – Litorâneas SP – As rodovias litorâneas do Estado de São Paulo administradas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) têm tráfego livre. Rio-Santos, Tamoios e Mogi-Bertioga têm tráfego livre, boas condições de viagem e nenhum registro de acidentes.

16h30 – Rodovia dos Lagos e Ponte Rio-Niterói - O morotista que segue pela rodovia dos Lagos encontra boas condições de tráfego nos dois sentidos. Na ponte Rio-Niteroi também não há congestionamentos, segundo as concessionárias que administram as vias.

16h15 – Régis Bittencourt - Trânsito bom para o motorista que segue pela rodovia Régis Bittencourt nos dois sentidos.

15h30 – Anhanguera/Bandeirantes – O tráfego segue normal nas rodovias Anhanguera e Bandeirantes, segundo informações da Autoban, concessionária que administra as vias.

15h15 – Ayrton Senna/Carvalho Pinto – O motorista que viaja pelo corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto tem boas condições de tráfego nos dois sentidos. A visibilidade também é boa, segundo a concessionária que administrada as rodovias, a Ecopistas.

14h50 – Rodovia Presidente Dutra - Quem deixa o Rio de Janeiro em direção a São Paulo enfrenta dois quilômetros de congestionamento, entre os kms 170 e 172, região de São João de Merití. A lentidão é causada pelo excesso de veículos. No sentido Rio, o tráfego segue normal.

14h40 – Fernão Dias – A situação melhorou na saída de São Paulo pela rodovia Fernão Dias. Ainda há tráfego intenso, mas sem redução de velocidade. Em Minas Gerais chove em alguns pontos e o motorista deve redobrar a atenção.

14h15 -Ayrton Senna – Uma colisão envolvendo dois veículos de passeio, às 13h15, bloqueou totalmente a rodovia Ayrton Senna, na altura do km 21 por 10 minutos e causou morosidade no tráfego. Segundo a concessionária que administra a via, o tráfego já foi normalizado. O acidente deixou uma vítima com ferimentos leves, transferida para  Hospital Santa Marcelina de Itaquaquecetuba. No sentido Capital, o tráfego também é normal.

13h50 – Rodovia dos Lagos - O morotista que segue pela rodovia dos Lagos encontra boas condições de tráfego nos dois sentidos.

13h15 – Rodovia Presidente Dutra – Quem deixa o Rio de Janeiro em direção a São Paulo enfrenta dois quilômetros de congestionamento, entre os kms 170 e 172, região de São João de Merití. A lentidão é causada pelo excesso de veículos. No sentido Rio, o tráfego segue normal.

13h00 – BR040/RJ – A rodovia BR-040 teve uma pista interditada na manhã desta sexta-feira na região serrana, perto de Itaipava, por causa de um deslizamento de barreira. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a pista já foi liberada e o motorista segue sem problemas.

12h50 – Fernão Dias – Na saída de São Paulo em direção ao interior do Estado o motorista encontra tráfego intenso e lento, mas sem pontos de parada. Nos demais trechos da rodovia, a viagem segue tranquila.

12h45 – Ayrton Senna/Carvalho Pinto – O motorista que utiliza o Corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto, tanto em direção às cidades do Vale do Paraíba, ao litoral norte e a Campos do Jordão, quanto no sentido de São Paulo, encontra boas condições de tráfego. A visibilidade é boa em todas as rodovias administradas pela Ecopistas.

12h40 – Régis Bittencourt - Trânsito bom para o motorista que segue pela rodovia Régis Bittencourt nos dois sentidos. A central de informações da Régis (0800 7090 116) sofreu uma pane nesta sexta-feira. A concessionária que administra a via pretende normalizar o sistema ainda nesta tarde.

12h15 – Anhanguera/Bandeirantes – Tráfego normal das rodovias Anhanguera e Bandeirantes, segundo informações da Autoban, concessionária que administra as vias.

12h00 – Rodovia Presidente Dutra – Este é um bom momento para o motorista que trafega pela Dutra. Nos dois sentidos, tanto em direção ao Rio de Janeiro, como em direção a São Paulo, o tráfego flui bem, segundo a concessionária que administra a via.

11h40 – Sistema Anchieta/Imigrantes – O motorista encontra boas condições de tráfego nas rodovias do Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI) em ambos os sentidos. O sistema opera em esquema normal, 5×5. A subida da serra é feita pela pista norte da rodovia dos Imigrantes e norte da via Anchieta. A descida da serra é feita pelas pistas sul da Imigrantes e sul da Anchieta. Tempo encoberto e visibilidade boa.

8h40 - Ótimo horário para o motorista seguir viagem pelas principais estradas do País.

6h28 – Campinas-Mococa – Motorista tem manhã tranquila, de acordo com a Renovias.

6h04 – Castello Branco/Raposo Tavares – Segundo o último boletim da CCR ViaOeste, tráfego é tranquilo em direção ao interior de São Paulo.

6h01 – Anchieta/Imigrantes – Movimento em sentido ao litoral paulista é bom e o motorista não enfrenta maiores dificuldades, segundo a Ecovias.

5h57 – Rodovia dos Lagos – De acordo com a CCR ViaLagos, não há dificuldades entre Rio Bonito e São Pedro da Aldeia, em ambos os sentidos.

5h51 – Ponte Rio-Niterói – Tráfego normal em ambos os sentidos.

22h55 – Presidente Dutra – A rodovia Presidente Dutra tem alguns pontos de congestionamento nesta quinta-feira.  Os pontos de parada estão no trecho SP-Rio, em Guarulhos, do km 208 até o km 212, devido ao excesso de veículos.  Na pista contrária, no sentido Rio-SP, os congestionamentos também estão entre os kms 169 e 174, em São João de Meriti, e do km 176 ao km 178, em Nova Iguaçu, também devido ao excesso de veículos .

21h55 – Presidente Dutra - A rodovia Presidente Dutra tem alguns pontos de congestionamento nesta quinta-feira.  Os pontos de parada estão no trecho SP-Rio, em Guarulhos, do km 221 até o km 229, devido ao excesso de veículos.  Na pista contrária, no sentido Rio-SP, os congestionamentos também estão entre os kms 169 e 172, em São João de Meriti, e do km 169 ao km 172, em Nova Iguaçu, também devido ao excesso de veículos .

21h45 – Ponte Rio-Niterói – A Ponte tem pontos de parada apenas no sentido Niterói, no acesso para a avenida do Contorno.

21h35 -  Castello Branco/Raposo Tavares - A Castelo Branco tem tráfego lento na saída de São Paulo, na altura de Barueri, entre os kms 19 e 28 da pista expressa e os kms 22 e 24 da pista marginal. A Raposo Tavares tem tráfego bom neste momento.

21h25 – São Paulo – As rodovias Anchieta/Imigrantes, Anhanguera/Bandeirantes, Ayrton Senna/Carvalho Pinto, Régis Bittencourt e Fernão Dias apresentam tráfego bom nesta noite.

21h15 – Presidente Dutra - A rodovia Presidente Dutra tem alguns pontos de congestionamento nesta quinta-feira.  Os pontos de parada estão no trecho SP-Rio, em Nova Iguaçu, do km 176 até o km 175, devido ao excesso de veículos.  Na pista contrária, no sentido Rio-SP, os congestionamentos também estão entre os kms 169 e 174, em São João de Meriti, e do km 164 ao km 167, no Rio de Janeiro, também devido ao excesso de veículos .

20h55 – Ayrton Senna/Carvalho Pinto – O tráfego já flui normal na rodovia Ayrton Senna, em ambos os sentidos. Nas rodovias Carvalho Pinto e Hélio Smidt, acesso ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, o trânsito também segue bom.

20h45 – Ponte Rio-Niterói – O tráfego ainda é lento no sentido Niterói por toda a extensão da ponte por conta do excesso de veículos e do tempo chuvoso. No sentido Rio de Janeiro, o tráfego é intenso, mas sem lentidão.

20h35 – Fernão Dias - O tráfego na rodovia flui sem problemas tanto para quem segue na pista sentido São Paulo quanto na pista sentido Belo Horizonte.

20h30 – Régis Bittencourt - O motorista que segue pela rodovia Régis Bittencourt encontra o tráfego fluindo sem problemas nos dois sentidos da rodovia.

20h20 – Ayrton Senna/Carvalho Pinto - A Ayrton Senna segue com tráfego lento em direção ao interior, do km 11 ao 15, por conta do excesso de veículos. No sentido contrário, já está normalizado. Nas rodovias Carvalho Pinto e Hélio Smidt, acesso ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, o trânsito segue tranquilo, em ambos os sentidos.

20h10 – Anchieta/Imigrantes – Segundo a Ecovias, concessionária que administra o Sistema Anchieta Imigrantes, o tráfego normal nass rodoviado sistema.

19h55 – Bandeirantes/Anhanguera – Segundo a CCR Autoban, concessionária que administra as rodovias Anhanguera e Bandeirantes, não há pontos de lentidão nas rodovias neste momento.

19h45 – Ponte Rio-Niterói – O tráfego ainda é lento no sentido Niterói da subida do vão central até a Praça do Pedágio e nos acessos até a Reta do Cais. No sentido Rio de Janeiro, o tráfego é intenso com lentidão da grande reta até o acesso para a avenida Brasil.

19h35 – Presidente Dutra - A rodovia Presidente Dutra tem alguns pontos de congestionamento nesta quinta-feira.  Os pontos de parada estão no trecho SP-Rio, em Guarulhos, do km 228 até o km 223, em São Paulo, devido ao excesso de veículos.  Na pista contrária, no sentido Rio-SP, o congestionamento está entre os kms 169 e 172, em São João de Meriti, devido ao excesso de veículos; e em Guaratinguetá, do km 60 ao km 70, devido ao reflexo de  um acidente.

19h25 – Anchieta/Imigrantes - O motorista encontra tráfego lento na chegada à capital pela via Anchieta, entre o km 13 e km 10, devido excesso de veículos e a um acidente na av. Tancredo Neves, em São Paulo. A outras rodovias do Sistema Anchieta-Imigrantes seguem com tráfego normal.

19h15 – Ayrton Senna/Carvalho Pinto - A Ayrton Senna tem tráfego lento em direção a São Paulo, do km 23 ao 20 e, no sentido interior, do km 11 ao 15. Ambos por conta do excesso de veículos. Nas rodovias Carvalho Pinto e Hélio Smidt, acesso ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, o trânsito segue tranquilo, em ambos os sentidos.

19h05 – Régis Bittencourt - O motorista que trafega pela pista sentido Curitiba da Régis Bittencourt encontra cerca de 3 quilômetros de trânsito intenso entre os kms 342 e 342, na região de Miracatu, devido ao excesso de veículos. Nos demais trechos da rodovia, o tráfego flui sem problemas.

18h55 – Bandeirantes/Anhanguera - A rodovia Annhanguera tem congestionamento no trecho Campinas-Cordeirópolis, do km 103 ao km 105, devido ao excesso de veículos. Na Bandeirantes, o tráfego é intenso, mas sem lentidão.

18h45 – Ponte Rio-Niterói – O tráfego ainda é lento no sentido Niterói da subida do vão central até a Praça do Pedágio e nos acessos até a Reta do Cais. No sentido Rio de Janeiro, o tráfego é intenso com lentidão da grande reta até o acesso para a avenida Brasil, no Rio de Janeiro.

18h40 -  Rio Grande do Sul - Segundo a Polícia Rodoviária Federal do Rio Grande do Sul, a BR-116, em Canoas, tem trânsito lento, nos dois sentidos, devido ao excesso de veículos.  Na BR-101, no km9,6, em Torres, um acidente envolvendo um carro e uma camionete deixou vítimas com lesões leves. Na BR-116, no km244, em São Leopoldo, há congestionamento de 5 km, no sentido interior/capital, devido a um acidente com bicicleta e automóvel.

18h30 – Fernão Dias - O tráfego é intenso tanto para quem segue na pista sentido São Paulo quanto na pista sentido Belo Horizonte, mas sem pontos de congestionamento. Ao longo do trecho, chove em pontos isolados.

18h20 – Ayrton Senna/Carvalho Pinto - A Ayrton Senna tem trânsito lento em direção a São Paulo, do km 23 ao 20 e, sentido Taubaté, entre os kms 21 e 23 e, 11 e 13, ambos por excesso de veículos. Na rodovia Hélio Smidt, acesso ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, o trânsito segue bom, em ambos os sentidos.

18h10 – Anchieta/Imigrantes  – Neste momento há lentidão na rodovia Cônego Domênico Rangoni, sentido Cubatão, entre o km 261 e km 265, reflexo de uma carreta quebrada que ocupava a faixa da direita. Demais rodovias do Sistema Anchieta-Imigrantes apresentam boas condições de tráfego.

18h05 -  São Paulo - A cidade de São Paulo tem 96 quilômentros de lentidão nesta quinta-feira. Os principais pontos de lentidão estão no Corredor Norte/Sul, sentido Santana, do Viaduto Indianópolis até a Praça da Bandeira (7,2 Km); na Marginal Tietê, sentido Ayrton Senna, pista expressa, da Ponte Freguesia do Ó até a Ponte Cruzeiro do Sul (5,6 Km); na Marginal Pinheiros, sentido Castelo, pista expressa, da rua Américo Brasiliense até a Rua Tucumã (5,5 Km); na Marginal Pinheiros, sentido Castelo, pista local, da rua Américo Brasiliense até a Ponte Cidade Jardim (5,1 Km).

18h – Régis Bittencourt – O motorista que segue pela pista sentido Curitiba da Régis encontra 6 quilômetros de lentidão, do km 330 ao km 336, na região de Juquitiba (SP), e do km 342 ao km 345, na região de Miracatu (SP). Para agilizar a normalização do tráfego na pista sul, duas medidas foram implantadas pela concessionária: a liberação do tráfego pelo acostamento entre os kms 337 e 345; e a montagem de uma faixa reversível entre os kms 359 e 349. A lentidão é causada por excesso de veículos. Já o usuário que segue pela pista sentido São Paulo não encontra pontos de lentidão ou congestionamentos.

17h55 – BR-040 - O motorista que segue em direção a Petrópolis encontra em Duque de Caxias retenção entre os kms 121 e 115, devido ao excesso de veículos. Na pista sentido Petrópolis, duas faixas estão interditadas no km 115, próximo à Reduc, por conta de uma obra de alargamento da ponte sobre o Rio Iguaçu.  Os acessos à Linha Vermelha e Avenida Brasil encontram-se sem problemas.

17h50 – Bandeirantes/Anhanguera - A rodovia Annhanguera tem congestionamento no trecho Campinas-Cordeirópolis, do km 138 ao km 140, devido a um acidente. Na Bandeirantes, o tráfego é intenso, mas sem lentidão.

17h40 – Presidente Dutra - A rodovia Presidente Dutra tem alguns pontos de congestionamento nesta antevéspera de Natal.  Os pontos de parada estão no trecho SP-Rio, em Guarulhos, do km 228 até o km 218, em São Paulo, devido ao reflexo de um acidente; e do km 181 até o 171, em Nova Iguaçu, no RJ, devido a excesso de veículos.  Na pista contrária, no sentido Rio-SP, o congestionamento está entre os kms 166 e 174, em Nova Iguaçu, também devido ao excesso de veículos.

17h30 – Fernão Dias - O tráfego na rodovia está intenso na saída para o feriado, tanto para quem segue na pista sentido Belo Horizonte, quanto na pista sentido São Paulo,  mas sem pontos de lentidão ou parada.

17h15 – Ponte Rio-Niterói – O tráfego é lento no sentido Niterói da subida do vão central até a Praça do Pedágio e nos acessos até a Reta do Cais. No sentido Rio de Janeiro, o tráfego é intenso com lentidão da grande reta até o acesso para a avenida Brasil.

17h – Anchieta/Imigrantes – O tráfego está lento na região de semáforos do km 68 ao km 70 na rodovia dos Imigrantes, em São Vicente, no sentido Praia Grande.  As demais rodovias do Sistema Anchieta-Imigrantes têm tráfego normal.

17h – Ayton Senna/Carvalho Pinto – O Corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto tem trânsito lento na região de São Paulo, do km 11 ao 13 e, sentido interior, entre os kms 24 e 20, ambos por excesso de veículos. Na rodovia Hélio Smidt, acesso ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, o trânsito segue bom, em ambos os sentidos.

17h – Tempo real - A movimentação nas estradas para o feriado de Natal é intensa em várias estradas brasileiras. Como nesta sexta-feira é ponto facultativo em várias cidades, muita motorista já estão nas estradas nesta quinta-feira.

Autor: Tags: , ,

segunda-feira, 15 de novembro de 2010 Ao Vivo | 12:25

Volta do feriado da Proclamação da República

Acompanhe o movimento pelas câmeras das estradas do País

5h19 - Cônego Domênico Rangoni – Tráfego ainda é intenso, mas não há lentidão, informa a Ecovias.

5h16 – Anhanguera-Bandeirantes - De acordo com a concessionária AutoBAn, movimento é normal.

5h13 – Dutra – Não há dificuldades para o motorista.

5h10 – Ponte Rio-Niterói – Segundo a CCR, tráfego é normal em ambos os sentidos.

3h01 – Ayrton Senna e Carvalho Pinto – Motorista não enfrenta dificuldades ao longo do corredor.

1h29 – Imigrantes – Subida sentido São Paulo tem tráfego intenso.

1h29 – Anchieta - Tráfego normal no trecho de serra.

1h23 – Cônego Domênico Rangoni – Tráfego intenso do km 250 ao km 260 por excesso de veículos, sentido São Paulo.

1h21 – Padre Manoel da Nóbrega – Movimento é intenso no sentido São Paulo, com pontos de lentidão do km 292 até o km 286.

23h – Anhanguera/Bandeirantes – De acordo com a concessionária Autoban, já não há mais lentidão nas rodovias.

22h54 – Dutra – Trânsito normalizado nos dois sentidos.

22h51 – Fernão Dias - Lentidão agora vai de Bragança até Mairiporã, do km 59 até o km 15.

22h50 – Castelo Branco – Continua entre as mais lentas na volta do interior para a capital com três pontos de lentidão. O primeiro de dois quilômetros em Itu até o km 72, depois mais 29 quilômetros desde o km 68 até Itapevi, no km 39 e outros quatro quilômetros já em Barueri, até o km 29.

22h45 – Anchieta - Neste momento motorista que escolheu subir pela via não encontra pontos de lentidão.

22h44 – Padre Manoel da Nóbrega - Saída da Praia Grande e de São Vicente continua lenta. Os piores pontos vão do km 292 ao km 285 e do km 279 ao km 277.

22h41 – Rio-Santos (SP-55) – Motorista que deixa a Riviera de São Lourenço rumo à São Paulo ainda encontra congestionamento de dois quilômetros desde o km 211.

22h38 – Cônego Domênico Rangoni - Continua lenta a saída do Guarujá entre o km 3 e o km 1 e em Cubatão a mesma via tem lentidão do km 250 até o km 262 e do km 267 ao km 270 no sentido São Paulo.

22h36 – Imigrantes – Chegada à São Paulo é mais lenta agora do que no início da noite, com lentidão do km 40 ao km 30, na região de São Bernardo do Campo.

22h33 – Régis Bittencourt – Ainda com movimento intenso de veículos na Serra do Cafezal, com lentidão de 10 quilômetros.

22h30 – Fernão Dias – Lentidão de 40 quilômetros desde Bragança Paulista, no km 59, até o km 19 já em São Paulo.

22h26 – Tamoios e Oswaldo Cruz – Muitos motoristas deixaram para sair do Litoral Norte à noite e o trânsito é intenso principalmente no início da subida da serra das duas rodovias.

22h16 – Anchieta-Imigrantes – O tráfego continua intenso, mas a subida da serra ocorre sem pontos de congestionamento. Dos 286 mil veículos que passaram pelo pedágio no sentido litoral, faltam subir 66 mil.

22h09 – Dutra – Congestionamento na região de Taubaté entre o km 104 e o km 107 no sentido São Paulo.

22h05 – BR 376/PR – Movimento ainda é três vezes maior no sentido Curitiba com 2.500 veículos por hora.

22h01 – Castelo Branco – Continua o trânsito carregado desde Itu até a região metropolitana de São Paulo. Os pontos de lentidão vão do km 74 ao km 72, depois há 15 quilômetros entre o km 65 e o km 50 e, na região de Itapevi, o motorista volta a reduzir a velocidade do km 45 ao km 39.

21h56 – Padre Manoel da Nóbrega – Tráfego lento principalmente no trecho de Praia Grande, desde o km 292 até o pedágio no km 282.

21h53 – Bandeirantes – O congestionamento agora é de 11 quilômetros do km 69 ao km 58 na região de Jundiaí.

21h50 – Anhanguera – Segundo a concessionária Autoban não há mais pontos de congestionamento na via.

21h42 – Rio-Santos (SP-55) – Congestionada do km 211 ao 213 no sentido de São Sebastião à Bertioga.

21h32 – Cônego Domênico Rangoni - Na saída do Guarujá lentidão do km 3 ao km 1 por causa de um acidente e em Cubatão a mesma via tem lentidão em dois pontos, do km 250 até o km 262 e do km 267 ao km 270 em direção à São Paulo.

21h30 – Litoral Norte de SP – Oswaldo Cruz é opção melhor que a Tamoios, que tem lentidão em toda a extensão desde Caraguatatuba até São José dos Campos.

21h27 – Ayrton Senna e Carvalho Pinto - Sistema segue com tráfego intenso com lentidão na chegada à São Paulo, do km 22 ao km 21.

21h24 – Anchieta-Imigrantes - Tráfego é intenso, mas sem congestionamento no trecho de serra. Na região de Planalto, em São Bernardo do Campo, lentidão na Imigrantes do km 38 ao km 30 e na Anchieta, do km 31 ao km 28.

21h20 – Castelo Branco - Tráfego começa a melhorar, mas ainda há muita lentidão. O motorista reduz a velocidade do km 74 ao km 72 em Itu, anda bem até o km 66 e depois volta a enfrentar trânsito até o km 39, em Itapevi.

21h14 – Anhanguera-Bandeirantes – Quem retorna pela Bandeirantes encontra congestionamento do km 94 ao km 92, em Campinas e do km 74 ao km 58, em Jundiaí. Pela Anhanguera, o trecho congestionado é bem menor, do km 61 ao 58.

21h10 – Dutra - Segundo a concessionária Nova Dutra, o único ponto de congestionamento agora é no sentido Rio de Janeiro entre o km 107 e o km 103, em Taubaté.

21h05 – Ponte Rio-Niterói – Tráfego intenso no sentido Rio de Janeiro, mas sem pontos de congestionamento.

21h01 – Rodovia dos Lagos – Tráfego normal nos dois sentidos da via de Rio Bonito à São Pedro da Aldeia.

20h56 – Oswaldo Cruz - Motorista que sai de Ubatuba neste momento ainda encontra tráfego lento. O congestionamento se concentra na subida da serra próximo a São Luiz do Paraitinga.

20h55 – Tamoios - Congestionamento na subida da serra e nos km 18 e 28 onde a Polícia Rodoviária faz a operação Pare e Siga para disponibilizar as faixas de descida para subida por alguns minutos.

20h54 – Padre Manoel da Nóbrega - Continua intenso o movimento de veículos desde Mongaguá até São Vicente, sem pontos de congestionamento.

20h50 – Anchieta-Imigrantes - Lentidão permanece no trecho de Planalto, em São Bernardo do Campo.

20h43 – Fernão Dias - O tráfego intenso faz o motorista diminuir a velocidade em toda a via desde a divisa com Minas Gerais até o km 15 já em São Paulo.

20h35 – Castelo Branco - Lentidão de 35 quilômetros no sentido São Paulo, desde o km 74, em Itu, até o km 39, em Itapevi continua. O trecho já está problemas por excesso de veículos há uma hora.

20h30 – Ayrton Senna - Tráfego segue intenso no sentido São Paulo, com lentidão do km 23 ao 21, região de Guarulhos.

20h25 – Dutra/SP – Para quem trafega no sentido São Paulo, os congestionamentos estão em Taubaté, do km 104 ao km 112, e em Arujá do km 205 ao km 208.

20h13 – Régis Bittencourt - Trecho da Serra do Cafezal, na chegada ao Estado de São Paulo, continua com lentidão de 10 quilômetros por conta do excesso de caminhões.

20h12 – Anhanguera-Bandeirantes - A volta do interior para São Paulo continua registrando congestionamento. Na Anhanguera, o motorista encontra tráfego lento do km 62 até o km58 em Jundiaí. Na Bandeirantes, o problema é maior e o congestionamento vai do km 77 ao km 58.

20h08 – Raposo Tavares – Tráfego flui bem nos dois sentidos com maior número de veículo rumo a São Paulo, porém sem lentidão.

20h05 – Anchieta-Imigrantes - Concessionária Ecovias não registra acidentes com interdição em nenhum ponto do sistema neste momento. O excesso de veículos causa lentidão apenas na região de São Bernardo do Campo, no sentido São Paulo.

20h02 – Fernão Dias - Tráfego intenso desde Bragança Paulista, no km 59, até o km 19 já em São Paulo.

19h59 – Litoral Norte de SP – Quem vem de Caraguatatuba pela Tamoios encontra tráfego intenso em toda a via e lentidão no início da subida, próximo ao km 74. A subida pela Oswaldo Cruz desde Ubatuba também é lenta na região de São Luiz do Paratinga.

19h53 – Mogi-Bertioga - Trânsito lento desde Bertioga até o fim da subida da serra, no km 65.

19h50 – Dutra/RJ - No sentido Rio de Janeiro, a via tem pontos de congestionamento em Belford Roxo (km 172), Itatiaia (319).

19h45 – Padre Manoel da Nóbrega – Permanece a lentidão entre Praia Grande e Cubatão, mas já não há registro de congestionamento.

19h41 – Imigrantes - Lentidão no Planalto, entre o km 34 e km 25, em São Bernardo do Campo.

19h35 – Castelo Branco - Bastante lentidão por 35 quilômetros no sentido São Paulo, desde o km 74, em Itu, até o km 39, em Itapevi.

19h32 – Freeway/RS – Tráfego continua intenso na rodovia que liga o litoral gaúcho à Porto Alegre, mas o motorista não para.

19h28 – Estrada do Coco/BA – Quem volta para Salvador neste momento encontra lentidão próximo a praça do pedágio.

19h25 – Ponte Rio-Niterói - Tráfego intenso e sem congestionamento no sentido Rio de Janeiro. Quem vai para Niterói encontra fluxo normal neste momento.

19h23 – BR020/Brasília – Tráfego intenso na chegada à capital por conta do excesso de veículos.

19h15 – Anchieta-Imigrantes - Sem congestionamento. Dos 293 mil veículos que passaram pelas vias no sentido litoral desde a sexta-feira à noite até hoje de manhã, 210 mil já retornaram.

19h10 – Tamoios – Saída de Caraguatatuba congestionada entre os km 82 e 80 e lentidão no trecho de serra.

19h03 – Dutra – No sentido São Paulo, a rodovia tem dois quilômetros de lentidão na região de Pindamonhangaba e três em Guarulhos do km 85 ao km 88.

18h55 – Anhanguera – Congestionamento do km 64 ao km 58 no sentido São Paulo na região de Jundiaí. Ainda assim, a estrada é a melhor no sistema Anhanguera-Bandeirantes, por conta dos três pontos de congestionamento da outra via.

18h51 – Tamoios - Tráfego intenso para o motorista que vai de Caraguatatuba a São José dos Campos, ainda sem pontos de congestionamento.

18h50 – Oswaldo Cruz - Congestionamento na saída de Ubatuba, no km 88. O trecho de serra da rodovia ainda flui bem.

18h45 – Anchieta-Imigrantes - Na chegada à Capital pela Anchieta, do km 33 ao km 28, há lentidão provocada por um acidente entre um veículo e uma moto que interditou a faixa da direita por 20 minutos. O local já foi liberado, mas a lentidão persiste.

18h40 – Bandeirantes - Congestionada no sentido São Paulo por conta do excesso de veículos por 17 quilômetros desde o km 68 em Jundiaí. No sentido interior, obras na pista causam lentidão entre o km 87 e o km 90, em Campinas.

18h38 – Floriano Rodrigues Pinheiro – Tráfego tranquilo nos dois sentidos da rodovia que liga Taubaté a Campos do Jordão.

18h35 – SP-55 - A rodovia Manoel Hyppolito Rego em Bertioga tem tráfego muito intenso perto da chegada da Mogi-Bertioga e o motorista reduz a velocidade.

18h31 – Rodovia dos Lagos - Boletim das 18h30, horário em que era previsto pico de tráfego, não registrava pontos de lentidão nos dois sentidos.

18h28 – Carvalho Pinto - Acaba de ocorrer um capotamento no km 124,  em Caçapava, no sentido São Paulo. Segundo a concessionária Ecovias, o acidente ainda não causa lentidão e toda a rodovia tem fluxo normal.

18h26 – Régis Bittencourt - O congestionamento na Serra do Cafezal, na chegada ao Estado de São Paulo é de 10 quilômetros.

18h22 – Castelo Branco - Os pontos de congestionamento no sentido São Paulo agora se dividem em três: do km 68 ao 51 a partir de Itu, do km 46 ao km 39, em Itapevi e do km 33 ao 32, em Barueri.

18h20 – Ponte Rio-Niterói - Via continua sem pontos de lentidão com tráfego um pouco mais intenso no sentido Niterói.

18h16 – Padre Manoel da Nóbrega - Congestionada desde o km 292 em Praia Grande até o pedágio no km 282.

18h11 – Raposo Tavares - Sem lentidão nos dois sentidos.

18h08 – Anchieta-Imigrantes - O tráfego é intenso, mas não há congestionamento para quem deixou a praia ainda com sol e tráfega neste momento rumo à São Paulo.

18h06 – Anhanguera – Opção melhor que a Bandeirantes neste momento, com lentidão entre os km 64 e 60, em Jundiaí, mas sem congestionamento.

18h03 – Litoral Norte de SP - Apesar do tráfego intenso, quem volta neste momento não encontra congestionamento nas rodovias  Tamoios e Oswaldo Cruz, que saem consecutivamente de Caraguatatuba e Ubatuba.

17h56 – Castelo Branco - Rodovia mais congestionada no retorno a São Paulo no momento. O tráfego é lento desde Itu, no km 65, até Itapevi, no km 39. Na chegada à São Paulo, o congestinamento é na região de Barueri.

17h50 – Bandeirantes - Congestionamento em dois pontos no sentido São Paulo, em Campinas, entre os kms 93 e 90 e em Jundiaí, do km 64 a 60. No sentido interior, obras no trecho de Campinas também provocam lentidão de quatro quilômetros.

17h45 – Mogi-Bertioga - Congestionamento em Bertioga no km 98, em frente ao posto de guarda. Na subida da serra, tráfego é intenso, mas motorista não para.

17h40- Rodovia dos Lagos - Tráfego continua normal nos dois sentidos da via sem pontos de lentidão.

17h31 – Anchieta-Imigrantes - O tráfego permanece intenso na subida da serra pela pista norte da Imigrantes, devido ao excesso de veículos, mas não há pontos de lentidão ou parada. Na Padre Manoel da Nóbrega, o trânsito também continua lento do km 286 ao km 292, região de Praia Grande sentido São Paulo, pelo mesmo motivo.

17h21 – BR-376/PR - Na BR-376/PR, há lentidão do km 667 ao km 655, região de Guaratuba, reflexo de um bloqueio temporário na pista Sul (sentido Palhoça), devido ao tombamento de uma carreta que transportava peças automotivas.

17h16 – Ayrton Senna – Uma queda de moto no km 27, sentido Capital, da rodovia Ayrton Senna congestiona o tráfego do km 30 ao 26, região de Guarulhos. Não há interdição de faixa e a Ecopistas ainda não tem informação sobre vítima. O tráfego ao longo do Corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto, com exceção das proximidades do acidente, segue tranquilo. Na rodovia Hélio Smidt – acesso ao Aeroporto Internacional de Guarulhos -, seguem boas as condições de tráfego.

17h02 – Anchieta-Imigrantes - Apesar do tráfego bastante intenso o motorista não para na subida da serra sentido capital.

17h01 – BR-101/RJ - Tráfego fluindo normalmente no sentido Espírito Santo. No sentido Niterói, lentidão em dois pontos, do km 276 ao km 293, região de Itaboraí, devido ao excesso de veículos e do km 319 ao km 320, na Avenida do Contorno, devido ao fluxo de veículos em direção ao centro de Niterói.

16h55 – Ayrton Senna e Carvalho Pinto - Tráfego flui em todo sistema com tráfego mais intenso na região de São José dos Campos e Caçapava.

16h51 – Bandeirantes - Rodovia registra congestionamento de quatro quilômetros do km 62 ao km 58 altura de Jundiaí sentido capital

16h47 – Freeway RS - Motorista que volta do litoral gaúcho para Porto Alegre encontra trânsito lento, mas sem congestionamento. O ponto de maior concentração é o pedágio de Santo Antonio da Patrulha.

16h44 – Ponte Rio-Niterói - Trânsito tranquilo nos dois sentidos sem pontos de lentidão.

16h38 – Raposo Tavares - Bom horário para trafegar pela via que tem fluxo normal nos dois sentidos.

16h36 – Castelo Branco - Rodovia tem congestionamento na chegada à São Paulo na região de Barueri do km 34 ao km 28.

16h28 – Fernão Dias - Tráfego é intenso, mas sem lentidão tanto no sentido São Paulo quanto Belo Horizonte.

16h23 – Dutra - Na altura de Aparecida do Norte, a via registra 10 quilômetros de congestionamento no sentido Rio-São Paulo.

16h20 – Padre Manoel da Nóbrega – Muita lentidão desde a saída de Mongaguá, no km 305. A partir do km 292, em Praia Grande, já há congestionamento até o pedágio, no km 282.

16h15 – Tamoios - Sistema Pare e Siga implantado pela Polícia Rodoviária para liberar faixas adicionais na subida da serra desde o litoral norte de São Paulo concentra o congestionamento nos kms 18 e 28 da via.

16h12 – Anchieta-Imigrantes - Trânsito muito intenso principalmente pela Imigrantes. Na última hora subiram 8 mil carros pelo sistema segundo a concessionária.

16h05 – Régis Bittencourt - A rodovia tem 10 quilômetros de congestionamento no trecho que corta Juquitiba, região do Vale do Ribeira, já no Estado de São Paulo por causa do excesso de veículos, principalmente caminhões.

16h01 – Rodovia dos Lagos – De Rio Bonito à São Pedro da Aldeia e vice-versa o tráfego é tranquilo.

15h55 – Ponte Rio-Niterói – Trânsito normal nos dois sentidos em toda extensão da via.

15h36 – Oswaldo Cruz - A rodovia tem tráfego intenso na saída de Ubatuba rumo à Taubaté, ainda sem congestionamento.

15h30 – Tamoios – Tráfego tranquilo para quem sai de Caraguatatuba, com poucos carros na altura do km 81, logo no início da serra, e mais intenso na chegada à São José dos Campos, no km 18. Mas sem pontos de parada.

15h25 – Mogi-Bertioga - Tráfego intenso no sentido Mogi das Cruzes, mas o motorista ainda não para na serra.

15h14 - Floriano Rodrigues Pinheiro – A rodovia que leva a Campos do Jordão tem trânsito tranquilo nos dois sentidos.

15h13 – Litoral Sul de SP - A saída dos municípios do litoral sul tem trânsito intenso no sentido capital. Na Rio-Santos o acostamento foi liberado para garantir a fluidez do trânsito. A Padre Manoel da Nóbrega tem congestionamento entre o km 291 e o km 289, em Praia Grande.

15h05 – Anchieta-Imigrantes - Tráfego carregado em todo o trecho de serra, mas ainda não há congestionamento. Anchieta melhor opção, por enquanto.

15h – Dutra – Ótimo horário para o motorista que pretende voltar à capital paulista utilizando a rodovia Presidente Dutra. No momento a via não registra pontos de lentidão.

14h28 – Castello Branco - O tráfego na rodovia Castello Branco começa a ficar lento na região de Itapevi, entre o km 59 e 56, no sentido São Paulo.

13h51 – Anchieta – Imigrantes – O motorista encontra tráfego normal nas rodovias Anchieta e Imigrantes. Segundo a concessionária Ecovias, faltam 111.100 veículos para retornar à capital.

13h25 – Via Dutra – Tráfego continua congestionado na Via Dutra na região entre Taubaté e Pindamonhangaba, entre os Km 103 e 92. O motivo é o reflexo a um acidente próximo a Pindamonhangaba.

13h21 – Raposo Tavares – Movimento ainda é tranquilo na Raposo Tavares, nesta segunda-feira.

13h19 – Ponte Rio-Niterói – O motorista deve aproitar o início da tarde para trafegar pela ponte Rio-Niterói. O fluxo de veículos é tranquilo.

13h14 – Rio-Santos – O tráfego é intenso no início desta tarde do Km 211 – Riviera de São Lourenço – até a rodovia Mogi- Bertioga.

13h12 – Tamoios – Os motoristas que trafegam pela Tamoios encontram o tráfego intenso sentido São José dos Campos.

12h48 – Ayrton Senna- Carvalho Pinto – Motorista encontra pistas livres em ambos os sentidos.

12h30 – Mogi-Bertioga – Tráfego intenso neste momento na rodovia, no sentido Mogi das Cruzes.

12h28 – Sistema Anchieta-Imigrantes – O horário é bom para o motorista que quiser trafegar pelas rodovias Anchietas e Imigrantes no início da tarde desta segunda-feira. A visibilidade é boa.

12h26 – Via Dutra – O motorista enfrenta congestionamento na Via Dutra entre os quilômetros 103 e 92 no sentido Taubaté-Pindamonhangaba. O motivo é um acidente.

Autor: Tags:

sexta-feira, 12 de novembro de 2010 Ao Vivo | 12:57

Feriado da Proclamação da República

Acompanhe o movimento pelas câmeras das estradas do País

20h – Anchieta-Imigrantes: subida com tráfego normal. Descida com tráfego intenso, mas sem pontos de parada. Região dos semáforos em São Vicente com tráfego lento.

19h20 – Anchieta-Imigrantes: Na Anchieta, sem lentidão. Na Imigrantes,  descida com tráfego lento do Km 38 ao 45. Região dos semáforos em São Vicente com tráfego lento.

18h20 – Anchieta- Imigrantes: Na Anchieta, descida por 4 faixas com boas condições de tráfego. Interligação fechada devido neblina. Na Imigrantes, subida com tráfego intenso. Descida com tráfego lento do Km 27 ao 32 e do Km 38 ao 47. Região dos semáforos em São Vicente com tráfego lento.

16h30 – BR-050: Uma carreta tombaou no trevo de acesso à cidade de Uberaba (MG). O motorista não ficou ferido e seu acompanhante foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado ao Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro.

16h21 – Presidente Dutra: No sentido São Paulo-Rio, há congestionamento por excesso de veículos na região de Guarulhos, entre os km 221 e 220. Na região de Belford Roxo, no Rio, há trânsito entre os km 173 e 171

16h18 – Ponte Rio-Niterói: No sentido Niterói, trânsito intenso com lentidão desde os Acessos até a Praça do Pedágio, entre os km 334 e 321

15h42 – Anchieta-Imigrantes: Na Rodovia dos Imigrantes, subida com tráfego intenso. Descida com tráfego lento do km 38 ao km 47. Região dos semáforos em São Vicente com tráfego lento. Com garoa

15h34 – Presidente Dutra: Congestionamento na Via Dutra, sentido São Paulo-Rio de Janeiro, dos km 222 a 220 por excesso de veículos. Também há congestionamento entre os km 176 e km 171, em Nova Iguaçu. No sentido Rio-São Paulo, há congestionamento em São João do Meriti entre os km 171 e km 172

15h34 – Ponte Rio Niterói: Trânsito intenso com lentidão desde a Grande Curva até a Praça do Pedágio, sentido Niterói, dos km 330 a km 321. No sentido Rio de Janeiro, tráfego normal

15h19 – Tamoios: Trânsito lento do km 76 ao 82, sentido Caraguatatuba

14h40 - Anchieta-Imigrantes: Na rodovia dos Imigrantes, sentido litoral, há pontos de lentidão entre o km 32 ao 43, por excesso de veículos. Na região de túneis, há tráfego intenso fluindo.

14h37 – Ayrton Senna: O tráfego na rodovia Ayrton Senna é lento do km 11 ao 21, sentido RJ, por excesso de veículos

14h21 – Presidente Dutra: A Via Dutra tem congestionamento no sentido Rio-São Paulo, entre os km 223 e km 218, por causa da passagem de veículo com carga especial em Guarulhos. Segundo a concessionária NovaDutra, a via também apresenta problemas do km 176 ao km 171, sentido São Paulo-Rio, em Nova Iguaçu

13h47 – Ponte Rio-Niterói: A situação continua complicada para o motorista que trafega pela ponte Rio-Niterói. No momento a via apresenta 9 km de trânsito desde a Grande Curva até a praça de pedágio, do km 330 até o km 321, no sentido Niterói

13h36 – Régis Bittencourt: O usuário que segue pela rodovia Régis Bittencourt encontra o tráfego fluindo normalmente, na tarde deste sábado, tanto no sentido São Paulo quanto no sentido Curitiba. A concessionária Autopista alerta ao motorista redobrar a atenção e reduzir a velocidade, por causa das pistas molhadas

13h21 - Anchieta-Imigrantes: O trânsito segue  congestionado, sentido litoral, na rodovia dos Imigrantes, a partir da praça de pedágio no km 32 até o  km 43, devido ao excesso de veículos. Movimento continua lento na rodovia Padre Manoel da Nóbrega, entre o km 276 e km 277, sentido Praia Grande, devido do excesso de veículos

13h10 – Castello Branco: A rodovia Castello Branco tem tráfego lento na chegada a Barueri, no sentido interior. As filas vão do km 20 até o km 26

12h51 – Ayrton Senna: O tráfego segue tranquilo nas rodovias Ayrton Senna e Carvalho Pinto, em ambos os sentidos. Na rodovia Hélio Smidt – acesso ao Aeroporto Internacional de Guarulhos -, seguem boas as condições de tráfego

12h20 – Tamoios: O motorista que segue para o Litoral paulista pela rodovia dos Tamoios encontra congestionamento entre o km 30 e o 64, de Paraibuna até a serra, sentido litoral.

12h12 – Presidente Dutra: A Via Dutra mantém congestionamento no sentido Rio de Janeiro, na altura de Nova Iguaçu (RJ), do km 177 ao km 171, devido ao excesso de veículos. Segundo a concessionária NovaDutra, a via também apresenta problemas do km 300 ao km 294, na região de Porto Real

11h46 – Anchieta-Imigrantes: O motorista encontra tráfego congestionado, sentido litoral, na rodovia dos Imigrantes, a partir da praça de pedágio no km 32 até o km 43, devido ao excesso de veículos. Trânsito lento na rodovia Padre Manoel da Nóbrega, entre o km 276 e km 277, sentido Praia Grande, devido do excesso de veículos. A descida pelas duas pistas da via Anchieta apresentam boas condições de tráfego. Demais rodovias do Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI) com tráfego normal.

11h23 – Ponte Rio-Niterói: A ponte Rio-Niterói registra 6 quilômetros de congestionamentos no momento. O trânsito intenso vai do km 327 até o 321, no sentido Niterói, desde a descida do vão central até a praça de pedágio

11h02 – Presidente Dutra: O tráfego segue lento na rodovia Presidente Dutra, com congestionamentos do km 118 ao 117, na pista expressa no sentido Rio de Janeiro. A via também apresenta filas na altura de São José dos Campos, do km 159 ao 157

10h47 – Castello Branco: Ótimo horário para o motorista que pretende ir ao interior paulista, na região noroeste. Segundo a concessionária ViaOeste, a rodovia Castello Branco encontra tráfego fluindo bem, nesta manhã

10h31 – Ayrton Senna: O tráfego no Corredor Ayrton Senna segue intenso em direção ao Interior, com um ponto de congestionamento, entre os kms 128 e 130 – região de Taubaté. No sentido Capital, flui tranquilo. Na rodovia Hélio Smidt – acesso ao Aeroporto Internacional de Guarulhos -, são boas as condições de tráfego

10h15 – BR-116: A BR-116/PR apresenta tráfego intenso do km 115 (região de Curitiba) ao km 130 (região de Fazenda Rio Grande), na manhã deste sábado, tanto na pista Norte (sentido Curitiba) quanto na pista Sul (sentido Rio Grande do Sul). Neste trecho, o motorista deve redobrar a atenção devido ao elevado trânsito de pedestres e ciclistas. Na BR-116/SC, o tráfego flui normalmente em ambos os sentidos da rodovia

9h30 – Anchieta-Imigrantes: O motorista que segue pela rofocia dos Imigrantes encontra tráfego lento, no sentido litoral,  entre o km 35 e km 43, devido ao excesso de veículos. A descida pelas duas pistas da via Anchieta apresentam boas condições de tráfego. Demais rodovias do Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI) com tráfego normal

9h26 – BR 101/RJ: O motorista que segue pela BR-101/RJ encontra, na manhã deste sábado, o tráfego fluindo normalmente no sentido Niterói. No sentido Espírito Santo, o tráfego é intenso, no km 320, na Avenida do Contorno, devido ao fluxo de veículos vindo do centro de Niterói

9h10 – Ayrton Senna e Carvalho Pinto: O corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto tem tráfego intenso em direção ao Interior, por excesso de veículos, nesta manhã. No sentido oposto fui normal. Na rodovia Hélio Smidt – acesso ao Aeroporto Internacional de Guarulhos -, são boas as condições de tráfego

8h55 – Fernão Dias: O tráfego na rodovia Fernão Dias é normal, na manhã deste sábado, para quem segue na pista Sul (sentido São Paulo). Na pista Norte (sentido Belo Horizonte) o tráfego é intenso, mas sem pontos de parada

8h34 – Régis Bittencourt: O usuário que segue pela rodovia Régis Bittencourt encontra o tráfego fluindo normalmente, na manhã deste sábado, no sentido São Paulo. No sentido Curitiba, há cinco quilômetros de lentidão, do km 332 ao km 337,, na região de Juquitiba, devido ao excesso de veículos

23h2- Rodovia Ayrton Senna: trânsito lento no sentido Taubaté do km 11 ao 17, por excesso de veículos. No sentido SP, flui normal

23h17 – Dutra: Segue congestionamento na região de Jacareí, sentido Rio, do km 158 ao km 157 e do 223 ao 220, na região de Guarulhos

23h04 – Fernão Dias: tráfego tranquilo

22h59 – Rodovia Castelo Branco: tráfego normal em todos os trechos

22h50 – Ponte Rio-Niterói: Sem congestionamento

22h47 – Dutra: No sentido São Paulo, o motorista enfrenta congestionamento em dois pontos: do km 167 ao 172, na região de São João do Meriti (RJ), tanto pela pista expressa como pela pista marginal, e na região de Nova Iguaçu (RJ) do km 175 ao km 178

22h45 – Dutra: Congestionamento no sentido Rio de Janeiro do km 158 ao 157, na região de Jacareí

22h39 – BR-376: Tráfego normal nos dois sentidos

22h37 – Rodovia dos Lagos: Tráfego normal

22h35: Castelo Branco: Na pista expressa, o tráfego está lento entre o km 23 e o km 28

22h33 – Castelo Branco: Tráfego lento na pista marginal entre o km 23 e o km 24

22h31 – Anchieta: Não há lentidão na rodovia

22h30 – Imigrantes: A descida da serra pela rodovia tem tráfego intenso, a partir do km 40, mas não sem pontos de lentidão ou parada

22h – Dutra: Segue congestionamento no sentido Rio de Janeiro do km 226 ao km 220, na pista expressa, e do km 229 ao 223, na pista marginal, na região de Guarulhos

21h47 – Imigrantes: O início da descida da serra pela rodovia é lento do km 40 ao km 43, por excesso de veículos

21h43 – Anhanguera: Morosidade no sentido interior do km 57 ao 59

21h42 – Bandeirantes: Morosidade no sentido interior do km 50 ao 53

21h38 -  Castelo Branco: No sentido interior, tem lentidão do km 18 ao 28

21h20 – Dutra: No sentido São Paulo, o motorista enfrenta lentidão na região de Nova Iguaçu, Rio de Janeiro, do km 163 ao km 172

21h18 – Cônego Domênico Rangoni: continua a lentidão do km 268 ao km 270, em direção à Cubatão, também devido ao excesso de veículos

21h15 – Imigrantes: Na Baixada Santista, o motorista enfrenta congestionamento do km 60 ao km 70, na região de semáforos, em São Vicente. O motorista que vai à Praia Grande pode evitar o trecho pela rodovia Padre Manoel da Nóbrega

20h17 – Anchieta – Imigrantes: Na Imigrantes o tráfego é lento do Km 32 ao 43, sentido litoral, e também na chegada à Praia Grande na região de semáforos, por excesso de veículos. Na Anchieta é normal.

19h59 – Imigrantes: O motorista enfrenta lentidão na descida da serra pela Imigrantes, do km 38 ao km 40, por excesso de veículos. Seguindo pela mesma rodovia, há fila do km 60 ao km 70, na região de semáforos, em São Vicente, pelo mesmo motivo. Neste trecho, o motorista que tiver como destino a Praia Grande, pode utilizar a rodovia Padre Manoel da Nóbrega, que tem tráfego intenso, mas flui sem paradas.

19h54 – Dutra: O motorista encontra tráfego lento na rodovia Dutra, tanto no sentido São Paulo quanto no sentido Rio de Janeiro.  No sentido Rio – SP, os piores pontos são entre os km 218 e 221, 163 e 172, e 172 3 e 178.

19h47 – Castello Branco: O motorista encontra tráfego lento no sentido oeste (capital / interior) entre os quilômetros 18 e  28.

19h42 – Ayrton Senna: Motorista que segue pela rodovia Ayrton Senna encontra trânsito lento entre os kms 11 e 21 (região entre São Paulo e Guarulhos), sentido interior, por conta do excesso de veículos. Em direção à capital, o fluxo de veículos é normal.

19h40 -  Anhanguera – Tráfego congestionado no sentido capital / interior na região de Jundiaí por excesso de veículos.

19h35 - Carvalho Pinto e Hélio Smidt: os acessos ao Aeroporto Internacional de Guarulhos têm boas condições de tráfego.

18h54 – Ayrton Senna: Tráfego segue lento na rodovia Ayrton Senna do km 24 ao 19 (região de Guarulhos), sentido São Paulo, e do km 11 ao 21 (região entre São Paulo e Guarulhos), sentido Interior, por conta do excesso de veículos.

18h52 – Anchieta-Imigranges: Nas estradas do Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI), que operam em esquema normal, 5×5, o movimento é intenso, segundo a Ecovias. Na Imigrantes, há lentidão na descida para o litoral entre os km 33 e 49, por causa do excesso de veículos e da má visibilidade. A Anchieta tem tráfego bom e sem paradas. A pista oeste da Rodovia Cônego Domenico Rangoni, também conhecida como Piaçaguera-Guarujá, tem congestionamento do km 264 ao 270, no sentido Cubatão.

18h51 – Litoral: Na Estrada dos Tamoios, na Rodovia Rio-Santos e na Mogi-Bertioga, que ligam ao litoral, o tráfego é intenso, de acordo com o Departamento de Estradas e Rodagem (DER). Essas rodovias têm baixa visibilidade devido à chuva e ao mau tempo. A velocidade tem de ser reduzida nesses locais, recomenda o DER. Nas Rodovias Régis Bittencourt e Fernão Dias, é intenso o tráfego devido ao excesso de veículos, mas sem pontos de parada, segundo a concessionária OHL.

18h50 – Castello Branco: Na rodovia que liga a capital ao interior há quatro pontos de parada, no sentido interior, entre São Paulo e Barueri, de acordo com a Via Oeste. Os pontos de lentidão estão entre os km 18 e 26, 18 e 13, 19 e 23 e 23 e 20.

18h49 – Dutra: Na Rodovia Presidente Dutra, que liga São Paulo ao Rio de Janeiro, o movimento é intenso com pontos de parada nos dois sentidos, devido ao excesso de veículos, segundo a Nova Dutra. Em São Paulo, há congestionamento entre os km 229 e 223 da pista marginal, no sentido Rio de Janeiro. Em Guarulhos, também no sentido à capital fluminense, a morosidade vai do km 223 ao 220, na pista expressa. Há lentidão em Caçapava, sentido Rio, do km 123 ao 119. Próximo a Guarulhos, a lentidão vai do km 217 ao 221, sentido capital paulista. Em São José dos Campos, no sentido São Paulo, a lentidão vai do km 143 ao 147.

18h41 – Ponte Rio-Niterói: Tráfego congestionado na pista expressa por excesso de veículos. Há retenção no acesso para a Avenida do Contorno.

18h28 – Castello Branco: O motorista encontra trânsito lento na rodovia nos sentidos capital e interior.18h05 – São Paulo -O trânsito em São Paulo está complicado na saída para o feriado. São 140 quilômetros de congestionamento. Clique aqui e acompanhe.

17h59 – Ayrton Senna: Motorista que segue pela rodovia Ayrton Senna encontra tráfego lento do km 23 ao 19 (região de Guarulhos), sentido São Paulo, e do km 11 ao 23 (região entre São Paulo e Guarulhos), sentido Interior, por excesso de veículos.

17h54 – Imigrantes: O motorista enfrenta tráfego lento no Km 33, sentido litoral, devido a neblina.

17h51 – Rodovia dos Lagos: Tráfego normal nos sentidos norte e sul entre Rio Bonito e São Pedro de Aldeia.

17h48 – Bandeirantes: O motorista encontra tráfego congestionado entre os km 20 e 30 no trecho entre  São Paulo – Jundiaí. O motivo é excesso de veículos.

17h38 – Via Dutra – São Paulo - Tráfego congestionado entre os km 217 e 221 por excesso de veículos.

17h02 – Castelo Branco: Tráfego lento no sentido capital (Km 19 e 30) e no sentido interior (km 18)

16h59 - Ponte Rio-Niterói: Tráfego congestionado na pista expressa por excesso de veículos. Retenção no acesso para a Avenida do Contorno.

16h55 – Bandeirantes – Trânsito lento no Km 25 – entre Jundiaí e São Paulo – por excesso de veículos.

16h54 – Anchieta - Implantada a operação descida por duas pistas, com tráfego intenso. Interligação planalto bloqueada devido neblina.

16h46 - Imigrantes - Tráfego lento no Km 40, sentido litoral, devido neblina intensa.

16h03 – Régis Bittencourt - O usuário que segue pela rodovia Régis Bittencourt encontra o tráfego fluindo normalmente, na tarde desta sexta-feira, no sentido São Paulo. No sentido Curitiba, há quatro quilômetros de lentidão, entre o km 333 e o km 337, região de Juquitiba, devido ao excesso de veículos

15h48 – Ayrton Senna- A Rodovia Ayrton Senna tem tráfego lento do km 23 ao 19 (região de Guarulhos), sentido São Paulo, por conta do excesso de veículos. Em direção ao Interior, o motorista encontra trânsito intenso, mas sem pontos de parada, entre os kms 11 e 19 (região entre São Paulo e Guarulhos)

15h15 – Anchieta-Imigrantes - Entre 230 e 350 mil veículos devem viajar em direção à Baixada Santista durante o feriado de 15 de novembro, segundo estimativa da concessionária Ecovias, responsável pelo trecho

15h - São Paulo - Cerca de 1,6 milhão de carros devem circular pelas estradas do interior e litoral do estado de São Paulo nos quatro dias da Operação Proclamação da República

Autor: Tags:

quarta-feira, 3 de novembro de 2010 Ao Vivo | 13:03

Lula e Dilma falam ao vivo. Assista

Pela primeira vez após vitória de Dilma nas urnas,  presidente  fez um pronunciamento. Neste momento, Dilma faz seu discurso. Assista:

http://www.imprensa.planalto.gov.br/exec/inf_video.cfm

Autor: Tags:

segunda-feira, 1 de novembro de 2010 Ao Vivo | 01:11

Volta do feriado de Finados

Acompanhe o movimento pelas câmeras das estradas do País

Acompanhe o movimento pelas câmeras das estradas do País

22h50 – Traquilidade – As principais rodovias do País tem movimento tranquilo nesta noite de terça-feira

22h30 – Régis Bittencourt e Fernão Dias – As rodovias não apresentam mais nenhum ponto de lentidão. O tráfego é normal neste momento

22h15 - Via DutraA Presidente Dutra não tem mais pontos de congestionamento.  O tráfego é normal em toda a extensão da rodovia

22h -  Anchieta-Imigrantes - O motorista encontra tráfego normal em todas as rodovias do Sistema Anchieta-Imigrantes. As rodovias operam em esquema de Operação Subida, 2×8. A descida da serra é feita somente pela sul da Anchieta. A subida é feita pela pista norte e sul da Imigrantes e norte da Anchieta. Na última hora foram registrados 6.134 veículos em direção à capital. No sentido contrário, foram 1.221. Desde a 0h de sexta-feira, dia 29, desceram mais de 272 mil veículos em direção à Baixada Santista, restam subir pouco mais de 28 mil veículos

21h45 – Ayrton Senna/Carvalho Pinto - Os motoristas que utilizam o Corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto encontram tráfego normal nos dois sentidos. Na rodovia Hélio Smidt, acesso ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, o trânsito segue bom, em ambos os sentidos

21h30 – BR-101/RJ - O usuário que segue pela rodovia encontra o tráfego fluindo normalmente, na noite desta terça-feira, tanto no sentido Espírito Santo quanto no sentido Niterói

21h15 – Régis Bittencourt – O tráfego na rodovia é intenso, mas sem lentidão, devido ao excesso de veículos, para o usuário que segue no sentido São Paulo. No sentido Curitiba, há três quilômetros de lentidão, entre o km 58 e o km 61, região de Campina Grande do sul, devido ao excesso de veículos

21h – Via DutraA rodovia Presidente Dutra tem um ponto de congestionamento.  No sentido SP-Rio, o tráfego é lento na região da Serra das Araras, entre os quilômetros 228 e 227, devido ao excesso de veículos

20h45 -  Fernão Dias - Os usuários que seguem pela rodovia Fernão Dias encontra o tráfego fluindo normalmente, na noite desta terça-feira, na pistasentido Belo Horizonte. No sentido São Paulo, o tráfego é intenso, porém sem lentidão, devido ao excesso de veículos

20h30 – Anchieta/Imigrantes – O motorista que segue pela rodovia dos Imigrantes sentido São Paulo encontra lentidão de 500 metros na altura do quilômetro 17, em Diadema, devido a um capotamento que ocorreu no local. Demais rodovias do  sistema têm tráfego normal. Na última hora foram registrados 6.591 veículos em direção à capital. No sentido contrário, foram 1.468. Desde a 0h de sexta-feira, dia 29, desceram mais de 271 mil veículos em direção à Baixada Santista, restam subir pouco mais de 33 mil veículos

20h20 – São Paulo - As rodovias Anhanguera/Bandeirantes e Castello Branco/Raposo Tavares seguem tráfego bom

20h -  BR-101/RJ – O motorista que segue pela rodovia encontra um quilômetro de retenção, do km 318 ao km 317, na avenida do Contorno, reflexo de um acidente entre dois veículos de passeio, no sentido Espírito Santo. Não há bloqueios de pista e as equipes da Concessionária estão no local para realizar a remoção dos veículos. No sentido Niterói, o tráfego flui normalmente

19h50 – Anchieta-Imigrantes – A faixa da esquerda foi interditada na altura do quilômetro 17 da Imigrantes, no sentido São Paulo, devido a um acidente no local. A lentidão no local chega a 500 metros

19h45 – Ayrton Senna/Carvalho Pinto - Os motoristas que utilizam o Corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto encontram tráfego normal nos dois sentidos. Na rodovia Hélio Smidt, acesso ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, o trânsito segue bom, em ambos os sentidos

19h35 -  Fernão Dias - O tráfego na rodovia Fernão Dias é normal para quem segue na pista sentido Belo Horizonte.  Na pistasentido São Paulo, o tráfego é intenso, mas sem morosidade, devido ao excesso de veículos

19h25 – Via DutraA rodovia Presidente Dutra tem um ponto de congestionamento.  No sentido SP-Rio, o tráfego é lento,  fluindo apenas pela faixa da esquerda, em Piraí, entre os quilômetros 240 e 237, devido a obras na pista

19h15 -  Régis Bittencourt – O tráfego na rodovia Régis Bittencourt é normal, no fim de tarde desta terça-feira, para quem segue no sentido São Paulo. No sentido Curitiba, o tráfego é lento no km 61, região de Campina Grande do Sul (PR), devido ao excesso de veículos.

19h10 – Anchieta-Imigrantes - Os motoristas que utilizam as rodovias do sistema Anchieta-Imigrantes encontram tráfego normal.  As rodovias operam em esquema de Operação Subida, 2×8. A descida da serra é feita somente pela sul da Anchieta. A subida é feita pela pista norte e sul da Imigrantes e norte da Anchieta.

19h – São Paulo - As rodovias Anhanguera/Bandeirantes e Castello Branco/Raposo Tavares ainda apresentam tráfego bom. Segundo a CET, a cidade de São Paulo tem 1 km de lentidão, na zona norte

18h40 – Rio de Janeiro – As rodovias Via Lagos, Ponte Rio-Niterói e Rio-Teresópolis têm tráfego tranquilo neste início de noite

18h30 – Régis Bittencourt - O motorista que segue pela rodovia Régis Bittencourt encontra tráfego intenso, mas sem lentidão, devido ao excesso de veículos,  na pista sentido São Paulo. No sentido Curitiba, o trânsito é normal

18h15 – Fernão Dias - O usuário que segue pela rodovia Fernão Dias encontra tráfego intenso, mas ainda sem lentidão, devido ao excesso de veículos,  na pista sentido São Paulo. Na pista sentido Belo Horizonte, o trânsito é normal

18h – Via DutraA rodovia Presidente Dutra apresenta dois pontos de congestionamento.  No sentido Rio-SP, o tráfego é lento, fluindo apenas pela faixa da direita, no Rio de Janeiro, entre os quilômetros 165 e 166, devido ao excesso de veículos.  No outro sentido, uma manifestação, na região de Itatiaia, gera congestionamento entre os quilômetros 320 e 318

17h50 -  Ayrton Senna/ Carvalho Pinto – O tráfego flui bem nos dois sentidos do Corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto. O mesmo acontece na rodovia Hélio Smidt, que dá acesso ao Aeroporto Internacional de Guarulhos.

17h40 – Anchieta/Imigrantes - A rodovia Cônego D. Rangoni continua com lentidão do km 268 ao 270, sentido Cubatão, por conta do excesso de veículos.  Nas demais rodovias do Sistema Anchieta Imigrnates, o tráfego é tranquilo. Na última hora, voltaram à capital 4.339 veículos. Restam cerca de 48 mil veículos para subida em direção à capital

17h30 -  São Paulo – As rodovias Anhanguera/Bandeirantes e Castello Branco/Raposo Tavares ainda apresentam tráfego bom e boa visibilidade. Segundo a CET, a cidade de São Paulo tem 2 km de lentidão nesta tarde de feriado de Finados

17h25 – Mais Rio de Janeiro – A rodovias Via Lagos, Rio-Teresópolis e Ponte Rio-Niterói têm tráfego bom nesta terça-feira

17h10 – BR-101/RJ - O tráfego na BR-101/RJ é normal tanto para quem segue no sentido Niterói quanto no sentido Espírito Santo.

17h05 – Anchieta/Imigrantes – Motorista encontra tráfego normal na via Anchieta e rodovia dos Imigrantes. Na Cônego Domênico Rangoni há lentidão entre o km 268 e m 270, sentido Cubatão, por excesso de veículos.  As rodovias Anchieta e Imigrantes operam em esquema de Operação Subida, 2×8. A descida da serra é feita somente pela sul da Anchieta. A subida é feita pela pista norte e sul da Imigrantes e norte da Anchieta.

17h – Régis Bittencourt - O usuário que segue pela rodovia Régis Bittencourt encontra tráfego intenso, mas sem lentidão, devido ao excesso de veículos,  na pista sentido São Paulo. No sentido Curitiba, o trânsito é normal

16h50 – Fernão Dias - O usuário que segue pela rodovia Fernão Dias encontra tráfego intenso, mas sem lentidão, devido ao excesso de veículos,  na pista sentido São Paulo. Na pista sentido Belo Horizonte, o trânsito é normal

16h45 – Ayrton Senna/ Carvalho Pinto – Tráfego segue bom em ambos os sentidos do Corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto. Na rodovia Hélio Smidt, acesso ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, o trânsito é normal, nos dois sentidos.

16h40 – Via DutraA rodovia Presidente Dutra apresenta dois pontos de congestionamento.  No sentido Rio-SP, o tráfego é lento, fluindo apenas pela faixa da direita, em São José dos Campos, entre os quilômetros 146 e 147, devido ao excesso de veículos.  No outro sentido, uma manifestação, na região de Itatiaia, gera congestionamento entre os quilômetros 325 e 320. Os carros só podem utilizar a faixa da esquerda

16h30 - As rodovias Anhanguera/Bandeirantes e Castello Branco/Raposo Tavares ainda apresentam tráfego bom e boa visibilidade nesta tarde

16h20 – Ponte Rio-Niterói – O tráfego é bom nos dois sentidos da Ponte Rio-Niterói. Segundo a concessionária que administra o trecho, o tempo está encoberto na região

16h10 – Rio-Santos - Na Rio-Santos, o trânsito é normal, conforme informou a Polícia Rodoviária Federal. De acordo com a CET-Rio, também não há retenções na chegada ao Rio de Janeiro pela Baixada Fluminense, via avenida Brasil

16h05 – Anchieta/Imigrantes – Tráfego segue bom em todas as rodovias do Sistema Anchieta-Imigrantes. As rodovias operam em esquema de Operação Subida, 2×8. A descida da serra é feita somente pela sul da Anchieta. A subida é feita pela pista norte e sul da Imigrantes e norte da Anchieta.

16h – BR101/RJ – O tráfego na rodovia BR-101/RJ é bom no sentido Espírito Santo. Apenas no quilômetro 287, no sentido Niterói, há lentidão por causa de obras

15h55 -  Rio-Teresópolis - A rodovia tem tráfego bom em toda a sua estensão. Os motoristas devem ficar atentos à neblina no trecho de serra, que vai de Teresópolis a Além-Paraíba

15h50 – Ayrton Senna/ Carvalho Pinto – O corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto tem boas condições de tráfego, tanto em direção a São Paulo, quanto no sentido Interior. A rodovia Hélio Smidt, acesso ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, segue com trânsito normal, em ambos os sentidos.

15h45 – Tranquilidade - As rodovias Anhanguera/Bandeirantes e Castello Branco/Raposo Tavares apresentam tráfego bom e boa visibilidade nesta tarde

15h40 – Fernão Dias – Quem acessa a rodovia Fernão Dias encontra tráfego bom, no sentido São Paulo.  Na pista sentido Belo Horizonte, há lentidão no quilometro 908, na região de Camanducaia (MG), devido a uma carreta que perdeu o controle e derramou carga de pneu na pista

15h30 – Régis Bittencourt – O motorista que segue pela rodovia Régis Bittencourt encontra o tráfego fluindo normalmente tanto no sentido São Paulo quanto no sentido Curitiba.

15h25 – Via Dutra – A rodovia Presidente Dutra apresenta dois pontos de congestionamento nesta tarde.  No sentido Rio-SP, o tráfego é lento, fluindo apenas pela faixa da direita, em São José dos Campos, entre os quilômetros 143 e 145, devido a um acidente.  No outro sentido, uma manifestação, na região de Itatiaia, gera congestionamento entre os quilômetros 324 e 322. Os carros só podem utilizar a faixa da esquerda

15h20 – Ponte Rio-Niterói - O tráfego é bom nos dois sentidos da Ponte Rio-Niterói nesta tarde

15h15 – Minas Gerais - Segundo a Polícia Rodoviária Federal de Minas Gerais, não há ocorrências de destaque até o momento

15h10 -Ayrton Senna/ Carvalho Pinto – Motorista faz boa viagem pelo Corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto. Sem pontos de lentidão e com boa visibilidade

15h05 – Anchieta/Imigrantes – São boas as condições de tráfego em todo o Sistema Anchieta-Imigrantes. Cerca de 57 mil veículos devem subir a serra até o final do dia

15h – Tranquilidade - Maioria das estradas ainda tem movimento tranquilo neste feriado

Autor: Tags: , ,

domingo, 31 de outubro de 2010 Ao Vivo | 18:55

Pesquisas de boca de urna

Presidência da República

A candidada do PT, Dilma Rousseff, do PT, aparece como candidata eleita à Presidência da República, de acordo com a pesquisa de boca de urna do Ibope, divulgada pela TV Globo. Segundo os números da pesquisa, a candidata tem 58% dos votos válidos, contra 42% de José Serra, do PSDB.

A margem de erro da pesquisa é de dois pontos, para mais e para menos.

Foram entrevistados 54.400 eleitores

Distrito Federal

O candidato petista, Agnelo Queiroz, se elegeria no segundo turno com 63% das intenções dos votos válidos ao governo do Distrito Federal, segundo pesquisa de boca de urna do Ibope divulgada pela TV Globo. Na pesquisa, a candidata do PSC, Weslian Roriz, mulher do ex-governador Joaquim Roriz, aparece com 37%.

A margem de erro da pesquisa é de dois pontos, para mais e para menos.

A pesquisa do Ibope ouviu 3,5 mil eleitores no Distrito Federal.

Goiás

A pesquisa de boca de urna do Ibope, divulgada pela TV Globo, aponta que em Goiás a disputa será equilibrada até a apuração dos últimos votos. O candidato Marconi Perillo, do PSDB, tem 52% das intenções dos votos válidos, enquanto o ex-governador Iris Rezende, do PMDB, tem 48%.

Como a margem de erro é de dois pontos, para mais e para menos, a disputa está empatada no limite da margem de erro.

O Ibope ouviu 4.500 eleitores no Estado.

Paraíba

A pesquisa de boca de urna do Ibope indica que a Paraíba terá uma disputa muito equilibrada. Os dois candidatos, Ricardo Coutinho, do PSB, e o atual governador José Maranhão, do PMDB, têm 50% das intenções dos votos válidos.

A margem de erro é de três pontos, para mais e para menos, e a disputa está tecnicamente empatada.

O Ibope ouviu 2 mil eleitores no Estado.

Piauí

O atual governador Wilson Martins aparece como candidato reeleito ao governo do Piauí, de acordo com a pesquisa de boca de urna do Ibope. Segundo os números da pesquisa, o candidato do PSB tem 59% dos votos válidos, contra 41% de Silvio Mendes, do PSDB.

A margem de erro da pesquisa é de três pontos, para mais e para menos.

A pesquisa do Ibope ouviu 1,5 mil eleitores.

Alagoas

O atual governador Teotônio Vilela Filho, do PSDB, aparece como candidato reeleito ao governo de Alagoas, segundo a pesquisa de boca de urna do Ibope. De acordo com os números da pesquisa, o candidato do PSDB tem 54% dos votos válidos, contra 46% do ex-governador, Ronaldo Lessa, do PDT.

A margem de erro da pesquisa é de três pontos, para mais e para menos.

A pesquisa do Ibope ouviu 2 mil eleitores.

Autor: Tags: , ,

sexta-feira, 29 de outubro de 2010 Ao Vivo | 23:52

Acompanhe minuto a minuto o que acontece no debate da Globo

0h - É encerrada pela Rede Globo a transmissão do último debate entre os presidenciáveis.

23h58 - O candidato do PSDB pede o voto dos telespectadores. “O que eu ofereço é a minha biografia. Vim de família modesta, cheguei aaqui por meio do ensino público”, afirma. Serra lembra que passou pela ditadura, enumera os cargos públicos que ocupou no governo. “Da pra fazer, com pé no chão, dá pra avançar bastante.”

23h54 - “Represento um projeto que fez com que o Brasil despertasse pra consciência de sua grandeza, que tem um foco principal nas pessoas e não em obras”, afirma Dilma. “Foi uma campanha dura, em alguns momentos fiquei muito triste a um conjunto de calúnias veiculadas contra mim na internet e por meio de telefonemas.” A candidata do PT agradece aos eleitores e se compromete a criar um país com oportunidades a todos.

23h53 - Presidenciáveis farão as considerações finais.

23h51 – Serra afirma que é preciso tirar do papel lei para incentivar a formalidade. “O Brasil ainda tem 53% na informalidade. (…) Precisamos fazer esta lei do microempreendedor pegar, que é sempre um problema no Brasil.”

23h48 – “A coisa melhor que pode acontecer no Brasil é a gente formalizar, para que todos na informalidade virem contribuintes.” Na opinião da candidata do PT, quanto mais trabalhadores formais, melhor a arrecadação.

23h46 - Serra responde sobre trabalho informal a eleitor. O tucano lembra de iniciativa no Estado de São Paulo para combater a informalidade. “Ao lado disso, temos que pensar em ter um bom crescimento sustentável da economia.”

23h45 - Dilma explica que a arrecadação de impostos aumentou por causa do crescimento do País. “Eu sou a favor da desoneração de serviços públicos”, defende. Ela afirma que promoverá a desoneração em luz, transporte urbano, investimentos e folha de salários.

23h42 – Serra afirma que foi arrecadado R$ 1 trilhão em um prazo de 50 dias antes que em 2009. “O grande problema é aquilo que se paga e aquilo que se recebe de volta.” Ele afirma que pretende diminuir impostos de remédios, cesta básica de consumo,

23h40 – Candidata do PT cita medidas voltadas para a classe média, como o ProUni, com a criação de bolsas de estudo para estudantes. “Eu considero que a questão da Educação é a questão mais importante do Brasil,  porque quando você tem Educação, você tem tudo. O resto, você conquista.” Ela lembra que o governo federal não podia criar escolas técnicas.

23h38 - Eleitor do Paraná reclama sobre achatamento da classe média.

23h36 – “Política social é transferência de renda, mas é muito mais que isso. É também Saúde. E Saúde no Brasil, isto está claro, voltou pra trás”, responde Serra, apontando que houve retrocesso na área citada durante o governo Lula.

23h35 - “Quem cuida de pobre em São Paulo é o governo Federal. Hoje nós cubrimos apenas 1,1 mi”, cutuca Dilma sobre a situação no Estado governado há 16 anos pelos tucanos. “Eu vou tirar os 21 milhões restantes que falta e que têm que sair da pobreza.”

23h33 -  “O Bolsa Família dá R$ 1 mil reais em média por família, por ano. Não dá pra ter um padrão de vida bom, mas é uma ajuda”, responde Serra. Ele promete fortalecer o programa Bolsa Família e anuncia medidas em Educação e Saúde para melhorar as condições da sociedade e diminuir a dependência dos beneficiários.

23h32 - Eleitor de São Paulo pergunta sobre benefícios de política social, como o Bolsa Família.

23h30 - A presidenciável do PT diz que o governo Lula colocou a polícia e as Forças Armadas para fiscalizarem o dematamento por madeireiras na Amazônia e enumera medidas como a criação de créditos para a Região.

23h28 - “Tem que haver alternativa econômica à população, senão, você favorece o desmatamento”, diz Serra em réplica.

23h26 - “Eu assinei em nome do Brasil a redução da emissão de gas estufa de 36% a 39% até 2020. Isso significa uma meta voluntária”, afirma Dilma. Ela promete o combate ao desmatamento da Amazônia, do Cerrado e a criação de áreas de preservação.

23h22 - No início do último bloco, candidatos começam respondendo a pergunta de eleitor do Pará sobre Meio Ambiente.

23h18 - É encerrado mais um bloco do debate. Depois dos comerciais, a última parte do programa.

23h17 – Sobre as Santas Casas e hospitais filantrópicos, o candidato Serra diz que é preciso reajustar os repasses do SUS. “O que encolheu foi pelo lado federal.”

23h15 – “Temos de fato um problema de qualidade de Saúde e se a gente não reconhecer que tem, não melhora. Eu assumo o compromisso de melhorar a Saúde”, reconhece Dilma. Entre as propostas da candidata do PT estão a fiscalização da qualidade pelo Governo Federal, a criação de policlínicas especializadas, de UPAs e a Rede Cegonha, para crianças e mães.

23h13 - “Houve uma perda de pique na área de Saúde. As coisas que estou propondo, eu já fiz”, responde Serra à eleitora. Ele enumera propostas como ampliação da rede de hospitais, o apoio às Santas Casas e hospitais de filantropia.

23h11 – De Minas, eleitora indecisa pergunta sobre Saúde. “Na propaganda eleitoral dos dois partidos, vemos uma Saúde maravilhosa, mas quando você procura os hospitais, só tem gente morrendo.”

23h10 - Em sua tréplica, Dilma afirma que quando se diminui a tributação, não necessariamente há uma queda na arrecadação. Ela lembra as medidas do governo Lula para combater a crise mundial econômica. “Nós tiramos o IPI e descobrimos que aumentou o consumo de carros e na linha branca.”

23h08 - “O Brasil é um dos países do mundo onde mais tem impostos”, responde Serra. “Chega a ser o dobro. Isso para ser modificado não é fácil. Não adianta sair falando que vai fazer. Não é moleza isso. Precisa ser estudado.” Ele lembra que, nesta questão, em São Paulo, fez um esquema de microcrédito para os pequenos.

23h06 - A candidata do PT aponta que o governo Lula criou 15 milhões de empregos e promete que, caso eleita, promoverá a desoneração. “Eu estou propondo que o enquadramento no Simples e no Supersimples seja ampliado”. De acordo com Dilma a medida diminuiria os impostos e garantiria o número de empregos.

23h05 – Eleitor de Fortaleza pergunta sobre propostas para desoneração da folha de empregados.

23h04 – Serra lembra seu passado como professor. “A questão fundamental hoje está na sala de aula, que depende muito pela qualificação dos professores”, diz. “Você está na Bahia, um Estado governado pelo PT. (…) Tem que se fazer uma coisa que na prática funcione.”

23h02 - Dilma defende o pagamento de professores e afirma que elevou no governo o piso nacional. “Não se pode criar uma situação de atrito com o professor. Recebê-los com cassetetes ou interromper o diálogo”, declara Dilma, em referência às greves dos professores no Estado de São Paulo durante o mandato de Serra como governador.

23h – “Se eu for eleito vou fazer um plano nacional da Educação e ter um pacto, inclusive entre partidos, acima das disputas políticas e eleitorais”, responde Serra. Ele lembra o projeto de dois professores em sala de aula na Educação básica.

22h58 – Candidatos respondem sobre Educação agora.

22h56 - “Você tem que fazer a tubulação por baixo da terra e muitas vezes não fizeram porque não podia colocar o nome na obra. Por isso, não fizeram”, cutuca Dilma.

22h 53 - “O saneamento tem os dois lados, o da enchente, que traz os dramas familiares e o do saneamento que tira a Sáude das pessoas”, afirma o candidato tucano. Serra defende uma força nacional de Defesa Civil, devido às mudanças climáticas. “Por conta própria, nunca dá pra combater (estes casos).”

22h52 - A petista afirma que investirá em previsão de enchentes, caso eleita. “As pessoas buscaram áreas de risco, como áreas de rios e quando chove as pessoas perdem suas coisas.” Dilma afirma que pretende reforçar os investimentos em drenagem, por meio do PAC.

22h50 - Dilma abre o bloco respondendo pergunta de eleitora do Rio de Janeiro sobre saneamento.

22h45 - É encerrado o primeiro bloco.

22h44 - Dilma lembra que o cadastro nacional de criminosos, defendido por Serra, já existe. “Antes, cada vez que tinha problema, chamava o Exército”, diz a candidata.

22h42 – “Questão da segurança, pela Constituição, cabe principalmente aos Estados, mas acho que o Governo Federal deve se jogar nesta luta”, replica Serra. Ele lembra a questão das drogas e o monitoramento das fronteiras. “O crime organizado é cada vez mais nacional.”

22h40 – “Sempre o Governo Federal disse ‘não é comigo a segurança dos Estados’. Acho que a União é obrigada a fazer uma política junto com os Estados”, declara Dilma. A candidata afirma que tem intenção de fortalecer a polícia e que é preciso montar centros de referência.

22h38 – Eleitora de Fortaleza pergunta aos candidatos sobre segurança.

22h36 – Serra volta a fazer ataques velados à candidata do PT: “Quando o chefe do Governo passa a mão na cabeça é terrível, as pessoas vão achar que estão protegidas”, diz o candidato. O tucano lembra o dossiê dos aloprados e diz que não foram punidos os envolvidos.

22h35 - “Tivemos prisões de empresários, de governadores e isso resultou em um combate de corrupção muito forte. É importante investigar e punir. E aí, a Polícia Federal foi e é um instrumento”, replica Dilma. A candidata lembra a Operação Sanguessuga, na área da Saúde.

22h31 - “A corrupção no Brasil chegou a níveis insuportáveis”, responde Serra em pergunta de eleitor sobre o tema. Para ele, o Tribunal de Contas tem sido atacado constantemente. “Vemos escândalos que aconteceram nos últimos anos… Não ficou ninguém preso. O chefe de governo, seja prefeito, governador, o Presidente da República tem que escolher bem sua equipe.”

22h29 – “Nós criamos o seguro agrícola e é isso que tem sido responsável por uma redução enorme da pobreza no campo e do aumento de renda”. Ela afirma que fará, caso eleita, a ampliação do programa que garante a compra de safras.

22h26 - Em resposta, Serra aborda questão de renda e provimento de crédito na agricultura. “Ele defende infraestrutura. Estamos tendo inflação de alimentos, que não são aumentos sazonais, são aumentos muito altos.”

22h24 – Dilma responde sobre agricultura para eleitor do Rio Grande do Sul. A candidata do PT defende a agricultura familiar e lembra o programa Luz Para Todos, do governo Lula. “Antes não tínhamos luz elétrica”, em referência ao governo dos tucanos, com o ex-presidente FHC.

22h21 – Serra defende o estabelecimento de metas e qualificação no funcionalismo e em áreas como a Educação. “O que nós passamos a fazer no governo? Certificação de qualidade, não pode nomear qualquer um.”

22h20 - “Eu sou contra que se mantenham serviços terceirizados e precários na função pública. O funcionário é um ser humano e tem que ser tratado como tal”, diz Dilma em resposta a eleitor.

22h18 - Eleitores indecisos farão as primeiras perguntas.

22h15 – Os candidatos entram no palco, se cumprimentam e se posicionam.

22h13 – Boa noite, internautas. Estão começando agora pela Rede Globo as transmissões do debate entre os candidatos Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB).

Autor: Tags:

Ao Vivo | 17:09

Feriado de Finados

Acompanhe o movimento pelas câmeras das estradas do País

Acompanhe o movimento pelas câmeras das estradas do País

13h18 – Rodovia dos Imigrantes - Quem sobe a serra encontra mais dificuldade do que quem vai para o litoral. Neste momento lentidão entre o Km 53 e o Km 46 no sentido capital por excesso de veículos. Nos demais trechos e em todo o percurso inverso o tráfego é bom. Chove em alguns pontos isolados e a visibilidade está parcial no topo de serra.

11h02 - Chove nas estradas que ligam a capital ao interior, mas o tráfego continua tranquilo em todas as rodovias paulistas.

10h28 – Anchieta-Imigrantes – O motorista encontra boas condições de tráfego tanto no sentido litoral quanto em direção à capital. O tempo está encoberto, mas com boa visibilidade.  Na última hora foram registrados 4.446 veículos em direção ao litoral. No sentido contrário, foram 1.961.

9h16 – Dutra – RJ – O excesso de veículos causa sete quilômetros de congestionamento do km 178 ao km 171, altura do município de Nova Iguaçu, no sentido Rio de Janeiro.

9h09 – Ayrton Senna e Carvalho Pinto – As rodovias têm tráfego livre por toda a extensão nos dois sentidos. A visibilidade também é boa.

08h53 – Anchieta-Imigrantes - Tráfego tranquilo nos dois sentidos. A concessionária Ecovias mantém a Operação Descida que deixa sete faixas livres para quem vai para o litoral e três para a subida da serra.

7h – Anhanguera-Bandeirantes – Cerca de 212 mil veículos trafegaram pelo sistema desde a manhã de ontem até agora. Neste período, foram registrados 30 acidentes que deixaram 15 pessoas feridas.

22h50 – Via Dutra – Rodovia tem apenas um ponto de lentidão. No sentido Rio-SP,  entre os quilômetros 171 e 172, em São João de Merití, pela pista marginal.

22h40 – Rodovias – Mesmos pontos de lentidão na Via Dutra. Outras rodovias apresentam tráfego normal

22h05 – Via Dutra – A rodovia ainda apresenta pontos de lentidão. No sentido Rio-SP,  o congestionamento é registrado, por conta do excesso de veículos, entre os quilômetros 170 e 172, em São João de Merití, pela pista marginal;  entre os quilômetros 171 e 172, em São João de Merití, pela pista expressa; e entre os quilômetros 177 e 178, em Nova Iguaçu.

21h50 -  Ayrton Senna – Um caminhão quebrado interdita o retorno no km 29, sentido São Paulo, da rodovia.

21h45 – Paraná - Nas rodovias administradas pela Viapar, entre Maringá e Apucarana e entre Ubirata e Cascavel, o tráfego é normal e o tempo está chuvoso.

21h35 – Anchieta-Imigrantes - O tráfego segue tranquilo no Sistema Anchieta-Imigrantes. Ainda há neblina em alguns pontos, mas a visibilidade melhorou.

21h30 -  Minas Gerais – Segundo a Polícia Rodoviária Federal de Minas Gerais, não há ocorrências de destaque no momento.

21h15 -  Ayrton Senna/Carvalho Pinto – O tráfego flui normalmente no corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto, nos dois sentidos. Na rodovia Hélio Smidt, acesso ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, o tráfego também é normal.

21h05 – Via Dutra – A rodovia apresenta lentidão, no sentido Rio-SP,  entre os quilômetros 170 e 172, em São João de Merití, pela pista marginal; entre os quilômetros 177 e 178, em Nova Iguaçu; e entre os quilômetros 165 e 166, no Rio de Janeiro, pela pista marginal.

20h45 – Ayrton Senna - O tráfego foi normalizado no sentido São Paulo da Ayrton Senna. Em direção ao interior, o tráfego segue lento do km 11 ao 21, por excesso de veículos.

20h37 – Anchieta/Imigrantes – O motorista encontra boas condições de tráfego em todo o Sistema Anchieta-Imigrantes, tanto no sentido litoral quanto em direção à capital. As rodovias operam em esquema 7×3. A descida da serra é feita pelas pistas norte e sul da Anchieta e pela pista sul da Imigrantes. A subida é feita apenas pela pista norte da Imigrantes.

20h34 – Ponte Rio-Niterói - A ponte tem tráfego intenso nos dois sentidos, mas sem pontos de lentidão.

20h29 – Ayrton Senna - O tráfego segue lento na rodovia Ayrton Senna. No sentido São Paulo, o motorista diminui a velocidade do km 25 e 20 e, em direção ao Interior, do km 11 ao 21, devido ao excesso de veículos. Na rodovia Hélio Smidt, acesso ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, o tráfego também é lento para quem segue em direção à rodovia Ayrton Senna.

20h25 – Régis Bittencourt – O usuário que segue pela rodovia Régis Bittencourt encontra o tráfego fluindo normalmente, no sentido São Paulo. No sentido Curitiba, há dois quilômetros de lentidão, do km 349 ao km 351, trecho da Serra do Cafezal, devido ao excesso de veículos.

20h18 – Fernão Dias - O tráfego na rodovia Fernão Dias continua intenso, porém sem lentidão, tanto para quem segue sentido Belo Horizonte, quanto sentido São Paulo.

20h13Rodovia dos Lagos - Tráfego tranquilo nos dois sentidos da rodovia dos Lagos

20h09 - Castello Branco – O usuário que segue sentido interior paulista, pela rodovia Castello Branco, encontra tráfego lento na região de Barueri, do km 19 ao km 24, por conta do excesso de veículos.

19h56 – A Rodovia Cônego Domênico Rangoni segue com lentidão do km 263 ao 270, sentido Cubatão, por excesso de veículos. Nas demais rodovias do Sistema Anchieta-Imigrantes o tráfego é normal. Segundo a concessionária Ecovias, na última hora foram registrados 4.504 veículos em direção ao litoral. No sentido contrário, foram 2.730. Desde a 00h de hoje, desceram 44.449 veículos em direção à Baixada Santista.

19h41 – Raposo Tavares – O motorista que trafega pela rodovia Raposo Tavares, na região de Sorocaba, sentido interior, encontra congestionamento, devido ao excesso de veículos, a lentidão vai do km 97 ao km 99.

19h26 – Ayrton Senna - A Rodovia Ayrton Senna permanece com tráfego lento nos dois sentidos. Em direção a São Paulo, o motorista diminui a velocidade entre os km 25 e km 20 e, no sentido Interior, do km 11 ao km 19, devido ao excesso de veículos.

19h15 – Via Dutra – A via Dutra apresenta congestionamento na região de Guarulhos, para o motorista que segue sentido São Paulo, entre o km 215 e km 221. No sentido contrário, a rodovia também tem tráfego pesado no trecho entre o km 229 e km 225.

19h03 – BR 101/RJ - O usuário que segue pela BR-101/RJ encontra o tráfego fluindo normalmente, no sentido Niterói.  No sentido Espírito Santo há uma pequena retenção, no km 320, avenida do Contorno, devido ao fluxo de veículos vindo do centro de Niterói. Ainda no sentido Espírito Santo o tráfego é intenso em todo o trecho da rodovia, mas sem retenção.

18h52 - Minas Gerais - Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a rodovia BR-381 apresenta início de congestionamento, na saída para cidade de Vitória, no Espírito Santo, devido excesso veículos.

18h49 – Régis Bittencourt – O tráfego na rodovia Régis Bittencourt é complicado para o motorista que segue sentido Curitiba. De acordo com a concessionária OHL, há três quilômetros de lentidão, entre o km 333 e o km 336, região de Juquitiba, devido ao excesso de veículos. Ainda no sentido Curitiba, o acostamento está liberado para o fluxo de veículos, do km 336 ao km 337, trecho da Serra do Cafezal. Para o usuário que segue no sentido São Paulo o tráfego é tranquilo.

18h40 – Fernão Dias – O tráfego na rodovia Fernão Dias é intenso, mas sem lentidão, tanto para quem segue sentido São Paulo, quanto na pista sentido Belo Horizonte.

18h33 – Trânsito em São Paulo - A situação é complicada para os motoristas que trafegam pelas ruas de São Paulo. No momento a cidade apresenta 108 km de congestionamentos. A pior opção é a pista expressa da Marginal Tietê, no sentido Ayrton Senna, com 10 km de lentidão, entre as pontes Julio de Mesquita Neto e Tatuapé.

18h26- Ponte Rio-Niterói – O trânsito segue congestionado na pista expressa da ponte Rio- Niterói, no sentido Niterói, com retenção para o acesso da avenida do Contorno. O tráfego também é lendo do km 330 ao km 328, da Grande Reta até a Subida do Vão Central. No sentido Rio de Janeiro, a via apresenta lentidão na altura da avenida Brasil.

18h22 - Rodovia dos Bandeirantes – Um acidente provoca congestionamento na pista expressa da rodovia dos Bandeirantes, na região de Campinas, do km 89 ao km 90, no sentido interior.

18h05 – BR-116/PR - O motorista que segue sentido Curitiba, pela BR-116, encontra o tráfego fluindo normalmente, ao longo de todo o trecho da rodovia. A situação também é tranquila para o usuário que segue no sentido Palhoça.

17h53 – Ayrton Senna - Todas as faixas foram liberadas no km 30, na região de Itaquaquecetuba, sentido São Paulo da rodovia Ayrton Senna. O tráfego segue lento entre o km 37 e o km 30, neste sentido da rodovia. Em direção ao Interior, o trânsito segue lento do km 11 ao km 19, na região entre São Paulo e Guarulhos, por conta do excesso de veículos.

17h45 – BR-101/RJ - O tráfego na BR-101/RJ é tranquilo para o usuário que segue no sentido Niterói. No sentido Espírito Santo há uma pequena retenção, no km 320, Avenida do Contorno, devido ao fluxo de veículos vindo do centro de Niterói. Ainda no sentido Espírito Santo, o tráfego é intenso em todo o trecho da rodovia, mas sem retenção.

17h34 – Via Anhanguera – A rodovia Anhanguera registra 5 quilômetros de lentidão, no sentido interior, do km 58 a km 63, na região de Jundiaí, por conta do excesso de veículos.

17h23 - Anchieta-Imigrantes – O tráfego é lento na Rodovia Cônego Domenico Rangoni do km 268 ao km 270 no sentido Cubatão por conta do excesso de veículos. A Rodovia Anchieta tem lentidão do km 54 ao 55, sentido litoral, por excesso de veículos. As demais rodovias do Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI) têm tráfego normal. O SAI opera em esquema 7×3. A descida da serra é feita pelas pistas sul da Anchieta e sul da Imigrantes e pela norte da Anchieta. A subida é feita pela pista norte da Imigrantes.

17h18– Via Lagos – O tráfego flui normalmente em ambos os sentidos da rodovia dos Lagos, ótimo horário para seguir viagem.

17h06 – Via Dutra – O usuário que segue pela rodovia Dutra enfrenta congestionamento do km 217 ao km 221, na região de Guarulhos, no sentido São Paulo, devido ao excesso de veículos. No sentido Rio de Janeiro, o tráfego é intenso do km 225 ao km 223, pelo mesmo motivo.

16h52 – Ponte Rio-Niterói – O excesso de veículos causa congestionamento na ponte Rio-Niterói, no sentido Niterói, com retenção de carros no acesso da avenida do Contorno. No sentido Rio de Janeiro, a via apresenta tráfego lento na altura da avenida Brasil.

16h40 – Castello Branco – O tráfego é lento na rodovia Castello Branco. No momento, a via apresenta morosidade no sentido interior, na região de Barueri, do km 20 até o km 24, devido ao excesso de veículos. No sentido capital o tráfego segue normal.

16h27 - Fernão Dias – Bom horário para o motorista que pretende utilizar a rodovia Fernão Dias para chegar a São Paulo, no momento, a via não apresenta lentidão. Na pista Norte, sentido Belo Horizonte, o tráfego é intenso, mas sem pontos de parada.

16h18 – Ayrton Senna - Um engavetamento entre quatro veículos interdita as faixas da esquerda e central no km 30, na região de Itaquaquecetuba, no sentido São Paulo da rodovia Ayrton Senna. O acidente não deixou vítimas, mas gera tráfego lento entre os quilômetros 32 e 30. Em direção ao Interior o trânsito é lento do km 16 ao 18 , na região entre São Paulo e Guarulhos, por excesso de veículos.

16h12 – Régis Bittencourt - O usuário que segue pela rodovia Régis Bittencourt encontra o tráfego fluindo normalmente,  no sentido São Paulo. No sentido Curitiba, há dois quilômetros de lentidão, do km 334 ao km 336, região de Juquitiba, devido ao excesso de veículos.

16h05 -  Minas Gerais – Segundo a Polícia Rodoviária Federal de Minas Gerais, não há ocorrências de destaque até o momento.

16h03 – Ponte Rio-Niterói – No sentido Niterói, a ponte tem trânsito intenso e lento desde a Ilha de Mocanguê até a Praça do Pedágio. No sentido Rio de Janeiuro, o tráfego é normal.

16h -  Cidade de São Paulo - A cidade de São Paulo tem 35 km de lentidão neste momento. O índice está dentro da média para o horário. Os principal ponto de congestionamento na capital é o Corredor Norte-Sul, com 3km de lentidão, no sentido Santana.

15h50 -  Anchieta/Imigrantes - O tráfego é normal nas rodovias do Sistema Anchieta-Imigrantes. O sistema ainda opera em esquema 5×5, com a descida da serra feita pelas pistas sul da Anchieta e sul da Imigrantes. E subida pelas pistas norte da Imigrantes e norte da Anchieta. A visibilidade é boa.

15h33 – Acidente da Ayrton Senna – Uma colisão entre dois veículos de passeio interdita a faixa da esquerda, na altura do km 23 (região de Guarulhos), sentido São Paulo da rodovia Ayrton Senna.  Não há informações sobre vítimas. O tráfego segue lento entre os kms 24 e 20, sentido São Paulo e do km 17 ao 19, sentido interior, por excesso de veículos. Na rodovia Carvalho Pinto, o tráfego segue bom, nos dois sentidos.

15h25 – Ótimo horário para o motorista que pretende utilizar a rodovia dos Bandeirantes para seguir viagem. A via apresenta tráfego tranquilo.

Autor: Tags:

segunda-feira, 11 de outubro de 2010 Ao Vivo | 00:15

Veja como foi, minuto a minuto, o debate da Band

00h10 - O iG agradece aos internautas pela atenção.

00h05- Michel Temer (PMDB), candidato a vice na chapa petista, diz que Dilma foi “extremamente vigorosa e combativa”.

00h03 - O governador eleito de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou que se depender de Serra, “a campanha será de ótimo nível”. O tucano afirmou que o programa Escola da Família continua. Ele diz que gostou do debate e que “o segundo turno começou hoje”.

00h02 - Também ao final do debate, o deputado José Eduardo Cardozo (PT) afirmou que “Dilma foi brilhante”.  Ele disse que o candidato Serra não respondeu a algumas perguntas.

00h01 - Sérgio Guerra, presidente do PSDB, em entrevista, diz que a questão do aborto é o tema do País.  Ele afirmou que Dilma passou uma “estranha agressividade” e que Serra foi mais “seguro e responde a tudo”.

23h58 - Dilma também concede entrevista. A petista diz que o debate do segundo turno é mais esclarecedor para o eleitor. No primeiro turno, para ela, o debate ficava mais solto. “Agora, ficava mais amarrado”.  Dilma diz que a privatização é um tema muito importante porque a Petrobras e o Pré-Sal são nossos “passaportes para o futuro”. Ela também fala da importância da boa remuneração do professor e diz que sem recursos não dá para elevar o “patamar da saúde”.

23h57 – Ao final do debate, em entrevista, Serra diz que o debate foi importante para “iluminar a discussão”.  Afirmou que ele vai reestatizar empresas, para ele a “privatização é tema do passado” e o atual governo “vive elogiando as privatizações dos tucanos”.

23h56 – O jornalista Ricardo Boechat encerra o debate da Band.

23h54 - O tucano afirmou que vai fazer “um crescimento sustentável” e que vai manter os programas atuais, como o Bolsa Família, que, segundo ele, foi originado no governo tucano. “Vamos juntos, cabeça erguida e entusiasmo para a vitória”.

23h53 - Serra fala da importância do debate para “iluminar” a campanha. Ele pede votos e diz que em troca pode oferecer a biografia dele. “Eu estudei e me formei no exterior. Integrei a luta pela democratização. Não tenho nada a ocultar, nada a esconder”, afirmou Serra.

23h52 - Ela diz, direcionada a mulheres, que “estamos preparadas para sermos presidenta” e encerra a fala.

23h49 – Dilma inicia com os agradecimentos finais.  Ela diz que dá muito valor que a campanha de segundo turno seja de alto nível. Diz que nunca acusou sem provas. Nunca fiz campanha baseada no ódio. Essa vocação do povo brasileiro para conviver. “Queria dizer que lamento muito por essa campanha que baixou de nível”. Para ela, o eleitor deve considerar a diminuição da desigualdade social e o crescimento de empregos. “Eu vou ser uma presidenta com um olhar social para as crianças, para os idosos, para as mães e para as mulheres”, diz Dilma.

23h49 – Começa quinto e último bloco

23h44 - Intervalo comercial

23h42 - Serra responde que “é só perguntar para Alckmin em quem ele vai votar”. O tucano afirmou que continuou programas que acreditava e não continuou com os que não acreditava.

23h40 - A candidata petista diz que Serra “assinou em cartório que não se candidataria governador e que continuaria projetos do Alckmin, mas não continuou. Como teremos garantia de que ele vai continuar projetos do governo Lula?”, questionou Dilma

23h39 - A petista diz que Serra fala mal de programas sem saber e “confunde contratação com entregas”. “Nós estamos fazendo um grande esforço para fazer subsidiada”, afirmou Dilma. “Nós colocamos dinheiro, essa é a nossa diferença”, disse.

23h38 - O tucano disse que “vai continuar tudo com o que deve ser continuado”.

23h37 – Serra afirma estar “estarrecido com a agressividade de Dilma”. O tucano afirma que nunca falou mal do programa.

23h36 - Dilma pergunta sobre o “Minha Casa Minha Vida” e diz que Serra já falou muito mal do programa e pergunta que garantias ele daria para o projeto.

23h34 - “Sabe por que os aeroportos estão mais movimentados?”, pergunta Dilma, “porque agora todos podem viajar de avião”, diz a petista. A candidata afirma que durante o governo tucano somente os “ricos” utilizavam os aeroportos. Ela também afirmou que quer reestruturar a Infraero.  Dilma diz que o governo tucano não investia em transporte porque eles “tinham acordo com o FMI”.

23h33- Serra afirma que o governo tucano fez aeroportos na região Nordeste. O tucano cita o aeroporto de Vitória para exemplificar a “péssima situação em que os aeroportos brasileiros vivem”.

23h30 - A petista responde dizendo que o governo FHC não investiu em infraestrutura e que o governo Lula fez o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). Ela afirma que também está “desagradada” com a questão de aeroportos.

23h28 – Serra pergunta a Dilma sobre infraestrutura, portos e aeroportos. Diz que um estudo Ipea mostra que o Brasil é um dos países mais atrasados na questão portuária.

23h28 – Começa o quarto bloco

23h24 – Intervalo comercial

23h21 - Dilma volta a dizer que Serra é réu de processo de calúnia.  “Acredito que a gente não pode ter ‘mil caras’”, repete a petista. Sobre o caso da Erenice, Dilma afirma ficar “indignada com a contratação de parentes”.

23h20 - A presidenciável diz que o governo petista deu cargos para integrantes do PSDB e do DEM na Petrobras, por exemplo, e que Serra não vê isso.

23h18 – Sobre a Nossa Caixa, Serra afirma que Dilma não foi a favor da transação.  O presidenciável tucano diz que os “genéricos foram um sucesso”,  mas agora a aprovação da Anvisa para a liberação deles está demorando muito atualmente.

23h16 - Ela diz que o número de genéricos “aumentou e aumentou” durante o governo Lula. A petista afirmou que quando eles acham algo bom no governo de oposição, continuam com o projeto. A petista afirmou que quando Serra estava brigado com Geraldo Alckmin, governador eleito de São Paulo, acabou reduzindo bons projetos de Alckmin.

23h15 - O tucano começa a questão afirmando que o governo dele implantou os genéricos. Diz que a Anvisa, atualmente, passou a demorar mais para aprovar os genéricos, o que causaria prejuízo aos consumidores e pergunta o por quê.

23h13 - Para o tucano, a candidata usa informações falsas. Ele diz que o governo dele vendeu para o governo federal a Nossa Caixa. Afirmou que a operação foi  boa e o dinheiro foi investido em estradas, metrô. “Eu não cogitei vender a Nossa Caixa para empresas privadas”, disse.  Encerra afirmando que o governo federal não gastou com clínicas para usuários de drogas.

23h12 – Dilma diz que Serra não respondeu a sua pergunta sobre quantas empresas ele privatizou. Também falou que ele quis privatizar a Companhia Energética de São Paulo (CESP) e a Nossa Caixa, que foi comprada pelo Banco do Brasil.

23h08 - Serra responde dizendo que Dilma já elogiou a privatização da telefonia. Ele voltou a dizer que sem privatizações, o País estaria usando orelhões. O tucano diz que Dilma não explica porque o governo federal privatizou dois bancos e afirma que a candidata, apesar de dizer que não gosta de privatizações, vai a “Nova York”.  Serra afirmou que fez um projeto experimental com usuários de drogas e que o governo federal nem isso fez.

23h08 – Dilma afirma que Serra foi chefe do plano de privatizações do Brasil e pergunta quantas empresas o tucano privatizou no processo?

23h07 – Inicia terceiro bloco

23h01 - Intervalo comercial

22h59 - A petista alega que Serra não explica como o Estado mais rico paga os menores salários do País aos delegados.  Dilma fala sobre o programa que Serra recorre ao projeto de combate ao crack em São Paulo, mas afirma que ao investigar descobriu que trata-se de um projeto piloto.

22h58 - Serra responde que São Paulo foi o Estado que mais reduziu o número de homicídios e que Dilma faz “trololó”. Ele diz que vai integrar as polícias e que o Brasil precisa ter uma força coordenadora nacional.

22h55- O candidato Serra tergiversa sobre a questão de segurança nacional. Quem treina isso é a Polícia Federal. Afirma que Serra fez pouco pela segurança, quando era governador de São Paulo, que paga os menores salários do País à polícia. Ela diz que o tucano nega que houve grande rebelião em São Paulo.

22h55 – Serra volta a perguntar Dilma sobre segurança. Disse que a Força Nacional criada pelo governo petista é temporária e pequena. Questionou a candidata como a Força Nacional iria atuar nas fronteiras e porque os índices de mortalidade cresceram em 16 Estados nos últimos 8 anos.

22h52 - “É uma coisa fenomenal, ela se colocar como vítima e não explicar o caso de Erenice (Guerra)”. Afirma que Erenice  causou problemas aos Correios e que vai “reestatizar” a empresa. O tucano diz que o caso Erenice voltou aos jornais. “Eu vou fortalecer a Petrobras”, encerra a resposta.

22h50 – “Meu Brasil não é o País do ‘orelhão’, mas o da banda larga”, responde a petista.  Volta à  questão do pré-sal. Diz Serra não respondeu e afirma que o tucano já falou que é a favor da privatização do pré-sal. Ela afirma que isso é importante, porque gera muito dinheiro para o País. A petista diz que com o dinheiro do pré-sal vão colocar em Cultura e Educação. Ela diz que é grave Serra não responder.

22h48 - O tucano afirma que petistas também privatizaram bancos. Diz que o “PT tira casquinhas” dos fundos de pensão. Ele afirma que o PT, no caso da telefonia, teria o País do “orelhão”, sem melhoras na telefonia.

22h47 - Dilma diz que Serra lutou pela privatização da Vale e da Light. Dilma diz que a Petrobras estava em uma situação complicada quando o PT chegou ao governo e que o Brasil teve que importar petróleo. Volta a questionar sobre a privatização da Petrobras.

22h45 - Serra disse que Dilma não tem experiência para governar o país. “Não fui pinçado por ninguém até onde cheguei na vida publica. Minha vida pública na política sempre foi marcado pela coerência. Nenhum departamento secreto, nada guardado no cofre. Eu não fico me justificando o dia inteiro pelo que fiz ou deixei de fazer”

22h42 – Dilma responde dizendo que Serra não tem duas, mas mil caras. Ela fala sobre privatização do pré-sal. E afirma que “outro grande amigo de José Serra, o economista Luiz Mendonça de Barros, é favorável à privatização da Petrobras”.

22h40 - Serra, como em outros debates, lembra do ex-ministro da Fazenda de Lula. “Palocci sempre se derramou em elogios para o que foi feito no sistema financeiro no governo passado”. Ele também afirmou que os petistas têm “duas caras”. “Uma hora fala uma coisa, outra hora fala outra.”

22h39 – Dilma pergunta sobre a Petrobras para Serra. Diz que o governo tucano perdeu participação no capital da estatal. “Você concorda com o  método das ações da estatal”, questiona a candidata.

22h37 - Dilma diz que “Serra não é o cara,  você tem mil caras de Serra”. Ela fala sobre Santas Casas e depois, volta ao tema do aborto. “A Mônica Serra diz que Dilma é “a favor da morte das criancinhas”. Mostra a característica desse processo que é uma campanha contra mim, que usa uma coisa que o Brasil não tem: ódio.”  Dilma também disse que “Árabes e israelenses sentam na mesma mesa” no Brasil. Ela afirma que repudia a campanha que está sendo feita.

22h35 - Serra diz que o governo atual abandonou os problemas das Santas Casas. Afirmou que quando ministro da Saúde havia programa específico para as Santas Casas.  Serra afirma que boa parte da saúde depende das Santas Casas. E diz que Dilma não respondeu.

22h33 - Dilma diz que o problema das Santas Casas tem origem em governos anteriores, sobretudo no governo de FHC. Ela considera que o problema tem que ser equacionado em todos os setores da saúde. Ela aproveita para falar sobre a “normatização”. Ela pergunta: “vão prender mulheres que recorrem ao aborto ou vão atender no SUS?”

22h32 - Serra pergunta sobre as Santas Casas. Afirma que estão em processo de  “falência” e que sofrem com a tabela do SUS. O que Dilma fará sobre isso? questiona o tucano.

22h31 – Segundo bloco: candidato pergunta para candidato

22h30 – Intervalo comercial

22h24 - A candidata petista aproveita os 20 segundos finais de seu tempo para responder que fica indignada com a história da ex-ministra da Casa Civil, Erenice Guerra, mas fala que o tucano deve lembrar de Paulo Vieira de Souza,  ex-diretor de engenharia da Dersa, apontado por sumiço de R$ 4 milhões da campanha dele.

22h23 - Dilma afirma que a primeira experiência bem sucedida em segurança foi a pareceria entre os governos estaduais e o federal. Ela diz que Serra “precisa se informar” sobre as secretarias nacionais de Segurança. A petista diz que o governo federal comprou veículos para monitorar as fronteiras.

22h21- Serra afirma que a petista não respondeu sobre a proposta de criação de um Ministério da Segurança Nacional. Ele afirma que quer tomar “conta da fronteira” para frear a entrada de drogas no País.

22h20 - A petista compara Rio de Janeiro com São Paulo e diz que o primeiro Estado teve bons exemplos contra a violência.

22h19 – Dilma responde utilizando exemplo de São Paulo, Estado governado pelo PSDB, em que  houve uma grande rebelião. Para ela, Serra dá uma receita para o País que “fracassou” em São Paulo.

22h19 - Serra questiona Dilma sobre segurança pública e a entrada de armas no País.

22h18- O tucano também afirmou que Dilma diz “não ter nada a ver” com Erenice Guerra, que antes era braço-direito da candidata petista.

22h15 – Serra afirma que a lei do aborto existe antes dele nascer. Ele afirma que ele nunca defendeu a liberação do aborto e diz que você defendeu o aborto e de repente passa a dizer outra coisa e a se “vitimizar”. “Sobre Deus é a mesma coisa, primeiro diz que não acredita, depois, mostra que é uma devota”, afirmou Serra.

22h14 – A candidata petista afirma que Serra não responde a pergunta sobre Índio, que faz ataques constantes contra ela. A candidata petista diz que acha grave a fala “da senhora” de Serra, em referência a mulher do candidato.

22h13 - Dilma diz que Serra é réu por “calúnia” e difamação”.

22h11 - Serra responde que há uma campanha orquestrada contra ele. Ele afirma que todos “são responsáveis pelo que falamos”. Ele diz que as pessoas querem saber o que cada candidato fez.  Serra cita o escândalo da Casa Civil e diz que Dilma em debate da Folha falou que apoiava à liberalização do aborto.

22h10 - Dilma pergunta para Serra: “Eu acredito que uma candidatura à Presidência da República deve discutir projetos para futuros. Mas a sua candidatura está me atacando, usando calúnias. Ela diz que o candidato a vice Indio da Costa, a ataca”. Ela pergunta se essa forma de fazer a campanha é correta.

22h09 – Ela afirma acreditar em uma educação com “valores”

22h08 – Dilma responde dizendo que o tema mais importante nas eleições é de que o Brasil continue mudando, mas olhando para as pessoas. “É importante continuar distribuindo renda”, afirmou. É preciso continuar tirando pessoas da miséria. Para a petista, na educação, o professor precisa ser valorizado.

22h07 - O tucano afirma que vai criar 1 milhão de vagas no ensino técnico

22h05 - Serra responde que muitas questões são básicas. “Educação é uma questão fundamental, é uma questão de futuro, afirmou. Na educação, temos que investir pesado no Ensino Fundamental e colocar duas professoras na sala de aula. Para o tucano, em todo o País a condição da educação é insatisfatória.”

22h05 - Pergunta única aos dois candidatos:  “Escolha o tema mais importante para ser apresentado nesta noite a 21 dias das eleições e explique sua proposta”.

22h03 – O jornalista Ricardo Boechat apresenta as regras do debate. São cinco blocos.

22h02 - Os candidatos já estão posicionados em seus púlpitos

22h01 – Debate da Band é aberto com orquestra

21h48 – O governador de São Paulo, Alberto Goldman,  afirmou em entrevista na Band, que o eleitor vai ter três semanas de “profunda avaliação sobre cada candidato”

21h46 – Serra, que chega quase no começo do debate, disse que vai “iluminar” a população brasileira. “Terei mais tempo para mostrar os pontos de vista e fazer comparações”

21h45 – Serra chega acompanhado da mulher

21h44 – O candidato José Serra (PSDB) chega à emissora de helicóptero

21h43 – Guerra diz que o PSDB não  esconde Fernando Henrique Cardoso “O que nós não temos é um presidente que faz campanha”, disse ele se referindo ao presidente Lula

21h42 – Sérgio Guerra, presidente do PSDB, diz que a “Dilma não vai poder se esconder e o Serra vai poder falar mais”. Para ele, o candidato “tucano é mais tranquilo”.

21h32 - Guilherme Afif , vice de Geraldo Alckmin (PSDB), governador eleito por São Paulo, diz que a qualidade do presidenciável “vai se sobressair” neste debate

21h28 - Dilma Rousseff está sem a bota ortopédica

21h28 – Ela lembra que Marina era integrante do PT

21h27 - Sobre os votos de Marina Silva (PV), a candidata petista, diz que 99% das propostas de Marina estão no programa da presidenciável

21h26 – Questionada sobre como responderá a temas polêmicos, Dilma afirma que falará com “tranquilidade”

21h26 – Dilma diz que quer deixar claro ao eleitor sobre quem estão escolhendo e as propostas que estão escolhendo. “Eu acredito que a minha proposta é de mudança”

21h24 – Dilma caminha no estúdio e concede entrevista.

21h22 – Dilma chega de helicóptero à emissora de São Paulo

21h21 – O candidato a vice na chapa de Dilma, Michel Temer (PMDB), concede entrevista sobre o primeiro debate no 2º turno

21h20 – A presidenciável petista Dilma Rousseff já chegou ao estúdio da emissora

21h19 – Aliados dos dois presidenciáveis,  como os senadores eleitos por São Paulo, Aloysio Nunes (PSDB) e Marta Suplicy (PT), já chegaram ao debate da Band

Autor: Tags:

sexta-feira, 1 de outubro de 2010 Ao Vivo | 01:03

Confira, minuto a minuto, como foi o debate entre os presidenciáveis na Globo

00h50 – O iG agradece aos internautas pela sua atenção.

00h39 – “Marina marcou suas diferenças e se mostrou a única candidata com uma visão estratégica e abrangente do país”, afirma Guilherme Leal, lembrando que alguns candidatos tentaram se proteger durante o debate. “Foi um jogo um pouco na retranca.”

00h36 - “Serra deixou muito claro o que são as propostas dele, diferentemente dos outros”, avalia o candidato a vice na chapa tucana, Índio da Costa.

00h34 – “O debate foi muito positivo até propositivo”, diz Temmer, nos bastidores.

00h33 – “Esse debate serviu para fazer aquilo que fiz durante toda essa campanha: debater o Brasil , discutir propostas e manter a minha propostas, sem ir para o vale-tudo eleitoral, o promessômetro e as casas de banana. Peço para as pessoas que se mantenham em estado permanente de campanha para que no dia 03 de outubro, para que chegamos no 2° turno”, pede Marina em sua entrevista.

00h32 - “Eu não tenho duas caras, só tenho uma. Então, as pessoas sabem que quando eu digo é porque estou pensando aquilo. Eu não faço promessas eu faço anúncios”, diz Serra em entrevista ao Jornal da Globo.

00h31 – Plínio: “Amanhã está convocado todo mundo. Vamos  ter caminhada na Rio Branco. Foi excelente, podemos dizer o que vimos podendo dizer o que foi importante para o país.

00h29 – Dilma no jornal da Globo: Achei um debate  de auto nível. Todos os adversários tiveram oportunidades iguais de exporem suas propostas. Esse momento da democracia do Brasil é realmente muito emocionante pra mim. Respeito a escolha e peço, humildemente, o seu voto e da sua família.

00h26 - Bonner agradece aos candidatos e aos eleitores no encerramento do debate.

00h24 – Plínio em suas considerações finais: “Talvez muita gente não entendeu o que eu estou falando aqui. A juventude captou, porque a juventude pensa no futuro. Eu estou falando pro futuro, não pro presente horrível, nem pro passado. O impossível torna-se possível se você quiser”.

00h22 - “Foi com muito esforço que cheguei até aqui. Agradeço aos candidatos, a Deus e aos eleitores. Estou preparada para ser a primeira presidente da República. Em troca dessa confiança, lhe dou todo o meu empenho para que esse país seja um país melhor, que todo o país usufrua das suas riquezas. Pode contar comigo, eu vou contar com vocês”, disse Dilma em suas considerações finais.

00h20 - Serra destaca seu histórico político nas considerações finais. “Sempre lutei pelo nosso povo e pelos que mais necessitam e carrego comigo esse sentido de responsabilidade”.

00h16 – Marina agradece aos candidatos, a Bonner, a Deus e ao povo brasileiro em suas considerações finais.  “Se eu for para o segundo turno eu tiro você eleitor do anonimato”.

00h15 - Serra para Plínio: “È muito importante que os telespectadores ouçam: no governo vou colocar essas agências a serviço dos consumidores, não a serviço de partidos. Servir aos interesses públicos. Isso em relação aos planos de saúde, celulares, remédios. Vou fazer 150 redes de policlínicas especializadas e revitalizar os genéricos, que ficaram para trás”.

00h13 – “Aqui tem dois candidatos do sistema. Quem não é do sistema é chamado de  louco, de não democrata, mas você sabe que aqui é a defesa correta daquilo que é o seu direito, doa a quem doer”, disse Plínio sob aplausos da plateia.

00h12 – “Não use sua regra pra medir os outros. Se eu fosse usar minha régua eu diria que vc e a Dilma têm muito mais coisas parecidas aqui”, respondeu o tucano.

00h11 – “Serra não fique irritado porque eu faço a pergunta para você. Pra mim cada debate é um debate. As coisas vão se dando na lógica da promessa, por isso que faço sempre a mesma pergunta para você. Você não responde. Não diz que faz uma auto crítica. No meu entendimento estamos diante de discursos para cada conveniência”, diz Marina a Serra.

00h08 - Serra: “A origem do Bolsa Família está em ações como a minha (enquanto ministro)”.

00h07 - “Você faz uma autocrítica a esse processo todo de negação das políticas sociais?”, pergunta Marina a Serra.

00h06 - “Eu tenho dito que ela (Dilma) e o Serra são muito parecidos porque os dois têm um perfil gerencial. É preciso pensar o país de forma estratégica”, disse Marina.

00h05 - Dilma para Marina: “Diante da crise não se faz teoria. Quando a gente é governo a gente não acha, tem que fazer. Nós reduzimos impostos. Como não tínhamos recorrido ao Fundo Monetário, o Brasil foi o último país a entrar na crise e foi o primeiro sair. Criamos quase 1 milhão de empregos na crise.”

00h03 – “Hoje a poupança interna do nosso país é de apenas 18%. Estamos diante de um desafio enorme”, disse Marina sobre infraestrutura e Educação em resposta para Dilma.

00h00 – “Você não se compromete porque está do lado do patrão. Você tem que dar um basta nisso e não é falta de democracia. É muita democracia para o povo pobre e não para o povo rico”, afirma Plínio.

23h58 – Dilma: “Pra gente chegar a tomar certas atitudes, a gente tem que avaliar se é correto romper a legalidade vigente. Não adianta resolver as questões pelo método da instabilidade jurídica.”

23h57 – Plínio pede que Dilma explique por que não aprova a redução de salário, limite de tamanho de propriedade e o aluguel compulsório da casa vazia.

23h51 - Termina o terceiro bloco.

23h50 – “Eu queria claro isto, 10% do PIB na Saúde. Isso significa brigar com os bancos e com os poderosos”, diz Plínio.

23h48 - “A saúde neste governo andou pra trás, mas andaria muito mais não fossem as garantias constitucionais”, responde o tucano. “O governo federal não apresentou este projeto de lei, mais ainda, obstruiu essa votação”, acusa sobre a emenda 29.

23h47 – “Serra sem destinar 10% do produto interno bruto, falar em resolver a Saúde é demagogia”, diz Plínio a Serra em questão sobre o assunto.

23h45 – Dilma afirma que o governo Lula investiu mais de três vezes o que foi colocado no governo anterior. “Farei um esforço para que em cada casa haja esgoto. Vi coisas estarrecedoras nesse processo”, afirma a candidata.

23h44 - “Metade das casas do Brasil não têm esgoto e metade delas na periferia”, responde Plínio.

23h43 - “Como você vê hoje uma política de saneamento hoje?”, pergunta Plínio a Dilma.

23h41 -Dilma:  “Vamos falar de coisas concretas. É importante sinalizar que aqui no RJ nós temos essa parcerias em várias outras regiões e vamos duplicar isso se eu for eleita”.

23h40 – “De cada 10 jovens que morre, 4 estão morrendo pela violência”, afirma Marina.

23h38 - “O governo federal tem de participar, tem de colocar recursos. É fundamental tanto a ação articulada da polícia civil, militar e federal fazendo ações para conseguir reprimir o crime organizado”, responde Dilma, citando o exemplo da UPPs no Rio de Janeiro.

23h38 - Marina pergunta a Dilma como fazer para resolver o problema da segurança pública no Brasil.

23h36 - “Eu não vi essa questão ser encaminhada aqui durante o período em que você foi prefeito e no período em que você foi governador em São Paulo”, responde Marina a Serra.

23h35 -  O tucano defende a reurbanização de favelas

23h33 – “Vamos manter o programa em nosso governo e vamos dar uma nova qualidade, que possa alcançar as mulheres pobres e chefes de família”, diz a candidata verde.

23h32 - Habitação é o tema que abre o terceiro bloco. Serra pergunta a Marina, abordando o déficit habitacional no programa federal Minha Casa, Minha Vida.

23h27 – É encerrado o segundo bloco.

23h25 - “Nós registramos todas as nossas doações”, afirma Dilma, lamentando os risos da platéia à quase gafe da candidata, que teria dado a entender que apenas as doações “oficiais” seriam declaradas pelo partido.

23h24 – Plínio pede voto para os candidatos a deputado federal e deputado estadual do PSOL.

23h22 – “Acho que o Partido dos Trabalhadores é um grande partido de massa desse país”, afirma Dilma. “Defendo uma coligação que reflita exatamente essa diversidade do país”, responde a petista.

23h21 – Vocês nunca falam sobre seus partidos, vocês têm vergonha do seu partido?

23h21 – “Vai fazer metrô, com que dinheiro?”, pergunta Plínio a Serra.

23h20 – O tucano defende mais metrô em Porto Alegre, Goiás, Rio de Janeiro, Recife, Fortaleza, Belo Horizonte. “Eu tenho um plano e vou fazer metrô em parceria com a iniciativa privada”, responde o tucano.

23h18 – “O que eu sinto é que a ênfase na rodovia está prejudicando o transporte ferroviário e hidroviário. O transporte do perímetro todos sabemos, é um grande trunfo que o trouxe aqui. Tem que fazer metrô, mas não pode fazer ó metrô”, afirma Plínio.

23h17 – “O governo federal não fez nada nessa área”, diz Serra sobre metrô em pergunta dirigida a Plínio.

23h14 – “Quem acompanhou os lamentáveis episódios no Morro do Bumba e do Morro dos Prazeres sabe o que é ter sua casa destruída”, afirma Marina.

23h13 – Serra prometeu criar uma Defesa Civil Nacional, para minimizar o impacto de desastres naturais. Prometeu remover e oferecer moradia para pessoas que vivem em área de risco. “Há um trabalho que é estrutural, que é a questão das áreas de risco.”

23h12 - Em sua pergunta a Serra, Marina destaca os desastres ambientais, como as enchentes no Rio de Janeiro e no Estado de São Paulo e pergunta o plano do tucano para esta questão.

23h10 - Dilma enumera feitos do governo Lula. Marina reforça sua crítica à infraestrutura do país. “É isso que eu chamo de visão estratégica e não ficar tratando das questões de forma pontual”, diz a candidata verde.

23h08 - A candidata verde afirma que o país peca na questão da infraestrutura. “A falta deste plano faz com que a gente tenha hoje apenas um plano de gestão que é o PAC”, disse Marina. “Estamos atrasados pela falta de um plano nessas questões para que o nosso país possa fazer jus aos seus desafios.”

23h07 – No início do segundo bloco, Dilma dirige sua pergunta para Marina. “É sabido que as ferrovias e as hidrovias provocam menos impacto ambiental. Como você vê a expansão as hidrovias e das ferrovias?”

23h – Bonner encerra o primeiro bloco do debate.

22h59 – Serra volta a reforçar aumento de salário mínimo para R$ 600 e reajuste para aposentados.

22h58 - “Em período eleitoral as pessoas vão adquirindo a capacidade de resolver os problemas”, diz Marina a Serra.

22h56 – Serra dirige a primeira crítica à Dilma. ” Eu sou contra coisas que foram feitas pelo governo federal inclusive com a ajuda da ministra Dilma, como o aumento dos impostos sobre a água e o esgoto, disse o tucano”

22h55 – “Resolver (a questão dos impostos) mexe no interesse dos poderosos”, diz Plínio ao tucano.

22h53 – “Eu quero tirar imposto sobre alimentos básicos e sobre medicamentos, coisa que eu já fiz parcialmente como ministro”, rebate Serra. O candidato afirma que deseja aumentar a eficiência do sistema com a melhor fiscalização no pagamento de impostos.

22h51 – “A reforma tributária que você propõe, na verdade, aumenta a carga tributária dos mais pobre e diminui a dos mais ricos”, acusa Plínio em pergunta a Serra.

22h50 - Dilma usa exemplo da Petrobras para defender política do governo Lula para funcionalismo público. Plínio: “É preciso recompor a força do Estado brasileiro”, afirma Plínio

22h47 – “Eu queria saber se a gente vai ter mesmo um funcionalismo valorizado, caso você chegue à presidência da República, o que eu não acredito”, responde Plínio.

22h45 – “Acredito em um Estado meritocrático e profissional. Qual é a sua política para funcionalismo público”,  Dilma para Plínio.

22h41 – Em sua resposta, Dilma destaca os recordes de geração de empregos com carteira assinada durante o governo Lula.

22h40 - Marina faz a primeira pergunta do programa para Dilma. A questão escolhida é a informalidade no mercado de trabalho. A candidata verde pergunta como a petista pretende resolver este problema.

22h39 – O apresentador William Bonner explica agora as regras do encontro.

22h37 – Tem início o debate.

22h26 - Marina, Plínio e Serra cumprimentam os presentes.

22h19 – Os presidenciáveis José Serra (PSDB), Dilma Rousseff (PT), Marina Silva (PV) e Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) já chegaram ao estúdio para o debate de hoje na TV Globo e estão se posicionando para o início das transmissões.

Autor: Tags:

  1. Primeira
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5
  6. 6
  7. Última